Betânia, lugar de encontro consigo mesmo

Materia---P---269x329

Padre Vicente. Foto: ArquivoCN

Betânia, através da força da misericórdia, faz com que cada um de nós vá se conhecendo e se reconhecendo diante de Deus. Nós aprendemos com Padre Léo que é necessário tirar as máscaras, deixar cair as máscaras e deixar vir à tona quem realmente nós somos. As nossas limitações, fraquezas, virtudes e imperfeições, porque Deus não pode trabalhar num coração falso, mascarado e mentiroso. Por isso, precisamos ter um coração sincero diante de Deus.

Um coração sincero significa um coração sem cera. Deus não trabalha em coração fingido, por isso é preciso estar sem máscaras diante dEle. E o Evangelho fala da dureza do dinheiro, que não podeis servir a dois senhores, ou amarás um e odiarás outro.

Em Betânia, ao nos ajudar a tirar as máscaras e ajudar o filho dia-a-dia saber quem ele é, sabendo lidar com as suas fraquezas, ele vai tendo a capacidade, com a graça de Deus, de ser cada vez mais dono de si mesmo.

O desejo para cada filho de Betânia é que cada um seja dono de si mesmo e faça escolhas em direção ao bem. Um coração dividido é um coração propenso a idolatria e por isso Jesus deixa claro: “não podeis servir a dois senhores”, quem é o nosso Senhor? Jesus Cristo. Deus é o nosso Senhor.

Quem vive a idolatria do dinheiro produz corrupção, produz pobreza. Sabe por quê? Porque se tiramos Deus do topo da hierarquia de vida vale qualquer coisa e aí entra não somente o ter, mas o poder e o prazer. Esses são os grandes ídolos de nosso tempo, que fazem com que o coração do homem fique dividido, um pé nas coisas de Deus e um pé nas coisas do mundo. Na Igreja tem um comportamento, mas na rua tem outra postura. É preciso tirar todo tipo de divisão de nosso coração.

Leia mais:

:: Deus nos quer semeadores e intercessores
:: Papa Francisco e o Ano da Misericórdia
:: Bethânia, Casa de Misericórdia

Hoje é um dia propício para você recuperar aquela pregação do padre Léo: “Buscai as coisas do alto”. O seu dinheiro está carimbado com céu ou com inferno? Os seus relacionamentos, o seu trabalho estão carimbados com céu ou com inferno? A sua maneira de lidar com as pessoas: céu ou inferno?

Uma mãe de família que só reza, que horas vai ter diálogo? É preciso equilíbrio, reflexão, conversão… E aos poucos vamos trilhando o caminho da santidade. Só consegue alcançar a santidade um coração sincero.

O desequilíbrio gera idolatria. A droga chega na vida do jovem como um verdadeiro ídolo e quantos deles confessam que o coração se distancia de Deus de uma tal forma que depois é fácil se abrir a outros ídolos.

Nós estamos na época das eleições. Se o político não tiver a reta intenção de fazer o bem comum ele se torna refém da idolatria do ter e do poder. Que possamos rezar pelas nossas autoridades e por aqueles que detêm o poder.

Precisamos urgentemente de homens públicos tementes a Deus, porque senão o dinheiro toma conta e aí vemos todas essas atrocidades… Por que? Porque Deus virou o dinheiro, o lucro, o poder… Então precisamos rezar para que o Senhor suscite homens, mulheres que sirvam o bem comum, que tem Jesus Cristo como o centro de suas vidas.

Há poucos dias um político foi num debate numa grande universidade e foi massacrado, simplesmente porque é cristão e se colocou veementemente contra o aborto. Mas ele foi categórico mesmo, disse que era contra porque era seguidor de Jesus Cristo. Precisamos nos levantar assim.

O Papa Bento XVI combatia o relativismo ético-cultural dos nossos tempos. Um relativismo que traz um vale-tudo. Está na hora de radicalidade, o que não significa simplesmente vestir uma roupa diferente, um símbolo… Mas viver de forma humilde, proclamando que Jesus é o Senhor da sua vida, do seu dinheiro, da sua mente, da sua vontade, do seu coração, Ele é o seu Senhor.

Transcrição e adaptação: Fernanda Soares

Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186-2600

contribuicaocn1


Padre Vicente Neto


Sacerdote da Comunidade Bethânia

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo