A vivência da Palavra de Deus nos prepara para a segunda vinda gloriosa de Jesus

Quando Jesus vier na sua segunda vinda gloriosa, que cristão ele vai encontrar?

padre luiz henrique pantokrator campinas

Padre Luiz Henrique – Foto: Reprodução/TV Canção Nova

Neste dia 27 (vinte e sete) de novembro, primeiro domingo do Tempo do Advento, em que a Igreja inicia o seu novo ano litúrgico, por ocasião da celebração da Santa Missa, pe. Luiz Henrique, da Comunidade Pantokrator, proferiu a sua homilia, enfatizando a importância da Palavra de Deus, que é luz para os passos não só dos membros das Novas Comunidades, mas para todos os cristãos, que é também a força formadora e o laço que liga os membros da Igreja entre si.

Confira as idéias centrais da homilia deste domingo:

Juntos celebramos esta liturgia do primeiro domingo do advento que vem coroar o final deste acampamento das “Novas Comunidades”. Ao celebrar o banquete eucarístico que nos salva, que alimenta o nosso espírito, é importante chamar a atenção sobre a temática da luz, enfatizada nas 1ª e 2ª leituras da Liturgia de hoje. A luz que, na linguagem bíblica, representa a salvação. A palavra de Deus é esta luz que guia os nossos passos, que nos forma e nos liga. Não só os membros das Novas Comunidades, mas todos os cristãos.

Uma comunidade nada mais é que um agrupamento de pessoas que crêem na Palavra do Senhor. Uma comunidade de crentes, que se deixa iluminar por esta Palavra. Convido você a deixar-se interpelar pela Palavra de Deus. As nossas ações comunitárias devem ser edificadas pela vivência da Palavra do Senhor que é o nosso sustento.

O reconhecimento da força desta Palavra tem sido real e cotidiano em nossas vidas. Pela vivência da Palavra, não vamos dando mais importância às coisas que são secundárias em nossas vidas, coisas até bonitas, atraentes, mas que não são essenciais.

Eu sempre fico encantado com a Palavra do Senhor que nos revela quem são os irmãos do Senhor: “meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a põe em prática” (Cf. Lc 8, 21).

Até que ponto nós temos obedecido essa Palavra? A segunda leitura vem completar isso: “Procedamos corretamente, como em pleno dia” (cf. Rm 13, 13). É tempo de despertarmos, porque a salvação está mais próxima do que quando nós aderimos à fé.

A Palavra não foi nova somente quando você teve seu encontro pessoal com Cristo ou quando você se encontrou com o carisma da sua comunidade. A Palavra de Deus é um novo para o dia de hoje, é resposta para mim e para você, para sua comunidade no dia de hoje.

Eu preciso me revestir com as armas da luz. Quais são os valores da Palavra de Deus que você precisa imitar? Quais os valores na vivência da sua comunidade? Até que ponto você e eu estamos superando os desafios comunitários? Até que ponto eu, membro da comunidade Pantokrator, deixo que a vivência nesse carisma seja resposta na minha vida, nos meus desafios como pessoa? E você, na sua realidade?

Ficai preparados, pois o Senhor virá na sua segunda vinda gloriosa

É muito importante que eu e você nos deixemos revestir por essa Palavra: “Ficai preparados…” (cf. Mt 22, 44).

Quando Jesus vier na sua segunda vinda gloriosa, que cristão ele vai encontrar? Que comunidade ele vai encontrar? Que batizado ele vai encontrar? Uma comunidade bonita, exteriormente bela, mas que talvez esteja alicerçada em coisas secundárias?

A vivncia da Palavra de Deus nos prepara para a segunda vinda gloriosa de Jesus

“”As nossas ações comunitárias devem ser edificadas pela vivência da Palavra do Senhor que é o nosso sustento.” exorta.

Desculpe se sou repetitivo, mas o Senhor virá, o Senhor virá e não sabemos a hora. O Senhor virá na sua vinda gloriosa, mas o Ele também nos tem visitado no dia a dia, no sofrimento, nos desafios da comunidade.

Ele veio uma primeira vez e virá novamente. Temos nos deixado instruir pelos leis de Deus e pelos princípios da Palavra de Deus em nossa comunidade? Pelos valores das nossas comunidades? Nos valores da pequenez, da fidelidade, da simplicidade?

Certamente Ele não encontrará uma comunidade perfeita, mas o mais importante é que o Senhor encontre uma comunidade comprometida, que erra, que cai e pede perdão, mas que levanta e recomeça. Porque o carisma de uma comunidade é uma face de Cristo que se apresenta para o mundo e para a Igreja.

Leia mais:
:: Para entenderem as Novas Comunidades
:: Andai como filhos da luz
:: Como filhos amados andai em amor
:: Andei em amor no poder do Espírito

Na Eucaristia de hoje, o Senhor vem nos exortar a nos voltarmos para a vivência de Sua Palavra. Ele sempre dá as graças necessárias para esta vivência aqueles que o pedem. Peçamos sempre esta graça ao Senhor.

Que possamos recomeçar a partir da vivência de Sua Palavra e da correspondência ao Seu amor por nós!

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

Transcrição e adaptação: Adailton Batista e Tarciana Matos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo