Cure seus medos e sua fé

Márcio Mendes. Foto: Arquivo/cancaonova.com

Márcio Mendes. Foto: Arquivo/cancaonova.com

Deus está pronto a curar não só a nosso corpo, mas também a restaurar a nossa fé e a remover todo medo

Como é bom orar juntos como irmãos, por que ele usa aquele que esta ao nosso lado para interceder pelas nossas vidas. Nem um só suspiro da nossa oração se perde, mas o Senhor nos ouve. Eu creio que quem reza de coração jamais deixará de ser ouvido, Deus jamais ignora a oração de um coração sofredor.

Leiamos o evangelho em Lucas 8, 40-56:

“À sua volta, Jesus foi recebido por uma multidão que o esperava. O chefe da sinagoga, chamado Jairo, foi ao seu encontro. Lançou-se a seus pés e rogou-lhe que fosse à sua casa, porque tinha uma filha única, de uns doze anos, que estava para morrer. Jesus dirigiu-se para lá, comprimido pelo povo. Ora, uma mulher que padecia dum fluxo de sangue havia doze anos, e tinha gasto com médicos todos os seus bens, sem que nenhum a pudesse curar, aproximou-se dele por detrás e tocou-lhe a orla do manto; e no mesmo instante lhe parou o fluxo de sangue. Jesus perguntou: Quem foi que me tocou? Como todos negassem, Pedro e os que com ele estavam disseram: Mestre, a multidão te aperta de todos os lados… Jesus replicou: Alguém me tocou, porque percebi sair de mim uma força. A mulher viu-se descoberta e foi tremendo e prostrou-se aos seus pés; e declarou diante de todo o povo o motivo por que o havia tocado, e como logo ficara curada. Jesus disse-lhe: Minha filha, tua fé te salvou; vai em paz. Enquanto ainda falava, veio alguém e disse ao chefe da sinagoga: Tua filha acaba de morrer; não incomodes mais o Mestre. Mas Jesus o ouviu e disse a Jairo: Não temas; crê somente e ela será salva. Quando Jesus chegou à casa, não deixou ninguém entrar com ele, senão Pedro, Tiago, João com o pai e a mãe da menina. Todos, entretanto, choravam e se lamentavam. Mas Jesus disse: Não choreis; a menina não morreu, mas dorme. Zombavam dele, pois sabiam bem que estava morta. Mas segurando ele a mão dela, disse em alta voz: Menina, levanta-te! Voltou-lhe a vida e ela levantou-se imediatamente. Jesus mandou que lhe dessem de comer. Seus pais ficaram tomados de pasmo; Jesus ordenou-lhes que não contassem a pessoa alguma o que se tinha passado”.

Eu quero contar a você duas situações que narram a misericórdia de Deus neste tempo presente. Houve há pouco tempo neste lugar um acampamento chamado “Experiência de Oração”, evento promovido em conjunto com a Renovação Carismática. Durante a pregação, a preparação para a efusão do Espírito Santo, houve um apelo para que as pessoas presentes ficassem de pé para que pudéssemos interceder por estas pessoas, para que recebessem o batismo com o Espírito Santo, e houve realmente algo maravilhoso. No intervalo deste evento houve um homem inquieto e agitado, ao ponto de se tornar incomodo as pessoas próximas a ele. Este homem então conversou comigo e contou-me a sua história, ele havia vindo a este evento procurando por Deus, por uma experiência com o Espírito Santo, mas ele recebeu algo que ele nem havia pedido, ele foi curado de uma paralisia na perna e ele precisava contar aquilo.

Quando buscamos a Deus com sinceridade ele faz por nós muito mais do que pedimos ou pensamos.

Em fevereiro deste ano eu estava fazendo reparos em casa, varias vezes eu terminava meus trabalhos na Canção Nova e ao chegar em casa ia começar o terceiro turno. Usando um impermeabilizante em casa eu acabei por me descuidar, usando este em um local fechado e tendo uma tolerância a odores, não percebi a intoxicação que aquele produto me infringiu. Quando dei por mim estava num hospital, acompanhado por minha esposa. Depois fui saber que ela havia me encontrado desacordado, e caso não tivesse sido hospitalizado poderia ter morrido, ou mesmo ficado em estado vegetativo. Não me esqueço das palavras do médico que me disse: Você só está vivo por que Deus quis, pois demorasse alguns minutos a mais e não estaríamos tendo essa conversa.

Que ainda que alguém tenha te dito que a sua situação é um caso perdido, Deus é capaz de intervir em nossas vidas. A mão do Senhor esta cuidado de você, Deus ama você, Ele já tomou a sua causa nas mãos dele e está ao seu favor.

O amor nos faz persistir

Esta parábola nos conta sobre uma situação terrível, vivida por um pai que tentou tudo o que podia para salvar a sua filha. Ele amava a filha, ele lutava e investia para salva-la! Mas as soluções minguavam assim como as decepções se acumulavam. Quantas vezes perdemos a fé? Quantas vezes perdemos a fé nas pessoas? No amor? Na amizade? Mas o amor não nos deixa desistir, seja dos nossos amigos, do nosso cônjuge, da nossa família. Mas imaginemos como a fé daquele homem ia minguando quando as possibilidades iam minguando. Quando a dor é muito grande pensamos: por que eu vou rezar? Mas quando falta a fé o amor nos faz persistir.

Aquele homem entretanto ouviu falar de Jesus, das maravilhas que ele operava e uma nova esperança surgiu no coração daquele homem. Mas enquanto ele pensava em ir de encontro a Jesus as decepções o abatiam, jogando ao rosto os fracassos, as tentativas e faziam ele pensar se valia o esforço. Mas o amor moveu aquele homem, por que quem ama luta! E ele precisava lutar para salvar a filha amada. E sempre existiram aqueles que vão ficar ao ouvido nos dizendo que é melhor nos conformar, que é melhor nos entregarmos. Mas Deus dá sabedoria para que saibamos o quanto temos que insistir.

O que Deus faz por nós contraria a lógica humana e por vezes vai contra a prudência humana, pois Ele esta acima da prudencia. Feliz de você, que contrariando todos aqueles que censuraram você por vir, veio e acreditou que a palavra de Jesus podia se cumprir na sua vida. Aquilo que Ele colocou no seu coração, Ele vai realizar.

Aquele homem foi encontrar com Jesus, sem certezas, sem a segurança inclusive de que o mestre iria até a casa dele. Mas quando ele olhou nos olhos de Jesus ele teve o seu coração tomado de certeza, certeza de que o mestre iria ajudar a filha amada. Para alegria dele Jesus atendeu prontamente ao pedido, mas no caminho um imprevisto atrasou a chegada do mestre, uma mulher surpreendeu a todos. A atitude daquela mulher surpreendeu a Jesus, e Ele teve de saber quem havia tido aquela atitude de fé, e aquela mulher, depois de se revelar contou toda a sua história. Imagine como aquele pai ficou impaciente, a filha dele estava morrendo. Aquele testemunho era importante, importante para encher o coração dele de confiança, mas então chegaram as piores noticias que ele poderia ter recebido.

"Quando falta a fé o amor nos faz persistir". Foto: Arquivo/cancaonova.com

“Quando falta a fé o amor nos faz persistir”. Foto: Arquivo/cancaonova.com

Naquele momento ele perdeu o chão, o único pensamento que lhe ocorreu deve ter sido: o socorro demorou demais. O coração daquele pai estava morrendo naquele momento, toda a sua confiança se desfez. Mas Jesus não mudou, ele olhou nos olhos de Jairo, com firmeza e certeza, mas com carinho, e disse: não tenhas medo, somente crê. Talvez tenhamos chegado hoje aqui duvidando até da eficácia das nossas orações, mas precisamos agir como Jairo, não sabemos como estava o seu coração, a palavra não nos mostra as suas palavras, mas sim a sua atitude: ele confiou em Jesus e levou Jesus até sua casa.

É preciso contar com Jesus

Quem não tem com quem contar tem mais disponibilidade para contar com Jesus. Se você precisa de socorro Ele não vai ignorar o seu pedido. A graça não é merecimento, mas é misericórdia de Deus para nossas vidas, se você reconhece que precisa de Deus, Ele te concederá fé para crer e ver o milagre se realizar na sua vida. Não coloque obstáculos para o que Ele quer fazer em sua vida, o Filho que tem intimidade tem liberdade para folgar na presença do Pai. O Pai se comove e se agrada quando o filho tem confiança para contar com a graça Dele.

Jairo creu mais em Jesus do que no fato que aqueles homens trouxeram a ele, o fato de que a menina estava morta. Mas quando Ele Salva Ele faz o que é próprio Dele, e quando aquela menina foi curada quem recebeu a maior cura foi o pai, pois foi devolvido aquele homem algo que havia morrido nele: a fé. Mesmo quando ele chegou em casa e constatou aquilo que havia sido dito por outros: a menina estava morta, mas Jairo creu naquele momento que Jeus traria sua filha de volta. Enquanto o pai mudou a filha sarou e voltou a viver, aquele homem foi até Jesus esperando cura, mas viu algo muito maior: viu a ressurreição da filha.

Eu não sei o que você veio esperando, mas você vai levar para casa algo muito maior do que você veio buscar. Desde a eternidade Deus já sabia que você estaria aqui e Ele preparou algo muito maior do que você pode imaginar.

Com a serenidade quem sabe que tem poder sobre a própria morte Jesus chamou pela menina e disse-lhe que se sentasse. A menina respondeu ao chamado, abraçou ao pai e o beijou. Aquilo que você pediu a Deus, Ele vai depositar nos seus braços, assim como Jesus trouxe aquela menina para os braços do pai.

Transcrição e adaptação por Jonatas Passos.


Márcio Mendes


Missionário da Comunidade Canção Nova, teólogo e escritor

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo