PHN

Eu quero subir degraus de amor a Deus

O Senhor prepara uma vida nova para nos dar

Padre Fábio Camargos Foto: Wesley Almeida.cancaonova.com

Padre Fábio Camargos
Foto: Wesley Almeida.cancaonova.com

Queridos irmãos, o Evangelho de hoje traz um apelo de Jesus: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e fadigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso”. Este apelo, este clamor de Jesus está inserido no Evangelho de São Mateus, no mesmo contexto em que terminou a excursão missionária dos 12 apóstolos.
Jesus, no ápice de Sua missão, cheio do poder do Espírito Santo, foi por toda a Galileia e anunciou o Reino de Deus. Num dado momento, Ele percebeu que sozinho não conseguiria. Havia muitas pessoas com as quais Ele queria estar, lugares que gostaria de ir, muitos enfermos que queria curar, mas, pelo fato de ter se limitado à nossa condição humana, não conseguia estar em todos os lugares. Nesse momento, Ele disse: “A messe é grande, mas os operários são poucos”. Então, subiu ao monte para orar e, quando desceu, instituiu os 12 homens. Ele os nomeou e dotou com o Seu próprio poder, a fim de que fossem aos lugares aonde Ele deveria ir, mais não conseguia.
Os apóstolos foram e a missão foi um sucesso! As pessoas ouviram falar do poder de Deus e a missão foi prodigiosa. Quando os apóstolos retornaram, disseram para Jesus: “Senhor, tudo conforme Senhor disse aconteceu, até os demônios nos obedeceram!”. Jesus olhou para aqueles apóstolos bem sucedidos e disse: “Eu via satanás caindo do céu enquanto vocês pregavam”. O texto do Evangelho de hoje está inserido nesse ponto da história.

A nossa vida espiritual se assemelha muito a esse trecho do Evangelho, ao passo que todos nós, quando encontramos Jesus uma vez na vida, ouvimos falar dessa passagem.
Dentro do nosso coração existe um desejo de viver tudo aquilo que nos disseram.

É verdade que muitos, ao escutarem essa mensagem pela primeira vez, fizemos uma primeira adesão à missão que o Senhor lhes confiou, quiseram seguir o Evangelho de Deus. Mas depois, ao voltarem para casa, um dia após o outro, essa Geração PHN, num determinado momento, olhamos para si mesma, por um instante, é tentada a pensar: “Isso é uma utopia, não é possível! Eu não consigo, eu não sou digno”. No entanto, quem quer que você pense assim é o diabo, porque sabe como os pecados funcionam dentro do seu interior.

Padre Fábio Camargos Foto: Wesley Almeida.cancaonova.com

Padre Fábio Camargos
Foto: Wesley Almeida.cancaonova.com

Os pecados contra a castidade

Dentro de nós o pecado atua de forma hierárquica, é como se fosse uma escada.

– O olhar: você olha para uma pessoa, vê que é bonita e atraente, então, cobiça-a sexualmente. Mas não se contenta somente em olhar;

– Masturbação: você continua a subir os degraus, pois quando tem o gozo, já não se contenta e quer fazer de novo, porque não chegou ao ápice, ao prazer que queria;

– Pornografia: dentro da pornografia, você também vai subindo outros degraus;

– Vídeos e fotos: um material que você viu hoje não vai querer ver amanhã, porque isso não o sacia. Há um prazer que não está à disposição, a sede de prazer é infinita. Você ainda não chegou ao ápice, porque isso que está vendo, precisa fazer com alguém;

– Relação sexual: você tem uma relação sexual com alguém, mas é frustrante; então, chega a pensar: “Não era isso, porque essa pessoa com quem eu tive uma relação é muito “santinha”. Eu preciso de alguém que saiba fazer igual ao vídeo;

– Prostituição: dentro da prostituição, você vai subir outros degraus.

A escada do amor a Deus

Dentro do nosso coração existe outra escada, e nós somos convencidos de que Deus nos quer, porque nos ama. E à medida que vamos subindo os degraus, somos tocados por Deus. No entanto, se escolhemos subir a escada do pecado, sem ver, porque ela é sutil, vamos descendo devagar a escada do amor.

O diabo vai cansando nossa alma e ficamos extenuados, não só no corpo, mas na alma também. O diabo nos convence de que não somos dignos de Deus, que não O merecemos. Mas quando já estamos cansados, Jesus nos fala do descanso da alma.
Se no descanso físico perdemos a consciência, mas a alma descansa quando tomamos consciência.

Precisamos tomar consciência de quem somos, pois quando somos pequenos Deus se faz grande em nós. O segredo do PHN é subir os degraus para Deus.

O Senhor se faz forte em nós

Deus quer que tenhamos consciência da nossa fraqueza, para que Ele venha e nos encha com Seu Espírito. Na nossa fraqueza, Cristo é capaz de viver em nós, ser aquilo que quer de nós. Jesus está nos dizendo: “Vinde a mim!”. Ele nos prepara a vida nova que quer nos dar!

Transcrição e adaptação: Claudia Lima

Fique por dentro da cobertura da #PHN2016

.: Confira as dicas do Dunga para o #PHN2016
.: Acompanhe o #PHN2016 pelas mídias sociais da Canção Nova
.: Internet liberada no #PHN2016: saiba como acessar!
.: Peregrinos gravam vídeos sobre a expectativa para o #PHN2016
.: Ideias de fotos para tirar na Canção Nova


Padre Fábio Camargos


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo