A misericórdia de Deus vem ao nosso encontro

Fernando Barbosa no Acampamento Pastoral da Sobriedade. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Fernando Barbosa no Acampamento Pastoral da Sobriedade. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Precisamos ter um encontro com a misericórdia de Deus

Vamos ler o evangelho de Mateus 14, 22-33:

“Logo depois, Jesus obrigou seus discípulos a entrar na barca e a passar antes dele para a outra margem, enquanto ele despedia a multidão. Feito isso, subiu à montanha para orar na solidão. E, chegando a noite, estava lá sozinho. Entretanto, já a boa distância da margem, a barca era agitada pelas ondas, pois o vento era contrário. Pela quarta vigília da noite, Jesus veio a eles, caminhando sobre o mar. Quando os discípulos o perceberam caminhando sobre as águas, ficaram com medo: É um fantasma! disseram eles, soltando gritos de terror. Mas Jesus logo lhes disse: Tranquilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo! Pedro tomou a palavra e falou: Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto de ti! Ele disse-lhe: Vem! Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus. Mas, redobrando a violência do vento, teve medo e, começando a afundar, gritou: Senhor, salva-me! No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: Homem de pouca fé, por que duvidaste? Apenas tinham subido para a barca, o vento cessou. Então aqueles que estavam na barca prostraram-se diante dele e disseram: Tu és verdadeiramente o Filho de Deus”.

Confiança que vem pela experiência

Precisamos ter confiança no poder e na misericórdia de Deus! Mas para ter confiança precisamos de uma experiência com Deus. Para que possamos treinar a nossa confiança precisamos passar por situações em que a nossa fé possa ser experimentada, nesta situação que vimos no trecho lido no evangelho, Jesus permitiu uma oportunidade em que seus discípulos pudessem aperfeiçoar a sua fé.

Mas por que ele quer que tenhamos confiança? Para que Ele possa manifestar a sua graça em nossas vidas. Mas precisamos para isso abdicar do nosso próprio desejo e aceitar o desejo de Deus em nossas vidas.

O primeiro passo de cura para que tenhamos uma experiência de misericórdia é fazer a vontade de Deus e não a nossa. Para isso a permissão divina nos leva a estar em situações em que vamos precisar confiar em Deus.

A cura começa voltando para Deus

E que tipo de coisa nos impede de experimentar a misericórdia de Deus? O comodismo, a falta de perdão, a falta de disposição, tantas coisas bobas que nos afastam da Igreja, nos afastam de Deus.

Mas não se conforme, volte para igreja, volte para Deus, não se apegue as falhas das pessoas, se apegue no propósito de fazer a vontade de Deus.

Jesus cuidava das multidões que o seguiam , cuidava dos seu discípulos. Mas como nós temos cuidando daqueles que estão ao nosso alcance? Será que estamos sendo cuidadosos ou desleixados? Ainda há tempo de mudar.

Jesus é maior que a tempestade

Quando os discípulos enxerga Jesus andando sob as ondas eles prestaram atenção apenas na tempestade e não reconheceram o Cristo, assim eles se assustaram. Quantas vezes não fazemos o mesmo? Vemos os problemas, as dificuldades, a falta de recursos e não vemos o Cristo que está conosco. Mas por que tudo isso aconteceu? Por que os discípulos estavam distantes de Jesus, estamos perto de Jesus?

Interessante é que Jesus foi ao encontro deles, mesmo eles não o reconhecendo, mesmo eles apenas enxergando o mar e a tempestade, mas Jesus foi até eles. Ele está no meio de nós e mesmo que você esteja se sentindo fragilizado e sem fé, confia nele, ele vai te ajudar a vencer esta tribulação. Quantas vezes ao se referir a pessoas que estão entregues ao vício, que estas não tem mais jeito, mas nós não podemos pensar assim, temos que ver Jesus no meio da tempestade.

Jesus teve que se anunciar aos discípulos, pois eles estavam atemorizados, curioso é que Pedro vai ter um gesto de ousadia, para muitos loucura. Mas não estava ele certo? Querendo confirmar a presença de Jesus, ele pede com ousadia que se faça algo sobrenatural. Imitemos a Pedro, peçamos a Deus por renovação, por cura, por libertação para que saibamos que Ele está conosco.

Apenas o amor incondicional pode verdadeiramente transformar a vida do ser humano. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Apenas o amor incondicional pode verdadeiramente transformar a vida do ser humano. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Jesus nos chama: vem! Sai dos teus medos humanos, sai das suas certezas e confia em Deus!

Pedro saiu do barco, não confiando em si mesmo, mas em Jesus! Coloque a sua confiança em Jesus e vá com confiança sobre o mar que ele vai te ajudar. Se você está magoado e ressentido, tira o olhar de você mesmo e coloca em Jesus, coloca a sua confiança n’Ele e tudo vai se resolver.

Quando Pedro sentiu o vento ele voltou a olhar para si mesmo, a consequência disso a confiança dele saiu de Jesus, então ele começou a afundar, então ele gritou pedindo ajuda. Jesus então agarra o braço de Pedro e o puxa de volta, precisamos pedir socorro a Deus quando estamos fracos.

O amor incondicional é a unica forma de transformar verdadeiramente a vida do ser humano, Jesus nos amou com amor incondicional, mas que nós façamos o mesmo.

Veja também:

Senhor, confio em sua misericórdia

A espiritualidade na recuperação da dependencia química

Transcrição e adaptação: Jonatas Passos


Fernando Barbosa


Pregador da diocese de Governador Valadares -MG

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo