Ofereça a Deus os seus sofrimentos

Podemos oferecer a Deus nossos sacrifícios e sofrimentos

Padre Anderson Marçal

Padre Anderson Marçal

Todos nós somos sacerdotes, porque somos batizados, porque podemos oferecer a Deus nossos sacrifícios e sofrimentos, e Ele os recebe como ação de graças. Muitas vezes, no entanto, não sabemos lidar com os sofrimentos e fugimos dele.

Precisamos aprender a lidar com nossos sentimentos e oferecê-los a Deus. Mas não somos só sacerdotes, somos filhos de um Rei, cujos herdeiros sabem cuidar bem das coisas de seu Pai. Somos herdeiros do reinado de Deus.

A santa que celebramos, hoje, é Isabel da Hungria. Ela, mesmo sendo filha de um rei, viveu uma vida de extrema caridade. Após a morte de seu marido, Isabel vendeu todos os seus bens e os doou aos pobres.

Na primeira leitura, o livro de Apocalipse nos prepara para estarmos diante de Deus, pois Ele é o único capaz de ler o livro da vida. João, o escritor do Apocalipse, diz que viu um livro que ninguém era digno de ler.

“Eu chorava muito, porque ninguém foi considerado digno de abrir ou ler o livro. Um dos anciãos me consolou: ‘Não chores! Eis que o Leão da tribo de Judá, o Rebento de Davi, saiu vencedor. Ele pode romper os selos e abrir o livro’. De fato, vi um Cordeiro. Estava no centro do trono e dos quatro Seres vivos, no meio dos Anciãos. Estava de pé como que imolado. O Cordeiro tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete Espíritos de Deus, enviados por toda a terra. Então, o Cordeiro veio receber o livro da mão direita daquele que está sentado no trono.” (Ap 5,4-7)

Jesus é o único capaz de abrir o livro da vida, por isso temos acesso a Deus, por isso podemos buscar o céu e dizer que somos mais que vencedores. Podemos ter a certeza de que não podemos desanimar.

Nenhum outro deus é capaz abrir o livro da vida, somente Jesus, o Leão da tribo de Judá. Quantos de nós, muitas vezes, perdemo-nos em coisas fúteis! O pecado não foi capaz de vencer Jesus, porque Ele saiu vencedor, oferecendo a si mesmo. Por isso, podemos dizer que somos sacerdotes quando oferecemos nosso sofrimento a Deus.

"É preciso ter a Palavra de Deus como centro na nossa vida." Padre Anderson. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

“É preciso ter a Palavra de Deus como centro na nossa vida.” Padre Anderson. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Quem é que não tem sofrimento? Jesus diz: “Não Chores!”. Nós somos chamados a proclamar o mesmo, a dizer aos outros que o Leão da tribo de Judá, o Rebento de Davi, saiu vencedor.

Vender a alma para o diabo é oferecê-la àquele que já a perdeu, pois Deus é o único e verdadeiro vencedor. Quem entrega a vida para Deus sai vencedor aqui e na outra vida.

O Evangelho diz: “Naquele tempo, quando Jesus se aproximou de Jerusalém e viu a cidade, começou a chorar”. Na primeira leitura, Deus nos diz para não chorarmos, mas, no Evangelho, mostra-nos que Jesus chorou. Por que isso? Porque você e eu ainda não nos aproximamos do Senhor.

Se você chora, é porque ainda não conhece a vitória de Deus. O Leão da Tribo de Judá saiu vencedor, mas chora quando não queremos que Ele abra o livro da vida, e continuamos no pecado.

Ter Jesus como Senhor

Não compreendemos a vitória de Deus quando não O reconhecemos como nosso Senhor. Reconhecer Deus como nosso Senhor é ter toda a nossa vida a partir d’Ele. Pois quando não O reconheço, não preparo a minha vida para me encontrar com Ele.

Tê-Lo como Senhor é não ter outro que domine nossa vida. Se pedirmos que Deus ordene a nossa vida, precisamos estar dispostos a deixá-Lo retirar tudo o que não é d’Ele. A partir daí, tomar todas as decisões.

Se temos Jesus como nosso Senhor, é Ele que põe ordem na nossa vida. A primeira coisa é tê-Lo como Senhor; a segunda coisa é obedecermos a Sua Palavra.

Obedecer a Deus

Ninguém obedece a ninguém se não o conhece. Como obedecer a Deus se não gastamos tempo em conhecê-Lo na leitura da Bíblia, participando atentamente da Santa Missa?

Confiar em Deus é crer n’Ele e obedecer-Lhe. Mas como obedecer o Senhor se não sabemos o que Ele fala? Não basta apenas gostar de Deus, se queremos abraçar a vitória, precisamos entender o Senhor, e para entendê-lo é preciso ouvir. Se não temos um tempo para ler a Bíblia, como vamos fazer para saber o que Ele quer nos dizer?

É preciso ter sua Palavra como centro na nossa vida.

Transcrição e adaptação: Regiane Calixto

Assista a esta pregação pelo Canção Nova Play

Leia mais:
:: Interceder pela libertação de alguém
:
: Livres de todo mal


Padre Anderson Marçal


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo