Pentecostes, a misericórdia de Jesus

Monsenhor Jonas Abib
Foto: Paula Dizaró/cancaonova.com

O Espírito Santo é a maior expressão da misericórdia de Jesus

No Evangelho de hoje, os apóstolos estavam reunidos a portas fechadas, com medo dos judeus. Jesus aparece entre eles e diz: “A paz esteja convosco”. A primeira coisa que Jesus quis passar foi a paz, depois Jesus soprou sobre eles. O judeus eram muito de fazer gestos, o soprar queria dizer transmissão,naquele momento Jesus estava transmitindo o Espírito Santo a eles. Também instituiu o Sacramento da Confissão aos apóstolos, com o poder de perdoar os pecados, como Jesus perdoava. Os apóstolos foram transmitindo esse sacramento para os outros até chegar em nós. Quando o sacerdote dá a absolvição, se a pessoa que confessou os seus pecados estiver arrependida, é perdoada,esse é o excesso da Misericórdia de Jesus.

Na primeira vez que Jesus apareceu, São Tomé não estava presente, os outros discípulos contaram-lhe: “Vimos o Senhor”. Mas Tomé foi resistente e queria tocar em Jesus para acreditar. Assim como Pedro negou Jesus, Tomé também negou o Senhor neste momento. Não acreditar é grave, mas não querer acreditar é ainda mais grave.

Oito dias depois, Jesus apareceu novamente. Foi um gesto maravilhoso da Misericórdia do Senhor, pois Ele trata Tomé com toda brandura e pede para que ele coloque os dedos nas Suas chagas. Tomé foi vencido pela Misericórdia de Jesus e disse: “Meu Senhor e meu Deus”. O mais incrédulo fez o maior ato de fé,le proclamou o senhorio e a divindade de Jesus.

O Senhor hoje quer soprar sobre nós e dizer: “Recebei o Espírito Santo”. Um grande gesto da misericórdia de Jesus, aconteceu há 50 anos atrás. Foi derramado o Espírito Santo na Igreja Católica, em Pittsburgh, nos EUA, foi lá onde começou o derramamento do Espírito e essa corrente de graça. Precisamos ser cheios do Espírito e proclamadores do Espírito Santo. Seja você também Mister Pentecostes e Miss Pentecostes. O Espírito Santo é a maior expressão da misericórdia de Jesus.

Leia mais:
Lançar-se nos braços da misericórdia
Protegidos pela misericórdia


Transcrição e adaptação: Renata Santiago


Monsenhor Jonas Abib


Fundador da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo