PHN

O PHN é um estilo de vida rumo à santidade

Viver o PHN é um caminho seguro para a santidade

o-phn-e-um-estilo-de-vida-rumo-a-santidade

Monsenhor Jonas Abib. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

O poderoso fez por mim maravilhas.” Muitas vezes, Maria cantou essa verdade. Você pode imaginar com que gratidão ela cantou isso? Esse Deus, que é santo e poderoso, fez maravilhas por mim! Tudo o que eu valho, é porque o Senhor fez por mim maravilhas.

A ordem carmelitana espalhou pelo mundo, de maneira maravilhosa, uma regra estrita de oração profunda, em que as carmelitas não poderiam ter contato com o mundo; há uma grade as separando. Por quê? Para essas mulheres poderem estar recolhidas totalmente para Deus. Elas intercedem pelo mundo. As orações delas não param naquelas grades, mas se espalham por toda a humanidade. O Senhor habita no Monte Carmelo e em cada carmelo; e as irmãs sabem muito bem disso, por isso têm um grande respeito pela ordem à qual obedecem. Elas sabem que Deus habita no carmelo.

Hoje é dia de Nossa Senhora do Carmo, e a liturgia reconhece que Deus habitou em Maria. Lá em Nazaré, numa gruta que até hoje existe, morava Maria. Lá chegou o anjo e teve aquele diálogo com ela: “Eis a escrava do Senhor, faça-se em mim a sua Palavra”. O Verbo se fez carne e habitou no seio de Maria. Aquela criança era apenas uma célula habitada pelo Espírito Santo; foi Maria que O gerou, foi com sangue dela, com sua carne, por isso a liturgia escolheu essa passagem.

Passados nove meses, nasceu o Salvador, e o restante nós conhecemos. É uma grande graça para nós! Temos o Evangelho, e segundo ele, Jesus estava falando com as pessoas e Sua mãe ficou do lado de fora, porque não houve oportunidade de eles chegarem perto de Jesus. Então, disseram: “Olha, sua mãe e seus irmãos estão lá fora e querem falar contigo”. Jesus respondeu: “Quem é minha mãe? Quem são meus irmãos?”. À primeira vista, parece que Ele estava desprezando Sua Mãe. Irmãos nossos também pensam assim e dizem que Maria não era de nada, porque Jesus mesmo disse isso. Mas, na continuação do texto, Ele diz: “Eis a minha mãe e meus irmãos, pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está no Céu, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. Então, Maria era mais que Mãe, porque ninguém como ela fez a vontade do Pai.

Leia mais:

:: A misericórdia revela a verdadeira beleza
:: Depois do encontro é que a nova criatura acontece
:: Mãe da Misericórdia
:: A misericórdia de Deus tem rosto de pai e mãe

Toda judia esperava ser mãe, ou a mãe do Messias. Se não conseguissem ser mãe, que fosse avó, que o Messias estivessem na sua linhagem. Toda mulher queria isso, e Maria, naquele momento, deveria pular de alegria dizendo: “Sou eu, sou eu a escolhida!”. Mas não! O que ela disse foi: “Eis a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a Sua vontade”. Está aí, meus irmãos, a beleza! Ela é um exemplo para nós.

A primeira coisa, na nossa vida, é fazer a vontade de Deus. Diga comigo: “A primeira coisa, na minha vida, é fazer, em tudo, a vontade de Deus, fazer sempre a vontade d’Ele. Essa é a coisa mais importante”.

Fazer a vontade de Deus

A primeira coisa, que é preciso fazer, para estar na vontade de Deus é que vivamos em estado de graça. O PHN busca justamente isso. Por que PHN? “Por hoje não vou mais pecar”. Para não pecar hoje, amanhã nem depois, é preciso que estejamos, constantemente, em estado de graça. Já foi dito isso: se você não está em estado de graça, vá buscar a confissão.

Dom Bosco estava no andar superior de sua congregação e ouvia os seus filhos no andar inferior e dizia: “Meus filhos, ninguém saia desse retiro em pecado. Se você tem um pecado qualquer na sua vida, se confesse”. Dom Bosco fez isso com os padres da sua congregação, porque eles queriam que os seus padres vivessem o PHN e estivessem sempre em estado de graça.

PHN é rumo a santidade

Essa é a vontade de Deus, a nossa santificação. Namorados e namoradas devem santificar-se um ao outro. Quando um ou outro vive o estado de graça, santifica o outro. Você noivo, noiva, marido e mulher santificam o outro, e essa é a vontade de Deus.

Que vocês evitem a impureza, que cada um saiba possuir seu corpo santa e honestamente, sem se deixar levar pelas paixões desregradas como os pagãos que não conhecem Deus. Que beleza! Vamos viver essa verdade, meus queridos jovens.

Busque um padre e lave a sua alma se confessando. Una a santificação com o sair de uma vida de devassidão sexual. Não venha dar “desculpinhas”, dizendo que estão fazendo uma “coisa de nada”, que vocês se amam. Na verdade, amor não é isso.

Eu poderia fazer uma palestra inteira sobre o que é amor e o que não é amor, para provar que sexo não é amor. Embora muitos namorados digam: “Amor, vamos fazer amor?”, isso não é amor, mas desregramento, é sair dos trilhos da graça e entrar nos trilhos da perdição. Você sai dos trilhos do céus e vai para os trilhos do inferno, por isso falo, com toda força que consigo falar com os meus 80 anos.

Jovens testemunham a castidade

Esses dias, passei pela televisão que estava ligada e falavam de sexo antes do casamento, por causa da cena da telenovela em que apareceu o sexo explícito. A parte que eu vi, foram dois jovens que testemunhavam a castidade.. Eles foram tão persuasivos, que o público olhava para eles com admiração bonita e não com estranheza. Havia, ao lado deles, uma outa pessoa que ouvia essa beleza de testemunho e disse que era evangélico na infância, mas, na igreja, não tratavam sobre sexo, e ele não aprendeu nada sobre castidade. Ele elogiava aqueles jovens que estavam testemunhando a beleza da castidade.

"Meus filhos, todos vocês precisam ser Jovens Sarados, porque a falta de castidade faz estrago na vida da pessoa, tira-a do caminho da santidade e a joga no caminho da perdição." Monsenhor Jonas Abib. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Meus filhos, todos vocês precisam ser Jovens Sarados, porque a falta de castidade faz estrago na vida da pessoa, tira-a do caminho da santidade e a joga no caminho da perdição.” Monsenhor Jonas Abib. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Houve um momento em que eu me empolguei e o coração de pai pulou forte, porque um convidado do programa disse: “O padre Edimilson Lopes nos ensina”. Os dois jovens eram do grupo Jovens Sarados, por isso viviam a castidade. Meu coração de pai vibrou, porque justamente isso era preciso. Mas a televisão sempre coloca os dois lados da moeda.

Logo depois, passou para a moça que tinha a mãe ao lado, e a mãe disse: “Eu sou contra, eu não admito que os jovens só tenham relação sexual no casamento, porque pode ser que não dê certo”. Ela foi discursando sobre essa mentira, e a mãe entregou a filha quando falou algumas palavras, porque estava na cara que ela não vivia a castidade, mas o sexo no namoro.

Eu fiquei com dó daquela moça, porque a doutrina da sua mãe a colocava no caminho errado. A mãe estava colocando a filha nos braços do namorado e dizendo: “Minha filha pode experimentar, porque pode não dar certo”.

Meus filhos, todos vocês precisam ser Jovens Sarados, porque a falta de castidade faz estrago na vida da pessoa, tira-a do caminho da santidade e a joga no caminho da perdição.

Eu escrevi o livro ‘Geração PHN’ pela importância desse significado: Por hoje não, por hoje não de jeito nenhum! Por mais difícil que seja, eu me agarro nas paredes, mas por hoje não.

Uma moça testemunhava que, toda vez que parava o carro em frente à casa dela, aconteciam “amassos” entre eles e pegava fogo. Toda vez que ela e o namorado paravam o carro na frente à casa, ela abria a porta do carro para viver o PHN. A natureza é natureza, nossos hormônios funcionam; então, toda vez que ela percebia que o fogo começava, ela abria a porta do carro para ser fiel ao PHN.

A castidade não é tudo na vida de uma pessoa, mas é necessária para uma vida na santidade. Se o seu namorado não viver a castidade no namoro, não viverá no casamento, porque o homem é mais fogoso. Não caia na armadilha do seu namorado! Se ele lhe pedir uma prova de amor, diga não! É o padre Jonas dizendo para você cair fora.

Meus queridos, estamos apressando a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo. A nossa santidade de vida vai apressar a vinda do Senhor. Portanto, lute pela santidade e pela pureza. Vivam o PHN como lema de vida.

Transcrição e adaptação: Fernanda Soares

Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186-2600

contribuicaocn1


Monsenhor Jonas Abib


Fundador da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo