Jesus veio para sarar nossas feridas

Jesus veio para salvar o homem que estava perdido

jesusveiosararnossaferidas

Ricardo Ida. Foto:Arquivo/CN

“Louvai o Senhor porque ele é bom; cantai ao nosso Deus porque ele é amável, e o louvor lhe convém. O Senhor reconstrói Jerusalém, e congrega os dispersos de Israel. Ele cura os que têm o coração ferido, e pensa-lhes as chagas. É ele que fixa o número das estrelas, e designa cada uma por seu nome.”(Salmo 46,1-4)

A palavra ‘Cura’ na Bíblia é muito ampla, é escatológica (fala da segunda vinda de Jesus), é salvação. Jesus veio para salvar o homem que estava perdido. Depois do pecado original, a natureza humana ficou ferida em toda as suas dimensões. O homem ferido pelo pecado ficou sujeito e escravo de suas paixões desordenadas, buscando a alegria e o preenchimento do vazio de seu coração, nas coisas do mundo. Mas, só Deus pode preencher a nossa alma, é Ele que coloca em nós um desejo pela felicidade, pela vida. Mas diante desses desiquilíbrios, o homem busca preencher o seu coração com coisas passageiras e isso causa profundas machucaduras. Fora de Deus não há alegria. Jesus, em sua morte nos trouxe a libertação e em sua cruz nos trouxe a cura. O Senhor veio para nos libertar de todo pecado, para que possamos viver como filhos amados por Ele.

[Tweet “”Fora de Deus não há alegria””]

A maior cura é a libertação do pecado

Não quero dizer que é errado você pedir curas físicas, mas a grande cura, a grande libertação que precisamos pedir ao Senhor, é a libertação do pecado. Quando nós erramos o alvo, desobedecemos a Deus e em vez de atrair bençãos, atraímos a maldição para nossa vida. Todos nós temos o coração muito ferido pelo desamor, muitas vezes esses sentimentos nos paralisam. E a cura do coração não é buscar culpados ou desculpas, mas acreditar que Deus pode tirar de tudo um bem maior. O Senhor nunca quis que você passasse por situações difíceis, mas, se Ele permitiu, é porque Ele tirará um bem maior.

A palavra de Deus precisa se encarnar em nós, e produzir frutos em nossas atitudes e sentimentos, pois não podemos ser dominados pelo inimigo, pelo mundo, pois é a palavra do Senhor que tem força na nossa vida. Não sejamos tolos, peçamos ao Pai sabedoria e fiquemos com a Sua Palavra. Você não precisa ter medo do demônio, pois ele teme aquele que vive a Palavra de Deus. Então viva com radicalidade essa Palavra.

Nós temos que ser católicos vigilantes. É a verdade, Jesus Cristo, que nos liberta a cada dia. A cura interior não é mágica, ela acontece no dia a dia, com o nosso consentimento e para que ela aconteça precisa existir um desejo de mudança de vida, a conversão. Jesus respeita a nossa vontade, a nossa liberdade, Ele não nos cura sem que nós abramos o nosso coração para ele.

O Senhor veio para nos libertar de todo pecado

“O Senhor veio para nos libertar de todo pecado” Ricardo Ida. Foto: Arquivo/CN

Busque a conversão

Você quer a conversão? Você quer deixar o pecado? Você quer alcançar as virtudes? Então, você precisa ter a coragem de renunciar o pecado e o desejo de mudar de vida, sem essa CORAGEM, a cura não poderá acontecer. Não se trata de merecimento, mas sim da cooperação com a graça de Deus.

Infelizmente, os cristãos estão feridos e machucados porque não querem viver uma vida de renúncias. Muitos católicos querem uma vida fácil, escolhendo o que querem da Doutrina Católica. Mas é na luta de fazer a vontade de Deus, que o nosso coração vai sendo curado, e vamos alcançando a realização que desejamos. Viver o evangelho é exigente. Se queremos que o nosso coração passe pelo processo de cura, prepare seu joelho. Se você não rezar, não jejuar a cura não acontecerá!

É preciso reconhecer que temos necessidade do toque amoroso do Senhor. Só Jesus e o Espírito Santo pode tocar o nosso coração e curar nossas feridas.

Transcrição e adaptação: Regiane Calixto


Ricardo Ida


Missionário da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo