Reze para que Deus o surpreenda

Cristiane Henrique. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Cristiane Henrique. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Deus nos surpreende também nos detalhes

Vou começar essa pregação contando a você duas realidades que vivi, situações e lugares diferentes, a fim de despertá-lo para aquilo que será tema dessa pregação.

Morei em Israel por cinco anos e meio. Lá, fui fazer uma matéria e entrevistei o padre errado. Todas as perguntas que o padre respondia, ele falava da comunidade e da cidade dele. No meio da entrevista, André, um irmão de comunidade, até tentou me avisar que havia algo errado, mas não prestei atenção. A outra situação aconteceu em Cachoeira Paulista (SP). Eu havia acabado de chegar de Israel e estava desacostumada com muito verde. Minha casa era no deserto da Judeia e, naturalmente, meu olhar era fotográfico. Uma irmã disse-me: “Nossa, que flores lindas!”. Eu lhe disse: “Que flores?”. “Essas, em frente de casa.” Foi então que eu parei, fotografei a imagem e fui refletindo sobre essas realidades que parecem supérfluas, até engraçadas, mas que são faltas de atenção.

Vivemos oportunidades, que, muitas vezes, as pessoas precisam sacudir nosso casaco, mostrar-nos aquilo que não conseguimos ver. Precisamos olhar para os detalhes.

Em Israel, eu não dei atenção ao André, eu o ignorei e, por isso, cometi um erro. No segundo fato, em Cachoeira Paulista (SP), tive a atenção de escutar e perceber que precisava olhar para os detalhes.

A oração é exatamente isso, é Deus que vem ao nosso encontro e abre os nossos olhos, conduz-nos a perceber o que não veríamos com os nossos olhos. E quando teimamos, acabamos errando. É a oração que nos desperta para percebermos o que, no dia a dia, não conseguimos ver, como as flores da nossa vida, as quais, muitas vezes, não vemos, porque estamos correndo. Assim, não percebemos a ação de Deus em todas as realidades humanas.

Vivemos num tempo em que o homem nega uma área importantíssima de sua vida! Ele é criado como um todo, a fenomenologia do homem que fala, que se comunica, diverte-se; o homem que é espiritual, que tem nele a espiritualidade. Se negarmos essa espiritualidade, vamos tentar preenchê-la com coisas fora dessa realidade, e vamos sendo deturpados.

O poder da oração

Ao preparar essa pregação, fui rezando a música ‘Com Tua mão’.

“Com tua mão, ó meu Senhor, segura a minha,
Pois não me atrevo a um passo só
Sem teu amparo, sem teu apoio.”

A oração é um mistério, não um discurso, não é estar diante de Cristo e discursar, falar belas palavras. A oração é um mistério de oração com o Amor, por isso, nessa relação de quem ama e de quem é amado, a intimidade é crescente, é a mão do Senhor que nos sustenta. Se faltar isso na vida do homem, veremos as consequências pelo mundo afora. O mundo está em crise, mas não é uma crise que começou agora, é o problema de uma realidade, de uma sociedade que vai se afastando cada vez mais da vida interior.

O que acabamos de cantar, rezar e ministrar é exatamente isso. “Senhor, se Tua mão não me sustenta, eu não consigo! Vou subir, mas vou subir apoiado em Ti”. Que essa música possa nos levar a uma experiência com Deus!

De 2012 a 2015, morando na missão de São Paulo (SP), eu fazia um trabalho muito próximo com a comunidade ‘Aliança de Misericórdia’, da Toca de Assis.

Eu vim de uma realidade de um pai alcoólatra, mas a minha experiência com Deus me amadureceu muito! Em Cristo, eu pedi ao Senhor que Ele mudasse aquela situação, que me ensinasse a viver aquela realidade que eu não podia mudar.

A fé me conduziu a viver uma experiência de amor com meu pai, e a força para isso eu não buscava em mim, mas na adoração: “Senhor, sustente-me, ajude-me!”.

Em São Paulo, ao fazer uma gravação, deparei-me com um homem que era alcoólatra e morador de rua. Ele se parecia com o meu pai. Então, fui gravar com ele, que me disse: “Você se parece muito com a minha filha. Ali, eu pensei que aquele homem poderia ser o meu pai, e nós choramos juntos.”

Eu não sei o que você vive, o que está se passando em sua vida, mas a oração tem o poder de transformar o nosso coração. Cristo não só cura, Ele levanta os aleijados das camas. Ele veio para transformar a nossa vida e os nossos corações.

"A oração tem o poder de transformar o nosso coração" Cristiane Henrique. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

“A oração tem o poder de transformar o nosso coração” Cristiane Henrique. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

A oração tem um sentido purgativo. Se formos olhar a vida de Davi, depois de ter cometido o adultério, de ter colocado um homem no campo de batalha para morrer, e de perder seu filho, nós o vemos diante de Deus, chorando suas misérias. Davi é o modelo do homem pleno, desejoso de Deus, mas pobre, pecador e miserável, por isso tinha necessidade do Perfeito. “Quando o Perfeito vier, o imperfeito desaparecerá!” É nessa oração diária, contrita de arrependimento, purgativa, que nos encontramos com o Perfeito, que vai nos santificando.

Oração purgativa

“Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que gozem os ossos que tu quebraste.
Esconde a tua face dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniquidades.
Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.
Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.” (Salmo 50)

Se formos dar adjetivo aos pecados de Davi, veremos que são grandes e graves, que ofenderam profundamente o coração de Deus. Para um judeu romper a lei, o mandamento tem um peso enorme! A lei é algo de que não se abre mão. Davi deixa de lado o selo da eternidade, mas, arrependido, volta para o Senhor!

Leia mais:
:: A força da oração

Deus nos chama, porque Ele nos ama, só por isso. A sociedade, as mídias têm enchido nossa cabeça de informações, preenchendo nossa mente com coisas que não são de Deus. E se nos falta uma vida interior, vamos preenchê-la de outro modo. O Senhor nos constituiu de uma vida interior.

Você quer fazer a mesma experiência que Davi? Quer ter disciplina na sua vida interior? A oração segura os nossos braços e pernas, para que não andemos pelos maus caminhos.

Coloque-se diante de Deus e fale para Ele como você está. Não seda aos pequenos erros. Corrupção e pecado, enfrente-os com coragem na oração. Deixe-a chacoalhar você!

Transcrição e adaptação: Claudia Lima

Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186-2600


Cristiane Henrique Silva


Missionária da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo