A minha misericórdia trabalha em todos os corações que lhe abrem as portas

Dani Matéria

Daniela Miranda prega no Encontro da Misericórdia – Créditos: Wesley Almeida

“O Senhor se entretinha com Moisés face a face” (Ex 33,11).

O sinônimo de “entreter-se” é “distrair-se”. Deus se distraía com Moisés, ficava um tempo com ele. Eu acho bonito esse termo! Você já se entreteve com uma criança? Já ficou olhando e achando-a bonitinha?

Deus está aqui conosco

O Senhor Deus é misericordioso. Saber que Ele está no Céu é simples, mas saber que Ele está na Terra, aqui embaixo, conosco é maravilhoso. Deus se apresenta na pessoa do irmão e na Eucaristia. Ele está conosco. Ao abrirmos as portas do nosso coração para Ele, que está no Céu e também está aqui na Terra, o Senhor se compadece de nossas situações dolorosas, porque é misericordioso.

Em quais caminhos você tem andado? As pegadas que você enxerga não são as suas, mas as de Jesus, que o carrega no colo.

Na oração de Ester (cf. Es 4,16), depois de jejuar e orar, vemos que ela, por desígnio de Deus, tornou-se rainha. Se você, hoje, se sente sozinho, veja essa oração, veja como Ester rezou.

Dani Povo

Peregrinos acompanham pregação. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

As duas partes da oração

Nós abrimos a porta do nosso coração quando reconhecemos quem vai entrar nele. Ester reconheceu o Senhor. A primeira parte da nossa oração deve ser reconhecermos Deus.

Depois, Ester foi recordando toda história do povo de Deus, quando Ele agiu na vida dos seus. A segunda parte da oração é fazer memória.

Quero, agora, convidar você a recordar todas as vezes que Deus interveio em sua vida, dando-lhe a vitória. Talvez, você se sinta órfão; talvez, sinta-se engolido pelas situações em que se encontra. Por tantas mães que desejam ter filhos, mas ainda não os tiveram, talvez você se sinta numa guerra. Mas, hoje, o Senhor está lhe dizendo que, se você abrir a porta do seu coração, Ele quer entrar na sua vida e transformá-la.

O que o Senhor fez no Antigo e no Novo Testamento é o mesmo que Ele quer fazer, hoje, em sua vida.

Neste fim de semana, Deus quer ter um encontro pessoal co você. Assim como Jesus está no Céu, mas também aqui conosco, o Pai também se inclina, como se abaixa para falar com o filho, que é pequeno.

Por que os raios da misericórdia de Deus estão direcionados para baixo? Porque aqui é o nosso lugar. O Pai se abaixa até nós.

Seu trecho bíblico 

Qual é a passagem da Sagrada Escritura mais forte em seu coração? Qual texto é essa expressão do amor, da misericórdia de Deus para você? Se esse trecho é muito importante para você, mire-se nele, direcione-se por ele.

Jesus disse a Santa Faustina: “A alma que confia na minha misericórdia é a mais feliz”. Quando temos alguém com que podemos contar, a coisa muda de figura, por pior que estivermos, tudo muda.

A nossa vida não é só sofrimento, andamos entre arco-íris e tempestades (cf. D 992). Precisamos nos lembrar dos louvores e das alegrias. A vida tem suas estações, saímos do inverno e entramos na primavera, mas a primavera passará e virá o verão. Haverá dias em que nos sentiremos como num deserto, numa noite escura. Mas a noite escura não permanece para sempre.

Dani Corpo matéria

Dani Miranda. Fotos: Wesley Almeida/cancaonova.com

Lembre-se sempre das suas alegrias

Nos momentos de tristeza, recorde-se de suas alegrias; nos momentos de aflição, recorde-se de quando Deus o salvou. Lembre-se de que Ele não está só no Céu, mas aqui na Terra, e Ele nos guia nos momentos de alegria e aflição.

Jesus, certa vez, disse a Santa Faustina para ela recolher as graças que os corações fechados não quiseram receber. Imagine, você, na sua casa fechada, trancada, mas eis que um caminhão cheio de prêmios parasse em frente dela e lhe fosse oferecido todos os prêmios? Você iria abrir a porta, não iria?

Quantas graças eu tenho para derramar nos corações, mas eles estão fechados!, diz Jesus.

Como você está estendendo as mãos para receber as graças de Deus? Bem abertas ou de forma tímida?

Certa vez, Santa Faustina, conversando com Jesus, ouviu d’Ele: “Minha filha, você pede coisas muito grandes!”. Sabe o que ela respondeu? “Para o Senhor é muito mais fácil dar muito do que dar pouco”.

Nas bodas de Caná, se os serventes não tivessem confiado em Jesus, eles teriam colocado pouca água nas talhas. Quando chegar a sua hora, não economize em encher suas talhas, porque quando chegar o vinho do milagre, você verá como Deus é bom.

“A minha misericórdia trabalha nos corações que abrem as portas”.

Transcrição e adaptação: Sandro Arquejada  


Daniela Miranda


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo