Nós somos diferentes e precisamos ser diferentes

Chegou a hora de mostrarmos que somos diferentes, chegou a hora de mostrar que somos o povo da esperança

Nossomosdiferenteseprecisamosserdiferentes

Padre Roger Luis. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

A certeza de que Deus está aqui precisa invadir o nosso ser no começo deste ano. Ele estará conosco em cada dia, em cada situação, eu e você precisamos assumir isso, essa é a fé que a Igreja nos ensina a praticar. Deus está conosco, Ele quis ficar conosco até o fim dos tempos.

O Evangelho de hoje nos traz esta beleza de que Deus está aqui. Em momentos de dificuldade, de crise que talvez vamos enfrentar neste ano de 2016 precisamos declarar: “Deus está aqui!” esta é a marca, esta é a diferença para aqueles que acreditam. Você acredita? É ano novo e acreditamos que Deus está conosco!

Queremos agradecer por este ano que começa, pois chegamos até aqui pela graça de Deus. Quando acreditamos que Deus está conosco não acontece simplesmente uma mudança de calendário, acontece uma mudança no nosso interior, é realmente tudo novo, pois nos abrimos ao novo. “Eis que estou fazendo obra nova”, diz o Senhor.

O ano de 2015 passou e não foi um ano muito bom, com tantos escândalos de corrupção, mas o ano acabou e estamos já em 2016, um ano novo, e precisamos acreditar que tudo será novo, pois Deus está conosco. Várias situações não mudaram, mas podemos olhar nos olhos de várias pessoas que decidiram mudar, pois o diferente somos nós. Chegou a hora de mostrarmos que somos diferentes, chegou a hora de mostrar para o Brasil e o mundo que somos o povo da esperança. A minha esperança está em Jesus Cristo!

Quem vai dar a última palavra nesta terra é Jesus, o Deus que salva, quem vai dar jeito nesta terra, neste país, na nossa casa e história é Jesus Cristo. É Ele a quem devemos seguir, adorar, obedecer. Precisamos mostrar para o mundo que somos o povo de Deus e não perdemos a esperança, porque nossa esperança não está nos homens, nossa esperança vem de Deus. Coloque sua esperança na pessoa certa, em Jesus!

O desejo de Deus é de abençoar o seu povo, é necessário entendermos a vontade de Deus que é nos abençoar. Olhando para Israel vemos um Deus que deu uma nova chance para que aquele povo recomeçasse, Ele foi presente, fiel, misericordioso. Eles eram o povo escolhido, o povo da benção.

Como o salmista clame: “Que Deus nos dê a sua graça e sua benção!” Abençoe seu ano de 2016, abençoe sua família, abençoe cada passo que você vai dar neste ano, abençoe sua saúde física, abençoe seu trabalho. Se você está desempregado profetize sobre sua vida e abençoe seu novo emprego! Nós somos diferentes e precisamos ser diferentes. Peça ao Senhor que liberte o Brasil de toda corrupção, abençoe a economia, a política do Brasil, abençoe sua cidade, abençoe a Igreja no Brasil! Eu posso ver, pela fé, o seu 2016 abençoado.

Nos_somosdiferenteseprecisamosserdiferentes

“Quando acreditamos que Deus está conosco não acontece simplesmente uma mudança de calendário, acontece uma mudança no nosso interior.” (padre Roger Luis). Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

É necessário mostrarmos para o Brasil que somos o povo que abençoa e não amaldiçoa

Somos o povo que pode mudar a história desta nação, podemos lavar toda a corrupção com a benção e com o sangue de Jesus, por isso a necessidade de abrir o coração, de buscar o Senhor. Se você tem alguma realidade de vício, seja de cigarro, roubo, mentira, a benção de Deus liberta, e é intensa, é tão intensa que se encarna. A benção de Deus toma forma para fazer de nós filhos, para abençoar nossa vida e para que nos tornemos filhos.

“Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que do alto do céu nos abençoou com toda a bênção espiritual em Cristo, e nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis, diante de seus olhos. No seu amor nos predestinou para sermos adotados como filhos seus por Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua livre vontade” (Efésios 1, 3-5)

Nós somos filhos! Temos que meditar, assumir e tomar posse da Palavra, precisamos expressar que somos filhos de Deus e como tal precisamos viver como pessoas livres. Diga: “Eu sou filho e se sou filho, sou herdeiro da benção, da graça de Deus, sou herdeiro daquilo que Cristo conquistou e assumiu por mim.”

Se como cristãos católicos obedecêssemos a Palavra, seguíssemos a doutrina da Igreja, muita coisa não estaria do jeito que está. O Papa Francisco destaca que tenhamos a consciência de que Deus nunca nos abandona, em nenhuma situação. E que o homem tem a capacidade de superar o mal, temos a capacidade de fazer o bem pela graça de Deus, mas é preciso nos colocarmos debaixo da mão poderosa de Deus, vencer a indiferença para conquistar a paz. É preciso vencer a indiferença com Deus, vencer um relativismo moral, ético. Precisamos dar os passos, ouvir a voz do Papa Francisco que nos chama a sermos a Igreja da Misericórdia, da fraternidade, a Igreja que busca a cultura do encontro.

É o Ano da Misericórdia, ano de sairmos da indiferença e construirmos a paz! Onde está o seu irmão? Eu sou o guarda do meu irmão! Peça ao Senhor a graça de libertar você da indiferença para que seja cada vez mais fiel a Ele até o fim e que nesta fidelidade, rompendo com a indiferença seja capaz de olhar as necessidades do seu irmão. Deus conta contigo!

Ser benção na vida dos nossos irmãos que sofrem, que padecem. Chega de indiferença, é hora de mudança, de transformação, aquilo que é mal pode ser vencido pela graça de Deus!

Algumas coisas práticas: quero convidar você a rezar o terço pela libertação do Brasil todos os dias. A fazer penitência pela conversão dos pecadores. E estou convocando os carismáticos a rezarem em línguas, a profetizarem em nome do Senhor. Carismáticos, voltemos às origens, voltemos ao fervor!

Transcrição e adaptação: Míriam Bernardes

Adquira esta pregação pelo telefone: (12) 3186-2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo