Se alguém tem sede venha a mim e beba

Dunga  Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Dunga
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Devemos ter sede e buscar as águas do Espírito

Residimos numa região próxima a locais onde há mananciais de águas riquíssimos. Muitas vezes estas águas são carregadas de minerais e propriedades que beneficiam a nossa saúde. Semelhante a esta realidade, temos nestes dias de acampamento a oportunidade de nos curar nas águas do Espírito. O Espírito Santo é chamado na Palavra como sendo o Rio de Águas Vivas.

Quando Jesus foi batizado, o Espírito Santo foi visto em forma corpórea descendo sobre Ele, e em seguida, Cristo volta para a cidade de Nazaré. A partir daí começa uma trajetória de milagres e curas, a exemplo de Jesus devemos buscar o Espírito Santo para que Ele nos use na obra de Deus.

Para que o Espírito Santo possa agir em nós, transformando-nos e fazendo de nós exemplos a imagem de Cristo, não podemos sair secos ao buscar uma experiência com Ele, mas devemos sair encharcados. Por que quando permitimos que Ele nos molhe e transforme, as pessoas percebem a diferença, pois quem passa pelo Rio de Águas Vivas não é mais o mesmo.

O Diabo não possui nada, aquilo que ele tem é o que nós damos. Se nós nos permitirmos molhar e ser batizados pelo Espírito Santo, até aquilo que você deu para ele Deus vai restaurar! Mas não podemos nos impermeabilizar, precisamos deixar Jesus nos tocar, com as águas do Espírito.

Não existe cura real se não houver conversão, pois se esta acontece há a liberdade para o Espírito Santo nos batizar, curar e transformar. O Rio de Águas Vivas, pode nos renovar, reviver a nossa fé e sarar as nossas almas. Vamos nos deixar encharcar nas águas do Espírito!

Leia também:
Sereis banhados no Espírito Santo
Palavras de ciência e sabedoria

imgpsh_fullsize (3)

Transcrito e adaptado por Jonatas Passos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo