Interceder pela libertação de alguém

Interceder pela libertação de alguém requer mais preparo do que apenas querer rezar

Interceder pela libertação de alguém

André Florêncio prega sobre como rezar peal libertação do outro. Foto: Arquivo CN/cancaonova.com

Temos de rezar pelas pessoas que precisam ser libertas, e todos conhecemos alguém que precisa de libertação.

Quando falamos de libertação, falamos de coisas muito sérias, coisas com as quais não conseguimos lidar sozinhos. Às vezes, temos tanto medo do demônio, que preferimos não acreditar nele; no entanto, ele existe sim. Por isso, precisamos de pessoas ministeriadas para ajudar. Se, no entanto, não tivermos ao nosso alcance essas pessoas, há quatro passos que podem ser seguidos para ajudar na intercessão.

1- Jesus está voltando

Ele está mais perto de voltar do que imaginamos, e não podemos deixar o inimigo nos enganar falando que Ele não virá. Se nos esquecermos disso, todo o restante vai se desfazer.

2- Precisamos ser santos

Se não existir santidade ou, pelo menos, o desejo de santidade, não há como pedir nada pelo outro, tem que começar conosco. Podemos pedir pelos outros para nos livrarmos de algumas situações que nos atrapalham, mas essa situação pode estar colaborando para a nossa santidade, e isso depende do nosso modo de olhar.

3- Preciso levar o outro à santidade

Rezamos pelos outros, porque estamos incomodados com eles, e não porque queremos ser santos e ver a santidade deles. Se essa situação é determinante para a santificação dele, não podemos ficar revoltados, pois não sabemos quais meios Deus usa para chegarmos até Ele.

4- Para que a vontade de Deus se manifeste sempre

Quantas vezes rezamos pela nossa vontade, pelos nossos pensamentos! Questionamos Deus, porque não faz o que pedimos, não nos livra do que achamos necessários. Rezar sem cessar e confiar que o Espírito Santo já está agindo antes de nós, pois essas situações têm de nos aproximar mais de Deus.

Interceder pela libertação de alguém

“Rezar sem cessar e confiar que o Espírito Santo já está agindo”, André Florêncio. Foto: Arquivo CN/cancaonova.com

É por meio desses quatro pontos que vamos interceder pela outra pessoa, revestindo-nos da armadura de Deus, louvando a Ele a partir do que já fez e ainda não fez em nossa vida. Mais vale uma pessoa que nos atormenta, porque ela pode nos levar a Deus, do que uma boca que não louva o Senhor.

Falamos disso, para que, quando Jesus voltar, nos encontre pedindo uns pelos outros, buscando a nossa santidade e a do próximo também. Para intercedermos pelos outros, precisamos nos colocar a serviço do Senhor.

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos

Assista a esta pregação pelo Canção Nova Play

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo