"Sê forte e corajoso" - Josué 1,6-9

Padre Jhon Baptista Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Padre Jhon Baptista
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Ser forte e corajoso é o desafio de Deus para nossas vidas

É tempo de nos jubilarmos! Estamos numa jornada em direção ao nosso destino, e o cenário é o povo de Deus, que estava cativo no Egito. Moisés foi o escolhido por Deus para tirar esse povo da escravidão. No entanto, ele teve, antes disso, de ser santificado pelo Senhor, pois Ele não quer que simplesmente trabalhemos para Ele, mas quer trabalhar conosco. Assim como o Espírito Santo é santo, nós também precisamos ser santos para sermos enviados pelo Senhor.

É na ausência de certezas que aprendemos a confiar na providência de Deus

Moisés sabia que a jornada que teria de enfrentar com seu povo não seria fácil, pois mesmo tendo as promessas de Deus, não sabiam quais seriam os obstáculos no caminho. Deus, no entanto, queria que Seu povo confiasse n’Ele. Naquele tempo, não era uma questão de ser guiado pelo Senhor apenas, o que Ele queria era manter um relacionamento com Seu povo. Nem sempre o povo entendia qual era a vontade d’Ele, nem sempre sabia qual era o caminho, mas tudo isso servia para que compreendesse que a chegada à terra prometida não dependeria somente da força de suas pernas, mas da providência divina.

Muitas vezes, houve questionamentos e súplicas, e o interessante é que esse cenário se repetiu não só no Pentateuco, mas também no exílio, quando o povo de Israel, punido por seus próprios pecados, não tinha mais um templo onde poderia adorar a Deus. Mas a maior lição nesses cenários é que, na ausência de certezas, aprendemos a confiar na providência de Deus.

Vamos abrir a Bíblia e ler com seriedade a Palavra de Josué 1,6-9:

“Sê firme e corajoso, porque tu hás de introduzir esse povo na posse da terra que jurei a seus pais dar-lhes. Tem ânimo, pois, e sê corajoso para cuidadosamente observares toda a lei que Moisés, meu servo, te prescreveu. Não te afastes dela nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas feliz em todas as tuas empresas. Traze sempre na boca (as palavras) deste livro da lei; medita-o dia e noite, cuidando de fazer tudo o que nele está escrito; assim prosperarás em teus caminhos e serás bem-sucedido. Isto é uma ordem: sê firme e corajoso. Não te atemorizes, não tenhas medo, porque o Senhor está contigo em qualquer parte para onde fores.”

Sede forte e corajoso, pois você é escolhido de Deus

Aquilo que foi dito a Josué, aplica-se a nós agora: “sede forte e corajoso, pois você é a pessoa que eu escolhi”. Todos nós fomos escolhidos por Deus, e Ele está nos dizendo que somos a pessoa que Ele escolheu e está sempre conosco. Quando o Senhor, por meio da Bíblia, diz que algo vai acontecer, temos de confiar que essa Palavra não é apenas um texto motivacional. Deus nos pede para sermos fortes e corajosos, para cumprirmos a missão que Ele tem para nós, ou seja, levarmos Sua mensagem a todos os povos.

Quando Moisés foi escolhido, ele não foi sozinho, pois tinha irmãos e companheiros. Já ouvimos a Palavra de Deus, convertemo-nos e demos espaço para o Espírito Santo em nossos corações; logo, todos somos escolhidos e todos temos uma missão. Por isso, João XXIII pediu um novo Pentecostes, pediu que o mesmo Espírito que foi sobre Josué, sobre todos os profetas e apóstolos, fosse também sobre todos os católicos, para levar a Boa Nova aos cativos.

Aqueles que estão cativos no sofrimento e no vício devem saber que Deus os ama e quer cuidar deles, fazer de cada um multiplicadores da Boa Nova. Quando o Senhor criou o homem e a mulher, soprou em suas narinas o fôlego de vida, deu-lhes poder para julgar tudo aquilo que está sobre a terra e disse para eles se multiplicassem.

Somos salvos pelo sofrimento e morte de Jesus Cristo, que disse a Seus discípulos: aqueles que ficarem comigo aprenderão como agir, como orar e relacionar-se. O Senhor lhes disse: “Eu lhes dou poder para agir em meu nome, ide e proclamai o meu Reino!”. Não somos feitos para saber quais são as estratégias do Reino, mas para saber que Jesus é o Rei, por isso somos revestidos por Ele de autoridade.

Estamos em treinamento para chegar ao paraíso

Nesses tempos, Jesus tem olhado para nós com o carinho de um pai que vê seu filho favorito, escolhido e tratado de forma diferenciada; a exemplo de Davi, que não foi escolhido como seu povo esperava. Sua família pensava que ele era um simples pastor, quem sabe um músico!, mas Deus viu nele um rei. E Deus vê em nós coisas que as outras pessoas não veem, Ele nos põe em conexão com Ele e o Espírito Santo nos escolhe para uma peculiar finalidade.

As palavras de Santo Agostinho são sábias: “O Deus que criou você sem você não vai salvar você sem você”. Você é a pessoa que Deus criou para levar pessoas à terra prometida, pois estamos todos numa jornada rumo ao paraíso. Estamos aqui num treinamento, exercitando-nos, todos os dias, para alcançarmos a estatura de Cristo, como nos é dito pelo apóstolo Paulo.

Em todos os lugares que Jesus passou, Ele causou impacto, fazendo mestres se tornarem discípulos. Ele sempre altera a situação daqueles que Lhe dão liberdade para trabalhar em suas vidas, eleva-os a uma experiência espiritual superior. Jesus muda vidas e realidades, como foi prometido: um dia toda a humanidade será repleta do Espírito Santo.

Este é o tempo em que a promessa de Deus se cumpre a Jeremias, Daniel e Ezequiel, em que o Espírito do Senhor habita o Seu povo e o move a levar a Boa Nova aos pobres – não os pobres materiais, mas aqueles que estão padecendo distantes de Deus. Levar a Boa Nova não é fácil, todos aqueles que se propuseram a fazer isso tiveram obstáculos e perseguições. Deus permite que façamos nossas escolhas, mesmo que, na Sua onisciência, Ele saiba que elas nos trarão problemas, pois respeita nossas escolhas. Ele é paciente para conosco, porque nos ama e não fica pensando em nossos pecados.

O Espírito do Senhor está sobre nós para que possamos levar a Boa Nova àquele pobre que, muitas vezes, está próximo de nós. Ele é paz, saúde, esperança e alegria! Vamos pedir a Deus para que nos dê Sua visão, não a visão física, mas que vejamos nas pessoas a alma que precisa de misericórdia.

Quando Jesus começou Seu ministério, João Batista estava preparando o caminho, batizando as pessoas para o arrependimento e anunciando que Aquele que viria após ele batizaria com poder e fogo. Nós somos batizados com poder e fogo! Onde quer que formos, é preciso que esse fogo nos siga, que sejamos capazes e incendiar a outros com o amor de Deus.

Jesus ama o ser humano, não o pecado. Jesus não desiste do ser humano e quer transformá-lo para reaproximar-se dele.

Precisamos, constantemente, reunirmo-nos com os outros na casa de Deus, ser humildes e buscar forças n’Ele. Muitos vão à Missa só aos domingos, mas isso é coisa de preguiçosos, pois precisamos de poder e fogo!

Precisamos saber a quem estamos adorando, pois não viemos a casa de Deus para fazer barulho, viemos para sair melhores. Quando louvamos com coração e consciência, Ele se trabalha em nós, cura-nos e aperfeiçoa.

Somos príncipes e trabalhadores da família dos céus

Essa é a palavra para você hoje: sede forte e corajoso. Quando nos dispomos à salvação, recebemos graça, misericórdia e providência de Deus, o Espírito Santo habita em nós, dá-nos dons e nos capacita, para que, por onde passarmos, estejamos capacitados, pois somos trabalhadores do céu! Por onde passarmos, o demônio tentará nos parar, pois ele não quer que a Boa Nova seja levada, por isso precisamos do Espírito Santo, precisamos de fogo e poder.

Quando Deus nos dá poder e força, capacita-nos para fazermos o impossível! Ele nos dá capacidade não para lutar com simples seres humanos, mas com principados e potestades, para libertar cativos. É uma missão difícil, mas possível, pois Deus nos capacitou.

Ele nos chamou a sermos príncipes, trabalhadores da família celestial. Estamos aqui experimentando o paraíso. Então, nada de carranca! Vamos sorrir, pois Jesus nos ama.


Padre John Baptist Bashobora


Sacerdote da diocese de Mbarara, Uganda/África

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo