Lançai fora o medo e desânimo

Missionaria da Comunidade Canção Nova - Irmã Maria Eunice

Missionária da Comunidade Canção Nova – Irmã Maria Eunice

Renuncie todo medo e desânimo  da sua vida

Se você confiar em Jesus, não é difícil esperar. Se confiamos, a espera se torna uma alegria. A pessoa que tem uma fé carismática, acredita que aquilo que pede ao Senhor acontecerá. Deus tarda, mas não falha!

Aprender a confiar e esperar no Senhor

Mesmo na espera, Deus não nos desampara. Às vezes, a mulher espera para engravidar, algumas demoram, mas ela espera… Como aquele que planta, aduba a terra, espera que a planta germine. O que semeia espera nascer. O que você semeia é o que você vai colher.

Ainda explorando o capítulo 35 de Isaías, versículo 3, Ele insistentemente nos fala: “Fortificai as mãos desfalecidas, fortificai os joelhos vacilantes.”

O Senhor prometeu estar conosco, caminhar conosco todos os dias e todos os dias são todos os dias.

Reze comigo: Obrigado, Senhor, porque neste acampamento eu quero aprender a esperar, a confiar em Ti, depositar em Ti a minha confiança, a minha esperança, eu sei que não serei confundido. Por isto, estou aqui Senhor, com a certeza no meu coração de que os que confiam no Senhor são como o monte de Sião, nada pode abalar. Amém! Glória a Deus.

Este versículo é essencialmente libertador. Liberta o nosso coração das amarras  se rezarmos várias vezes: “Eis o Deus que me salva, tenho confiança e nada temo”. (Isaías 12,2)

Ele é o Deus que nos salva, é a nossa força. Com ele podemos tirar água das fontes da salvação. Esta fonte é o coração de Jesus, é o lado aberto de Jesus.

[Tweet “”Quem não confia em Deus tem o coração perturbado. É preciso confiar e esperar.””]E continua:

“Eis o Deus que me salva, tenho confiança e nada temo, porque minha força e meu canto são o Senhor, e ele foi o meu salvador. Vós tirareis com alegria água das fontes da salvação, e direis naquele tempo: Louvai ao Senhor, invocai o seu nome, fazei que suas obras sejam conhecidas entre os povos; proclamai que seu nome é sublime.

Cantai ao Senhor, porque ele fez maravilhas, que isto seja conhecido por toda a terra. Exultai de gozo e alegria, habitantes de Sião, porque é grande no meio de vós o Santo de Israel”.  

As armas do demônio para derrotar os cristãos

O demônio tem duas armas nas mãos: o medo e o desânimo. O que é desanimar, está desanimado? É uma alma abatida, sem ânimo. O medo põe pânico em nós. Um dos problemas de que o homem atual mais sofre é o medo. E todo mundo passa por isso. E tem o medo bom e o medo ruim. Eu preciso ter medo de ir para o inferno, medo de passar em frente do trem, senão ele me mata. Este é o medo bom. Mas existe o medo ruim.

O medo em si é um dom de Deus. Mas quando ele foge do nosso controle, torna-se uma ação desequilibrada. Isto pode acontecer com qualquer pessoa. O maligno trabalha muito em torno dos nossos medos, os quais muito facilmente se tornam uma janela em que o inimigo entra e deixa a pessoa perturbada.

Quando alguém é surpreendido pelo medo, ele se bloqueia, e a situação de medo tira a pessoa da realidade, impedindo a pessoa de ser aquilo que precisa ser, e por causa do medo se recusa a fazer muitas coisas.

Ninguém é equilibrado 100%, porque temos os nossos medos. É necessário trabalhar os medos para não tornar algo desequilibrado.

Missionaria da Comunidade Canção Nova - Irmã Maria Eunice

Missionaria da Comunidade Canção Nova – Irmã Maria Eunice

É importante explicar a diferença entre o “medo de Deus” e o “temor de Deus”. O medo de Deus vem do maligno que tenta nos desviar para longe de Deus por meio do medo. O temor de Deus é um dos sete dons do Espírito Santo. Portanto, o medo de Deus nos escraviza. O temor de Deus, ao contrário, é construído no amor de filho.

A cura dos traumas

Quando somos gestados no ventre da mãe, ela tem muitos medos e tudo isso gera consequências em nós.

Tudo o que nós passamos, Jesus também passou para que hoje não nos sintamos só. Jesus já cravou na sua carne todas as nossas dores. Não tem razão para nós permanecermos naquela ou nesta situação.

Portanto, precisamos investir na cura interior. A cura do nosso homem interior, das feridas, das mágoas, ressentimentos. Às vezes, guardamos desde o ventre materno mágoas profundas, por causa de má formação.

Todos nós precisamos de cura interior. Jesus veio para salvar e curar o homem por inteiro. A maioria das nossas doenças é de ordem emocional.

Leia também:
:: Arrependimento, caminho para cura
:: Reze com Irmã Maria Eunice
:: Jesus veio para sarar nossas feridas
:: Tomai ânimo, não temas

Temos muitos traumas. O que é um trauma? É uma marca, se você amassa a carne o que fica ali? Uma mancha roxa, assim é na nossa alma. Talvez você esteja se perguntando: como é que estou vivo?

Nascer já é um trauma. Às vezes, a criança está pronta para nascer, tudo preparado e quando está quase na hora de nascer a criança vira e fica sentada. Quantas complicações até mesmo na hora de nascer. Você pode dizer: Eu sou um milagre de Deus.

Às vezes, partos forçados, ou o bebê que nasce prematuro. Pancadas, quantas brigas entre marido e mulher. Banhos quentes ou frios demais. Rejeição do sexo. Ser deixado sozinho no quarto escuro. Tudo isto gera traumas.

Os traumas estão em nós e eles se acentuam na primeira infância, até os seis anos. Então, se você precisa de cura interior é preciso voltar no tempo e fazer perguntas para sua mãe, pai, avó: o que aconteceu na minha primeira infância? Na cura interior é preciso achar a causa do problema. Não adianta rezar com sintomas.  

A perda do pai, da mãe, a perda do colo. Perda do colo gera um grande trauma. Uma má amamentação, a mãe que por causa do trabalho, por exemplo, retira cedo a amamentação da criança. Traumas. A mãe muitas vezes fez a criança engolir o choro. Pode ter aqui muita gente que não chorou quando criança.

Diga comigo: Misericórdia Senhor, porque pecamos. Não é porque você não foi amado que você não vai amar.

Confira um trecho da pregação e a oração de cura pelos traumas.

Transcrição e adaptação: Adailton Bastista

Para adquirir esta pregação completa ligue para: (12) 3186-2600

 

contribuicaocn1


Irmã Maria Eunice


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo