Discernimento dos Espíritos

Discernimento dos Espíritos

Eugênio Jorge prega na Quinta-feira de Adoração sobre o discernimentos dos Espíritos. Foto:WesleuAlemida/cancaonova.com

Precisamos nos deixar conduzir pelo Espírito Santo, para que possamos colocar em prática os dons recebidos por Deus

Nós precisamos ser conduzidos pelo Espírito Santo, para sermos homens e mulheres segundo o coração de Deus. É o Espírito quem renova todas as coisas, foi Ele quem ressuscitou Jesus dentre os mortos, é Ele quem há de renovar nossos corações, nossas casas, relacionamentos e vida.

Dons do Espírito e dons carismáticos

Os Dons do Espírito Santo são sete: fortaleza, piedade, sabedoria, conhecimento, conselho, entendimento e temor a Deus.

Os dons carismáticos são: dom da profecia, dom de línguas, dom de interpretação, dom da fé, dom da cura, dom dos milagres, dom da ciência, dom da sabedoria e o dom do discernimento dos espíritos.

É exatamente sobre o dom do discernimento que gostaria de partilhar com vocês, pois ele é fundamental na condução de nossas vidas, da família e da Igreja. Esse é um dom protetor da comunidade, é protetor dos outros dons. O dom do discernimento protege o dom da profecia, porque, antes de profetizar, é preciso discernir; ele protege o dom de línguas, porque, antes de orar em línguas, é preciso discernir se é a hora e o lugar de orar em línguas. O discernimento protege o dom de interpretação, para sabermos se não é algo da nossa cabeça ou, de fato, algo de Deus. Ele protege o dom da fé, para que mantenhamos a fé firme; protege o dom de cura, para não virar um curandeirismo por aí. É preciso ter discernimento se, realmente, aquilo é verdadeiro ou uma farsa. Ele protege o dom dos milagres, o dom da ciência e da sabedoria, que vê, julga e só depois age.

Discernimento dos Espíritos

Os dons do Espírito Santo são sete: fortaleza, piedade, sabedoria, conhecimento, concelho, entendimento e temor a Deus. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Deus nos dá essa graça maravilhosa do discernimento para, antes de fazermos as coisas, pensarmos: o que está nos movendo? É o nosso egoísmo? Esse dom nos ajuda a discernir e nos perguntar: Isso vem de Deus? Quem dera se todos nós, antes de agirmos, optássemos por essa pergunta para nós mesmos.

O nosso abrigo seguro é a oração. Apoiados por ela, podemos discernir melhor todas as coisas e caminhar na luz, em vista da santidade que Deus quer para nós.

Tipos de discernimento

Existem vários tipos de discernimento, mas o comum é o de cada dia, aquele que nós podemos fazer.

O discernimento científico vem do estudo, por exemplo. O médico estudou muito e adquiriu muito conhecimento; então, quando chegamos ao médico e constatamos o que estamos sentindo, muitas vezes, antes de realizar um exame, ele, pelo discernimento científico, é capaz de saber o que está acontecendo e nos ajuda a curar aquela enfermidade.

Temos o discernimento doutrinal, que se dá pela Palavra de Deus. À medida que vamos acolhendo a Palavra em nossos corações, ela vai sendo depositada em nossos corações e ficando gravada em nós. Quando precisarmos dela para vir em nosso socorro nas situações que sozinhos não somos capazes de resolver, o Espírito Santo nos ajuda a resgatar essa palavra que ficou gravada em nós. Igualmente à Doutrina da Igreja, é pela Palavra, pelo Catecismo da Igreja Católica, que vamos adquirindo discernimento, a qual nos dá a base para mantermos nossa fé firme.

Precisamos orar e conhecer a Doutrina da nossa Igreja. Se você conhecer a doutrina da Sua Igreja, jamais vai abandoná-la.

Que Deus vos abençoe e vos guarde!

Eugênio Jorge

Transcrição e adaptação Priscilla Santos

Assista esta pregação pelo cancaonova.com/play

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo