PHN

Renascidos pela Misericórdia

Astromar Miranda. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Astromar Miranda. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Temos de conhecer Deus, para que possamos ser renascidos pela misericórdia

Milagre é aquilo que está como uma impossibilidade; e eu quero começar esta pregação desafiando você a entregar as suas impossibilidade nas mãos daquele que tudo pode, pois só se torna milagre aquilo que é impossível. Qual é o milagre de que você necessita?

Não devemos nos apegar ao passado nem aos problemas

Existem duas coisas pelas quais não devemos nos apaixonar: o passado e os problemas. Já ouviu aquela frase infeliz: “Eu era feliz e não sabia!”? Essa é uma grande mentira que contamos, tendo nos consolar de coisas que não voltam mais. Assim como alguns se apegam aos problemas e se esquecem de que eles são como fila de banco, sai um e logo chega outro.

Devemos sair do tempo em que estamos vivemos, pois a vida daquele que renasceu da misericórdia é dividida em três fases:

Fase do Encontro: Aquela em que tudo começa, na casa paterna, com os vizinhos, os primeiros amores, as primeiras decepções.
Fase do Desencontro: Desencontramo-nos dos nossos valores, da nossa essência e de Deus, pois Ele nos deu as coisas para usarmos e pessoas para amarmos, mas acabamos fazendo o contrário, usando as pessoas e amando as coisas.
Fase da Reencontro: Nessa fase, a salvação chega até nós, e é aí que percebemos o vazio, e este que só pode ser preenchido por Deus.

Precisamos conhecer Deus para saber o que é misericórdia

Se não descobrirmos quem Deus é, nunca saberemos o que Ele pode fazer em nossa vida. Se não soubermos quem é Jesus, nunca saberemos tudo o que Ele pode fazer por nós. Para conhecermos a misericórdia de Deus, precisamos conhecê-Lo.

Vejamos, em 1 Pedro 1,3, o que nos escreve alguém que experimentou a misericórdia do Senhor:

“Bendito seja Deus, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo! Na sua grande misericórdia ele nos fez renascer pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma viva esperança.”

Esperança é diferente de expectativa, pois esta passa rápido; já a esperança renasce a cada dia. Quem vive de expectativa se frustra, porque ela acaba; já a esperança vem de experiência, conhecimento e intimidade, uma confiança que vem do conhecimento. Então, conheçamos Jesus, para que tenhamos uma esperança viva no Deus que tudo pode.

"Se eu não descobrir quem Ele é eu nunca saberei o que Ele pode". Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Se não descobrirmos quem Ele é, nunca saberemos o que Ele pode.” Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Se não conhecermos o Senhor, não teremos esperança na misericórdia d’Ele. Precisamos conhecer no princípio da filiação, saber que somos feitos filhos de Deus.

O sofrimento tem de gerar em nós a confiança em Deus, a dependência na Sua misericórdia. Precisamos do Senhor, a fim de que Ele nos molde em meio ao sofrimento, pois não existem pessoas fortes com passado fácil. As dificuldades fortalecem nossa personalidade, nosso caráter e a nossa fé. Tomemos posse dessa esperança viva em Deus, para que possamos renascer n’Ele.

Quando nos perguntarem como foi o PHN, podemos responder: “Eu experimentei a misericórdia de um Deus que é Pai!”.

Somos valiosos para Deus, mas precisamos conhecê-Lo para reconhecer Sua misericórdia.

Transcrito e adaptado por Jonatas Passos


Astromar Miranda


Membro do Movimento Mariana Braga e pregador

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo