A alegria consiste em realizar a vontade de Deus

A alegria consiste em realizar a vontade de Deus

Pregação com Padre Adriano Zandona - - 269x329

Padre Adriano Zandoná – Arquivo cancaonoca.com

Estamos falando sobre a alegria e ser otimista, como disse o Papa, não é fugir da nossa realidade. Precisamos aprender a alimentar em nosso coração a alegria cívica.

Vamos descobrir a alegria em Deus, mas não podemos esquecer nossa realidade. Precisamos, por exemplo, de uma frente de combate mais ostensiva ao Zika. A taxa de desemprego no Brasil aumentou e muito.

Porém, não podemos deixar que a corrupção no nosso país roube a alegria do nosso coração. Mas esta alegria não é alienada, como se todos fossem anjos, que a sociedade está ótima…

Precisamos encarar a realidade de nossa casa. Talvez você esteja desempregado, depressivo. Deus quer te dar a verdadeira alegria que não depende dessas coisas.

A alegria consiste em realizar a vontade de Deus

Fiz uma pesquisa na Bíblia e descobri uma lei espiritual imutável. Isto o padre Jonas nos ensina a chamar de ‘princípio eterno’: “Se guardardes os meus mandamentos, sereis constantes no meu amor, como também eu guardei os mandamentos de meu Pai e persisto no seu amor. Disse-vos essas coisas para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa” (João 15, 10-11).

Se você não se dobra, não se submete ao que Deus te pede, não pode receber a alegria completa. Muitas vezes é difícil, mas de outro modo você não pode viver a alegria plenamente.

Leia também:
:: Esposa testemunha a restauração do casamento através da oração
:: Saiba como dissipar as trevas de si mesmo
:: Ser um portador de Jesus
:: Manifestemos nossa alegria diante do Senhor

:: Felizes aqueles cuja a vida é pura e seguem a Deus
:: Manifestemos nossa alegria diante do Senhor

Santo Agostinho diz que é preciso entender para crer, mas nem sempre compreendemos o que Deus quer de nós. Ainda assim precisamos nos submeter.

Quando eu era adolescente pensava que minha alegria estava nas coisas, bebidas e drogas. Minha concepção de alegria era muito superficial. Mas a partir do momento que eu entendi que Deus quer o melhor para mim, muitas alegrias pude colher. Fui entendendo que para ser feliz preciso fazer o que Deus quer e querer o que Deus faz, como diz Santo Afonso Maria de Ligório.

O que Deus está te pedindo hoje?

O que você precisa abandonar neste carnaval? Deus não te pede isso para te podar. Você não pode ser feliz com os pés em duas canoas, uma hora elas se afastam e você cai.

Para obedecer é preciso ouvir. Você está ouvindo Deus? Fazendo o que Ele te pede? Talvez Deus te pede para obedecer seus pais, ser melhor em sua casa. A quem você tem escutado? Tantas mentiras nos contam por aí e acreditamos. Porém, precisamos ouvir Deus, acreditar Nele e fazer o que nos pede.

“Que ele nos conceda a alegria do coração, e que a paz esteja com Israel agora e para sempre” (Eclesiástico 50,25).

Na Bíblia o coração é a sede de todo o nosso ser. Então quer dizer que o Senhor quer dar alegria a todo o nosso ser.

Padre Adriano Zandoná prega no "Vem Louvar"

Padre Adriano Zandoná prega no “Vem Louvar” – Arquivo cancaonoca.com

Existem coisas que querem nos roubar a alegria do nosso coração:

Desobediência – Por que é tão difícil obedecer Deus? Porque nossos desejos, muitas vezes, estão desequilibrados. Para obedecer Deus precisamos aprender educar nossos desejos.

Os bons pais são aqueles que sabem educar os desejos da criança. Se o filho, por exemplo, fica o dia todo no computador, ele sofrerá consequências disso. A criança faz birra, mas precisa obedecer, assim Deus faz conosco. Se está difícil, reze, porque o Espírito Santo é capaz de nos libertar.

Medo – O medo é uma atitude que nos faz mal, nos paralisa. Segundo o Papa Francisco quem tem medo deixa de ousar e obedecer Deus. “Não imaginamos o que deveríamos ser se não colocássemos tantos obstáculos à graça de Deus”.

Perdão – Se você quer ser feliz, libere perdão. Quando você perdoa, não está dizendo que o que o outro fez está certo, você está apenas agindo com misericórdia com a pessoa que te feriu.

Ansiedade – A ansiedade é um mal dos nossos tempos que nos rouba a alegria.

Desamor – Quando paramos em nossas feridas de desamor e rejeição e não deixamos Deus tocar nossas feridas perdemos a alegria. Não deixe o desamor destruir você por dentro, porque Deus o ama demais.

Este amor é o sentido que você precisa para sua vida e a alegria capaz de preenchê-lo. Peçamos a Deus a força de superar os obstáculos que querem roubar a verdadeira alegria do nosso coração.

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair

kit_dvd_pal_carnaval


Padre Adriano Zandoná


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo