É preciso se afastar do pecado

Materia---P---269x329

Frei Josué. Foto: ArquivoCN

Queridos irmãos, hoje estamos terminando a 16ª da semana do Tempo Comum e o Senhor está nos dando um alerta. Quem ama não só cuida, mas alerta, respeitando a liberdade do outro, mas sempre chama a atenção de quem ama. O amor faz com que a gente veja não só a situação do agora, mas a situação lá na frente.

Talvez seu filho, esposa, esposo só veja o aqui e o agora, mas o amor te dá uma visão do futuro, da eternidade, e é assim que Deus faz conosco. Na leitura de hoje, vemos Deus que nos alerta através do profeta Jeremias. Jeremias hoje é a Canção Nova, que entra na sua casa por meio do Sistema de Comunicação, para dizer que é maravilhoso ouvir a palavra de Deus. “Quão amável é a casa do Senhor”, vai dizer o salmista.

Nos lugares onde percebemos a presença de Deus, tem passarinhos, a natureza se mostra bela nestes lugares. É como o lema: ser Canção Nova é bom demais, pois aqui a natureza e pássaros gostam de morar. Porém, o Senhor está nos dizendo que não basta estarmos aqui na casa de Deus. Ele nos chama a algo a mais, Ele nos chama a sermos a casa de Deus.

Leia mais:

:: Cure seus medos e sua fé
:: O silêncio de Deus é discipulado
:: Voltar-se para Deus no sofrimento

Quando Deus nos chama para a Sua Igreja e para sermos a Sua casa, isso é uma honra. Deus quer habitar em nosso coração, em nosso interior. Nós somos templos do Senhor. Porém, a graça de Deus só habitará em nós quando não vivermos mais em pecado. Claro, que todos somos pecadores, porém existem pecados e pecados. Existem os pecados que são mortais e graves e só são perdoados com a Confissão. Estes rompem a nossa amizade com Deus, rompem a vida na graça de Deus. Não pense que Jesus vai habitar no seu coração, se você estiver em pecado mortal.

Diz São Paulo que quem comunga em pecado mortal, comunga a sua própria condenação. Deus nos ama e fará de tudo para nos salvar, mas Ele não pode habitar num coração sujo de pecado. Não podemos profanar aquilo que é mais sagrado.

Porém, é preciso também ir se libertando dos pecados veniais. Eles não rompem a amizade com Deus, mas são porta de entrada para o pecado mortal. É necessário lutarmos diariamente para nos tornarmos um templo sagrado e purificado. Quem aqui é batizado? Você é um santuário. Jesus derramou todo o Seu sangue para nos lavar de todos os nossos pecados. Temos dentro de nós um conflito, uma ambiguidade. A graça de Deus, que quer nos libertar e nos fazer felizes, e o pecado que cometemos, que nos afasta de Deus e nos faz infelizes. É um combate interior.

O demônio sabe que a única forma dele sujar o templo de Deus, que somos nós, é através do pecado. Muitos de nós temos medo de possessão, mas o demônio nem se importa tanto com as pessoas possessas. Se a pessoa está possessa, o demônio já fez o estrago. Porém, mas Ele quer deixar mais e mais pessoas mergulhadas no pecado, que conscientes, escolhem livremente pecar contra Deus.

O demônio zomba de nós, porque ele sabe que, se não procurarmos a graça de Deus, nós vamos nos perdendo cada vez mais. Peça hoje a misericórdia de Deus, somente o Senhor pode mudar o seu coração. Peça agora a graça de Deus sobre a sua vida. É preciso que o Pai te atraia como um imã e você que deseja essa atração, diga: “Pai coloca uma atração irresistível por Jesus, pela graça de Deus, por tudo que é puro, santo e verdadeiro”.

Como é bom meus irmãos quando começamos a sentir um amor por Deus. Tem jovens que ficam pensando loucamente para sair a noite e cair no pecado. Peçamos ao Senhor a graça de vivermos uma vida autêntica, não uma vida superficial, feita somente pelo prazer de um final de semana. São as pessoas que só falam de sexo irresponsável, do prazer pelo prazer e de outras coisas pecaminosas.

Você quer se encontrar com Jesus? Então se lembre da Eucaristia, dos pobres e necessitados. Meus irmãos, somos preciosos e precisamos entender isso. Apesar do joio e do trigo habitar em nós, precisamos estar de olho para não nos perdermos. Deus nos ajudará!

Transcrição e adaptação: Fernanda Soares

Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186-2600

contribuicaocn1


Frei Josué Pereira de Sousa


Ordem dos Frades menores conventuais da Província de Brasília

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo