"Eu lhe entregarei Jericó"

Pela força da oração a muralha de Jericó cairá

Padre Serginho Farias Foto: ArquivoCN/cancaonova.com

Padre Serginho Farias
Foto: ArquivoCN/cancaonova.com

“São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe, Deus, instantemente o pedimos! E vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.”

Repita comigo dez vezes: Quem como Deus? Ninguém como Deus!

Meus irmãos, voltem para Deus! Derrubem as muralhas do seu coração e voltem para Ele. A partir de agora, nós vamos falar e anunciar: somos vencedores em nome do Senhor Jesus!

Abra sua Bíblia em Josué 6,1-16.20:

“Jericó, cidade murada, tinha se fechado diante dos israelitas, e ninguém saía dela nem podia entrar. O Senhor disse a Josué: Vê, entreguei-te Jericó, seu rei e seus valentes guerreiros. Dai volta à cidade, vós todos, homens de guerra; contornai toda a cidade uma vez. Assim farás durante seis dias.Sete sacerdotes, tocando sete trombetas, irão adiante da arca. No sétimo dia dareis sete vezes volta à cidade, tocando os sacerdotes a trombeta. Quando o som da trombeta for mais forte e ouvirdes a sua voz, todo o povo soltará um grande clamor e a muralha da cidade desabará. Então o povo tomará (de assalto) a cidade, cada um no lugar que lhe ficar defronte. Josué, filho de Nun, convocou os sacerdotes e disse-lhes: Levai a arca da aliança, e sete sacerdotes estejam diante dela tocando as trombetas.E disse em seguida ao povo: Avante! Dai volta à cidade, marchando os guerreiros diante da arca do Senhor…”

A muralha foi derrubada no poder de um clamor

Essa passagem revela para nós uma grande demostração do amor de Deus revelado, pois o povo, que estava numa longa caminhada no deserto, tinha um objetivo. O Senhor havia feito uma promessa: “Que eles conquistariam a terra prometida”. Aquele povo nunca foi abandonado por Deus, mas, antes de conquistar a terra prometida, tinha um desafio: atravessar uma muralha.

Antes de chegar a Canaã, a terra prometida, uma grande muralha estava à frente, e se tratava de Jericó. O desafio deles era mair que a lógica, pois a muralha tinha nove metros de altura; de espessura, era de mais ou menos seis metros. O povo não poderia fazer isso com a força do braço, pois não era mais um desafio, era uma impossibilidade, humanamente falando.

“Quando o difícil se torna impossível, Deus começa a agir!”

Eles se depararam com o impossível, pois quem estava dentro não saía e quem estava fora não entrava. Mas Deus lhes fez uma promessa lá atrás: “Liberta o meu povo e leva para uma terra prometida, onde habita leite e mel”. Quando Deus determina que vamos sair desse lado para o outro, isso acontece, porque Ele é o Deus do impossível.
O Senhor determinou que teremos salvação, e nós a teremos. Quando Ele age, tudo acontece. Deus agindo, quem impedirá?

Aquele povo, diante da muralha, poderia ter desistido, pois os cananeus eram um povo muito bem equipado. Mas com Israel estava o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e de Jacó. Durante sete dias e sete noites, aconteceria uma batalha que seria vencida pela força da oração. Jesus é a nossa força! Nós não caminhamos pelas vias da lógica.

Será que você, gritando, seria capaz de derrubar uma muralha de nove metros e seis de espessura? Até aqui foi você. A partir de agora, é Deus.

Desde o princípio, o Senhor nos livra de todo mal. Não podemos desistir agora, porque, no próximo passo, está o nosso milagre; e quando se trata de milagre, não se trata de ação humana, mas sim de Deus.

Para destruir uma dificuldade, era preciso quebrar também uma outra muralha, a do coração. Eles fizeram um acampamento de oração para derrubar as muralhas, pelo mecanismo da fé. O cristão caminha pela graça!

Quando a graça de Deus entrou, tudo aconteceu e a muralha caiu. Sete dias e sete noites em torno de uma muralha, humanamente falando, parece loucura, porque os cananeus deveriam estar rindo deles. Talvez, você também possa estar sendo chamado de doido, mas ainda que o chamem, não esmoreça, pois é pela força da sua fé que as muralhas serão derrubadas. Deus se utilizará de sua oração, pois é pela força do brado que as muralhas vão cair, não por causa de você, mas por causa do Deus que está em você.

Armas necessárias para vencer as muralhas

É preciso usar as ferramentas, as armas necessárias para você vencer. Não deixe de adorar, pois Deus é o princípio de amor divino. Você é um filho amado do Senhor.

Há quanto tempo você não procura um sacerdote para confessar seus pecados? Confissão é uma grande ferramenta para vencer as muralhas, assim como todos os sacramentos.

Peça muito, porque Deus é o próprio milagre, e quem adora recebe tudo. Não faça seus pedidos picados. Pare de mendigar! Deus quer lhe dar o céu por inteiro. Muitos se esqueceram de compreender que Ele não quer nos dar pedaços do céu, Ele não quer nos dar pedaços de bênçãos. O Senhor se dá por inteiro, a graça é por inteiro. Sejamos com São Miguel Arcanjo, que alcançou a graça inteira. Quer ir para o céu? Adore a Deus.

Para o céu existe uma marca, e a nossa identidade primeira, existencial, a grande identidade é sermos filhos de Deus. É necessário restituirmos a nossa dignidade de sermos filhos amados d’Ele, pois temos o nosso lugar no céu.

Leia mais:
:: “Sê forte e corajoso” – Josué 1,6-9
:: Oferecer-te-ei sacrifícios de louvor e invocarei o nome do Senhor
:: São Miguel guardião da nação brasileira

Quem ama Jesus O assume!

O convívio dos eleitos está reservado para você, e você vai para lá. Tome posse disso, o céu é seu. Volte para Deus! O dia de voltar para Ele é agora, não ontem nem amanhã, mas agora! Deus o quer nesta hora.

Que as muralhas da nossa alma sejam destruídas, porque nenhuma delas pode nos separar do amor de Deus.

Transcrição e adaptação: Claudia Lima

Adquira esta pregação pelo telefone: (12) 3186 – 2600



Padre Serginho Farias


Sacerdote da Comunidade Voz dos Pobres e Diocese de Campo Limpo

Facebook

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo