Não quebre a lei do Senhor

Não quebre as pedras da lei do Senhor

Padre Jhon Baptista Foto: ArquivoCn/cancaonova.com

Padre Jhon Baptista
Foto: ArquivoCn/cancaonova.com

 

Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Lembremo-nos de que todos nós somos crianças do Senhor, as quais estavam perdidas. Por isso, eu tenho de lhe dizer: Seja muito bem-vindo!

Quero lhe dizer duas coisas: Moisés é um intercessor. Ele estava tão conectado com seu povo, que pediu a Deus que perdoasse sua gente. Por isso, quero que você olhe para o Senhor como o Deus do perdão, que quer perdoar a cada um de nós.

Quando olhamos para os fariseus que estão criticando Jesus, porque Este toma refeição com os pecadores, vemos que há uma coisa que eles se esqueceram: “Eles não estão olhando para si mesmos, mas, ao julgar Jesus, já estão pecando. Por que o Senhor nos dá esse ensinamento, estando com os fariseus? Ele quer que saibamos quem somos e de onde viemos.

O que você vai fazer com aquela pessoa que está em casa? Na primeira leitura, há algo muito interessante. Moisés foi receber a lei de Deus, encontrar-se com Ele no monte, e a Bíblia diz: “Moisés tinha duas tábuas da lei, e foi o próprio Deus quem escreveu, nesta tábua de pedra, o que Ele queria para Seu povo. Deus escreveu o Seu coração na lei. O que era importante estava escrito ali. Moisés ficou sabendo que as pessoas já estavam rompendo com a lei, e o Senhor falou com ele: “Não fique aí nas alturas onde você se encontrou comigo. Eu o ergui quando você estava no lixo da morte, eu o trouxe aqui em cima, e é por minha graça, minha compaixão, que eu trouxe você para o monte”. Era isso que o Senhor queria que os fariseus entendessem.

Moisés estava com raiva daqueles que quebraram a lei, mas ele mesmo foi o primeira pessoa a quebrá-las, porque as tinha na tábua, mas não no coração. Deus é tão cheio de amor, que derrama esse amor para todos. Ele nos dá Seu coração torturado. E Deus tanto amou o mundo que deu o Seu Filho por nós, porque somos preciosos. Ele está pedindo: “Não quebre a lei. Ame”. O Senhor nos ensinou que para O amarmos uns aos outros não podemos quebrar as pedras da lei!

Quando eu olho para Moisés, vejo que Deus o levou para o palácio e também levou a sua mãe, para ela pudesse cuidar dele. Deus o amou. Moisés, então, matou o egípcio. Quem é o egípcio que você quer matar?

Cada um de nós tem um egípcio que quer matar, assim como Moisés fez. Talvez esse egípcio seja uma menina que você quer abusar, e aí entra todos os tipos de pecados. Pois temos personalidades diversificadas. Quem é esse egípcio no seu trabalho, escola, casa? Você tem matado ele com fofoca , mentiras? O Senhor está dizendo: “Você já olhou para si mesmo?” Às vezes, podemos fazer inimigos dentro da família, até mesmo fora, e vamos ficando isolados. Não faça isso, o Senhor o ama.

Jacó queria fazer as coisas do seu jeito e roubou a bênção do irmão. Por mais que seu irmão não fosse inocente (pois vendeu a sua primogenitura), não poderia ter feito o que fez. Quantas vezes vendemos a nossa pureza, porque alguém nos deu uma roupa bonita, um perfume.

Jesus é maior, Ele é maior do que tudo o que temos

Olhando para esses personagens, que possamos nos rever e nos encontrar, parar de olhar para os outros e olharmos para nós mesmos. Deus não quer perder nenhum de nós. Ele quer que cada um chegue ao céu.

Querido irmãos, Deus queimou o seu pecado, não há mais desculpas para não O servir. O Senhor sabe que não somos dignos, mas Ele diz: “Eu vejo que você não é digno, mas eu o elevo!”. Não chame as pessoa de inúteis, pois não há ninguém que não tenha trabalho. Para o Reino de Deus, todos temos trabalho.

Diga: “Eu vou entrar para o Reino de Deus”! O Senhor nos escolheu não por causa de nossas forças, mas por causa de Seu amor. Não estamos sozinhos, o Senhor está conosco!

Nós padres estamos aqui para anunciar: “O Senhor nos salva, o Senhor nos cura!”.
Sejamos um povo repleto pelo Espírito de Deus e cada um cantará uma nova canção, mesmo quando vierem os pesadelos.

O Senhor nos ensina, hoje, que todos pecamos, mas Ele não quer nos perder. Ele está celebrando nossa volta, e quer ir atrás dos outros, para que possa celebrar a volta deles também. Deus quer que sejamos filhos, pois tudo que Ele tem, aqui na Terra, é nosso.
O Céu está celebrando nossa volta para o Senhor!

Moisés se tornou estudante do amor de Deus. Toda vez que via seu povo em uma dificuldade, ele intercedia e o Senhor o ajudava. Davi também errou, mas se confessou. Vamos também confessar a Deus nossos erros. Vamos meditar a passagem do profeta Isaías, capítulo 43, que fala do poder salvador do Senhor. Toda vez que Ele se dá a nós e nos encontramos em Sua presença, Ele nos leva além. Deus quer nos dar poder e fogo.

Deus não vem habitar em nós só para nos dar uma vida confortável. Ele também nos pede um retorno. Há um custo: precisamos dar a nós mesmos. Deus não quer que fiquemos somente pedindo, Ele nos pede uma postura ativa.

Quando Deus nos dá um favor, quando Ele age em amor e nos torna criaturas vivas. O Senhor quer que tenhamos relacionamentos com outras criaturas. Quando Ele nos chama pelo nome, está nos dizendo que quer que tenhamos um relacionamento de amor com Ele.

O Senhor falou comigo por meio de uma palavra de ciência, é assim que Ele nos fala de Seus planos. Deus nos faz experimentar o impossível.

Deus nos diz: “Ninguém vai me deter de agir em você, pois meu amor em você é muito maior que seu pecado. Eu te vejo como meu filhinho e quero te dar viva nova. Eu sou o bom pastor, eu sou a Porta, entre no meu coração e me deixe entrar no seu”.

Jesus nos diz: “Eu vim para que tenham vida e vida em abundância”. Depois que Maria recebeu a anunciação e concebeu do Espírito Santo, ela não pôde ficar em casa. Ela foi até a sua prima Isabel, para talvez receber um conselho, mas também para ajudá-la. Quando você recebe o poder de Deus, você pode ficar confuso, porque foi elevado a um outro nível, e começa a ver o impossível.

Deus, que nos criou, diz que não há nada que O impedirá de agir em nós. A Sua Palavra é vida, e quando passa por nossa boca, nosso coração, somos formados como seres humanos. Quando estamos com medo, sentimo-nos perdidos, mas Ele vem em nosso socorro.

Leia mais:
:: Precisamos dar frutos bons
:: Sê forte e corajoso
:: Agindo Deus, quem impedirá?

O medo, muitas vezes, impede-nos de sentirmos o poder de Deus. Ele, no entanto, quer nos revelar Seu poder, e isso tem um custo: quando o Senhor se dá a nós, precisamos nos entregar a Ele também.

Deus quer nos usar para levarmos Sua Palavra a todos que encontrarmos. Nós estamos preparando uma nova geração para receber a segunda vinda de Jesus. Ele se apresentou em forma de uma pessoa humana, Aquele que veio portando o favor de Deus em Jesus.

João Batista, anunciou que o favor de Deus estava próximo. Nós também somos favorecidos para anunciar a Sua segunda vinda.

Rezemos com o salmo 50:
“Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade. E conforme a imensidade de vossa misericórdia, apagai a minha iniquidade. Lavai-me totalmente de minha falta, e purificai-me de meu pecado. Eu reconheço a minha iniquidade, diante de mim está sempre o meu pecado…”

Deixe que o Senhor lave os seus pensamentos, o seu passado, os seus olhos. O Sangue de Jesus está limpando você. O Senhor nos limpa não com água, mas com o Seu Sangue.
Senhor, eu sou um pecador, somente Tu é a Verdade. Ensina-me a sabedora. Purifica-me Senhor! Receba o Sangue de Jesus que o limpa! Receba a alegria do Senhor!

Transcrição e adaptação: Claudia Lima

Adquira essa pregação pelo telefone: (12) 3186-2600

Veja também:


Padre John Baptist Bashobora


Sacerdote da diocese de Mbarara, Uganda/África

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo