Jesus, a salvação de que eu necessito

Jesus é a salvação e continua nos provando isso com milagres e curas até hoje

Jesus a Salvação que eu necessito269x329

Roberto Tannus prega na Canção Nova. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Em Lucas 7, vemos que João Batista estava na prisão, porque teve a coragem de dizer a Herodes que ele não podia tomar a mulher de seu irmão. João Batista é o precursor, aquele que veio antes. João Batista, ainda na prisão, mandou dois de seus discípulos para perguntar a Jesus: “És tu o que há de vir ou devemos esperar por outro?”. Mas João Batista sabia que Jesus era o Filho de Deus. Ele não duvidava de Cristo, porém não fazia discípulos para si, mas para Jesus.

Nós também não fazemos discípulos para nós mesmos, mas para o Senhor. Não podemos fazer seguidores por fama nem dinheiro, para sermos elogiados e paparicados, pois nossa missão é fazermos discípulos para Cristo. Os discípulos que João enviou viram o que Jesus estava fazendo. Em Lc 7,22 lemos: “Ide anunciar a João o que tendes visto e ouvido: os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos ficam limpos, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, aos pobres é anunciado o Evangelho”.

Jesus mostra não com palavras que era o Filho de Deus, mas com atos e milagres. Ele responde àqueles discípulos, com fatos incontestáveis, que Ele é o Salvador; e realiza esses milagres até hoje.

Na sequência, Jesus começa a falar ao povo sobre João Batista, dizendo que este era o último dos profetas do Antigo Testamento. João foi o último e o maior dos profetas. Ele foi aceito pelos pobres e simples, os quais ouviram seu anúncio e se prepararam para esperar o Senhor. Já os religiosos e fariseus, aqueles que conheciam as leis, desprezaram o batismo em João e, segundo Jesus, frustraram os desígnios de Deus.

O Senhor preparou todo o seu povo, todas as promessas e profecias sobre as curas e os milagres, mas eles não O aceitaram como Salvador.

Jesus a Salvação que eu necessito

“Jesus continua fazendo milagres e tem um plano para nós”. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Os fariseus não tinham a visão de um Messias que conhecia o próximo, que os amava e cuida dos pequenos. Eles esperavam um Messias que libertasse o povo de Roma ou alguém que restituiria a riqueza de Israel. Jesus, no entanto, não era nada disso! Ele é o anunciado pelos profetas, que veio para libertar, curar e salvar.

Deus não quer que desprezemos o projeto d’Ele para nós. Ele não quer que desprezemos os seus sinais que acontecem até hoje. Jesus continua fazendo milagres e tem um plano para nós, que aceitemos Jesus como Salvador.

Em uma missão que fiz com meu filho, estávamos na igreja fazendo uma oração e meu filho Gabriel teve uma inspiração. Ele disse ao povo que um homem estaria a ponto de se matar, e pediu para que se levantassem, mas ninguém se levantou. Deus, então, deu-me a palavra do nome dele e eu o pronunciei. Um senhor se levantou e veio nos dar um abraço. Eu disse para ele: “Hoje, Deus o ressuscitou!”.

Deus continua fazendo seus milagres, continua nos ressuscitando. Temos de pedir para que Ele nos cure. Milagre não é para quem quer, mas para quem tem fé. Ele faz os milagres para que acreditemos nele, não para nos vangloriarmos.

 

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo