Olhar com misericórdia aos que estão ao seu lado

Doar-se para o outro é uma linda forma de amar e ver a misericórdia de Deus

O Evangelho, hoje, para a ‘Jesus Menino’ é Mateus 25,34-44. A misericórdia para com os pequenos.

“Então o Rei dirá aos que estão à direita: – Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo, porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim.
Perguntar-lhe-ão os justos: – Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer, com sede e te demos de beber? Quando foi que te vimos peregrino e te acolhemos, nu e te vestimos? Quando foi que te vimos enfermo ou na prisão e te fomos visitar? Responderá o Rei: – Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes.
Voltar-se-á em seguida para os da sua esquerda e lhes dirá: – Retirai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno destinado ao demônio e aos seus anjos.
Porque tive fome e não me destes de comer; tive sede e não me destes de beber;
era peregrino e não me acolhestes; nu e não me vestistes; enfermo e na prisão e não me visitastes. Também estes lhe perguntarão: – Senhor, quando foi que te vimos com fome, com sede, peregrino, nu, enfermo, ou na prisão e não te socorremos?”

Olhar com misericórdias aos que estão ao seu lado

Tônio, fundador da Comunidade Jesus Menino, prega na Canção Nova. Foto: Gustavo Borges/cancaonova.com

Essa é a resposta que damos a cada dia que cuidamos dos nossos. Não podemos privar ninguém do amor de Deus, e dar esse amor aos pequenos também é cuidar deles, dedicar-se a eles e ter força na nossa oração. A oração nos dá forças para cuidarmos dos que dependem de nós. A Comunidade Jesus Menino é isso, é rezar muito para ter forças para cuidar das pessoas e estar sempre feliz.

Às vezes, corremos atrás de tantos famosos e esquecemos de ir atrás daquele que nos transmite a misericórdia de Deus. Quando acolhemos os pequenos, acolhemos Jesus. E temos de acolhê-los da melhor maneira possível, dar-lhes as nossas pérolas, o que de mais precioso temos.

Na comunidade, acolhemos um casal que estava morando na rua. A mulher estava grávida de oito meses. Quando chegaram, demos-lhes tudo do melhor que podíamos. Papa Francisco disse: “Olhai a misericórdia que está à sua frente”. Quem ama dá tudo o que tem. Nós os ajudamos a voltar para a cidade deles, compramos roupas. Não conhecíamos o casal, mas quando amamos damos tudo, cuidamos do outro. As pequenas práticas fazem a diferença.

Leia mais:
.:Caminho de misericórdia para chegar a Deus

Cabe a nós, neste tempo de misericórdia, ensinar as pessoas sobre nossas obras e mostrar-lhes nossas obras, para que vejam e toquem a misericórdia de Deus nos pequenos. Cuidar dos pequenos é cuidar do próprio Jesus. Lavar e trocar os mais dependentes é também lavar e trocar Jesus. Fazer bem a eles é fazer bem a Jesus.

Cuidar dos pequenos e necessitados também é uma vocação. Não é fácil, mas temos de amar acima de tudo! Na Jesus Menino, o amor tem outro nome: coragem. Viver cada dia com fé, amor e caridade é a maior herança que podemos deixar para os que estão próximos de nós. A prática de misericórdia nos faz parecer com Jesus, com Ele ganhamos o Céu.

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos

Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186-2600

ou assista no: cancaonovaplay


Antônio Carlos (Tônio)


Fundador da Comunidade Jesus Menino

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo