Deus cuida de mim

Lúcio Domício. Foto:Wesley Almeida/cancaonova.com

Lúcio Domício. Foto:Wesley Almeida/cancaonova.com

Confiai-lhe todas as vossas preocupações, porque ele tem cuidado de vós (1 Pe 5,7)

O Senhor tem cuidado de nós, Ele sabe das nossas preocupações. No momento de nossa aflição e de nossa preocupação, não estamos sozinhos, Deus está conosco. Mas quem é Deus? Ele é o Pai das Misericórdias e cuida de nós.

O Senhor se rebaixa ao nosso tamanho para estar conosco e nunca nos deixar sozinhos. Ele é o Deus de toda consolação e está nos oferecendo alento. Ele é presença que consola os medos do nosso coração.

Confiemos a Deus todas as nossas preocupações, não só as que sabemos que se resolverá ou as que já desistimos. Ele nos vê e cuida das nossas preocupações.

“Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar” (1 Pe 5,8).

Nosso adversário não são os nossos problemas nem as pessoas que os causam, mas sim o demônio. Não podemos ser ingênuos na vida espiritual, precisamos acordar dessa ilusão que vivemos e entender que o demônio é manobrista, distrai-nos e engana para que desconfiemos de Deus.

"A fé é um dom recebido do Pai, que precisamos exercitar" Lúcio Domício. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“A fé é um dom recebido do Pai que precisamos exercitar”, disse Lúcio Domício. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Resisti-lhe fortes na fé” (1 Pe 5,9)

Para vencer essa manobra, precisamos tomar uma decisão e viver da fé, que é um dom recebido do Pai e a qual precisamos exercitar, caminhar nela, para que a vejamos aumentar em nós. Monsenhor Jonas disse uma vez: “Caminhar na fé é assim: não vemos o caminho, mas precisamos dar o primeiro passo, um de cada vez”.

A fé dá medo sim, e quanto mais damos passos, mais ela aumenta. Não podemos deixar que o medo seja maior que nossa fé, deixar que ele nos aprisione e segure. Temos de nos lançar na mão de Deus pela fé.

Leia mais:

::O Senhor Deus está no meio de ti

Perseverança de Pedro

São Pedro, que escreveu essa carta, tinha tudo para dar errado, tinha tudo para ter desistido de Deus e Deus desistido dele, mas não desistiram um do outro. E nós somos como Pedro, temos tudo para dar errado, mas estamos firmes. O segredo é a perseverança, é sermos firmes na fé.

Em uma pregação, Pedro converteu mais de três mil homens. Um homem de feitos extraordinários, mas também alguém que fracassou várias vezes. Entre esses dois polos, há um caminho que todos podemos trilhar: Jesus.

Pedro não parou no seu fracasso, não parou na sua vergonha, mas perseverou e abriu-se com Deus. Quanto tempo do nosso dia nós gastamos no relacionamento com o Senhor, abrindo-nos para Ele e contando-Lhe nossos medos, tirando as máscaras e falando todas as verdades e preocupações?

É possível enfrentarmos nossos problemas com Deus, sermos vencedores, lutarmos todos os combates. A nossa vitória é agarrarmos na mão de Deus e não soltar dela, é permitir que nossa fé cresça tanto, que todos vejam isso em nós. Pedro nos fala isso em sua Carta, pois ele foi o primeiro a experimentar essa fé.

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos

Adquira esta pregação pelo telefone: (12) 3186-2600

Ou assista no

cancaonovaplay


Lúcio Domício


Missionário da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo