A graça do encontro pessoal com Cristo

Se você já teve seu encontro pessoal com Cristo é hora de renovar

AgracadoencontropessoalcomCristo

Monsenhor Jonas Abib. Foto: Gustavo Borges/cancaonova.com

Nas leituras de hoje, vemos três homens que confessaram diante do Senhor que eram indignos, pecadores. O primeiro é o grande profeta Isaías, na segunda leitura encontramos o apóstolo Paulo e ele mesmo, na Primeira Carta aos Coríntios, diz que era indigno de ser apóstolo porque perseguia a Igreja de Deus. O terceiro está no Evangelho, é Pedro que após a pesca se prostrou no chão, dizendo para Jesus se afastar dele porque era um pecador.

O que esses três homens fizeram, o Senhor nos convida a fazer. Se esses três confessaram que eram indignos, pecadores, muito mais cada um de nós e eu espero que você não viva cometendo pecados. Nós somos pecadores, primeiro pelo pecado original, segundo pelas faltas que cometemos.

Somos pecadores, mas assim como Isaías, Paulo e Pedro, podemos abrir os braços e acolher aquilo que o Senhor está para nos dar. Ele quer nos presentear, o doador é o Senhor. Então, diga: “Eu aceito, Senhor, sou pecador, sou muito pecador, mas se o Senhor me agracia eu acolho. Vem em auxílio, vem em meu socorro, Senhor, dá-me a Sua graça, dá-me a Sua bênção!”

Veja também:

.: A alegria consiste em realizar a vontade de Deus

.: Fostes lavados, santificados e justificados

.: Esposa testemunha a restauração do casamento através da oração

Isaías era um profeta e o Senhor concedeu a ele uma graça infinita, ele viu o Senhor com seus próprios olhos. Ele mesmo disse que na aparição do Senhor os serafins cantavam: “Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; toda a terra está repleta de sua glória” (Is 6,3). E desde aqueles tempos, em todas as Missas, cantamos o Santo.

Em seguida, Isaías viu o Senhor sentado em um trono de grande poder e disse: “Ai de mim, estou perdido!Sou apenas um homem de lábios impuros, mas eu vi com meus olhos o rei, o Senhor dos exércitos” (Is 6,5). Ele reconheceu que era apenas um homem e de lábios impuros.

O encontro que Isaías teve com Deus foi extraordinário, não é para qualquer um, foi por escolha de Deus.

Agracadoencontropessoalcom_Cristo

“Há pessoas que o Senhor quer que você atinja. Deus quer operar em você!” (Monsenhor Jonas). Foto: Gustavo Borges/cancaonova.com

O Senhor quer que todos nós tenhamos um encontro pessoal com Ele

Eu tive meu encontro com Cristo e aquilo me dava coragem, me dava ânimo. Em 1964, era tudo muito difícil, metade da nossa turma foi despedida do seminário, porque surgiu a ideia de que o comunismo havia entrado no seminário. A cada reunião, um era despedido e eu era o único que estava seguro, eu fiquei a salvo. Eu tinha uma boa liderança e era certo que eu seria despedido do seminário, mas pela graça de Deus no dia 08 de dezembro daquele ano, eu fui ordenado e tudo isso pelo resultado do meu encontro pessoal com Jesus.

“Manifestemos nossa alegria ao Senhor!” e eu digo, manifesto minha alegria ao Senhor, porque Ele fez maravilhas, realizou a obra Dele em mim. Assim que me ordenei, a dificuldade de ler sumiu, Deus levou. Também na minha saúde o encontrou pessoal com Jesus operou. Ele continua sendo bom!

Eu vi muitos jovens se converterem, deixarem a vida errada, deixarem a bebida, uma vida sexual errada, deixarem as drogas, tudo isso é obra do Senhor, uma maravilha aos nossos olhos. A Canção Nova é fruto do meu encontro pessoal com Cristo. Claro, eu não vi o Senhor como Isaías, mas tive meu encontro pessoal com Jesus.

Se você já teve seu encontro pessoal com Jesus é hora de renovar, pois como uma fogueira que se não é cuidada, se não vai pondo lenha, ela vai se apagando e termina. Graças a Deus, tenho a certeza, o fogo não terminou, há brasas ainda, mas hoje é um dia de abanar as cinzas. Abane as cinzas para que revivam as brasas e uma brasa reavivada pode virar uma fogueira e até incendiar uma floresta. Há uma floresta ao seu derredor, há pessoas que o Senhor quer que você atinja. Deus quer operar em você!

Diga: “Jesus Cristo é o Senhor, Jesus Cristo é o meu Senhor, eu aceito Jesus Cristo como meu Senhor, meu Salvador. E me entrego totalmente a Cristo, quero ser uma criatura nova, quero ser apóstolo, quero me entregar ao Senhor e realizar Sua obra. Dá-me, Senhor, essa graça, eu quero ser uma criatura nova!”

Ele usou a mim, podia ter usado outro. Por que não você? Deixe que Ele use você, deixe que Ele te pegue pela mão como um pai pega o filho e o leva pela mão! O filho não sabe onde ir, mas o pai sabe para onde levar. Deixe Ele operar em você, através de você!

Jesus foi ao lago de Genesaré, mas depois surgiu uma multidão. Havia duas barcas, Jesus pegou uma delas, justamente a de Pedro e se sentou na barca, pedindo que ela fosse levada mais para o fundo. Jesus pode curar muitas pessoas, e quando acabou de falar e curar disse a Pedro: “Avança para águas mais profundas, e lançai vossas redes para a pesca” (Lc 5,4).

Pedro ainda não tinha um encontro mais íntimo com Jesus, mas acreditou na Palavra. Tiago e João que estavam na outra barca também ficaram assustados, e Jesus disse: “Não tenhas medo! De hoje em diante tu serás pescador de homens”. Jesus diz a você: “Não tenhas medo, meu filho, você será pescador de homens!” Então, deixe, como eles!

Deixe tudo que impede você, deixe tudo que atrapalha você! Quem chama é o Senhor, os remos, as redes não estão mais nas suas mãos.

Transcrição e adaptação: Míriam Bernardes

kit_dvd_pal_carnaval


Monsenhor Jonas Abib


Fundador da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo