Se não lutamos, caímos em tentação

A quinta-feira de adoração é um momento de profunda comunhão com Deus.
Todos nós que estamos no trabalho de evangelização da Canção Nova, fazemos parte desta companhia de pesca. Todos somos importantes para Deus.

Laercio Teixeira - Foto: Paula Dizaró / cancaonova.com

Laercio Teixeira – Foto: Paula Dizaró / cancaonova.com

O tema desta colocação é: “Se não lutamos, caímos em tentação”, e vamos refletir com a palavra de Deus em São João 5,19:

“Nós sabemos que somos de Deus, ao passo que o mundo inteiro está sobre o poder do maligno”. Pois bem! Como identificamos essa realidade que o mundo está sobre o maligno? As realidades de morte é o aborto, a corrupção, o paganismo, e tantas outras.

É importante compreendermos que isso acontece por causa do pecado dos nossos primeiros pais.

Veja o que diz o Catecismo da Igreja Católica no parágrafo § 1707 e 1708

«Seduzido pelo Maligno desde o começo da história, o homem abusou da sua liberdade» (10). Sucumbiu à tentação e cometeu o mal. Conserva o desejo do bem, mas a sua natureza está ferida pelo pecado original. O homem ficou com a inclinação para o mal e sujeito ao erro:

O homem encontra-se, pois, dividido em si mesmo. E assim, toda a vida humana, quer singular quer colectiva, apresenta-se como uma luta, e quão dramática, entre o bem e o mal, entre a luz e as trevas» (11).

Pela sua paixão, Cristo livrou-nos de Satanás e do pecado e mereceu-nos a vida nova no Espírito Santo. A sua graça restaura o que o pecado tinha deteriorado em nós.”

Cuidado com as más inclinações

Nós temos uma inclinação natural ao pecado, não podemos ignorar essa realidade. Claro que contamos com a graça de Deus. Mas já nascemos com uma natureza lesada.

Alguém que tem inclinação ao mal, e se não cuidar a tendência é piorar cada vez mais.

Somente em Deus o homem poderá encontrar a verdade e a felicidade, afirma o catecismo.

O fato de você está aqui na Canção Nova, ou nos escuta pela rádio, ou ainda você que nos acompanha pela TV, demonstra que você está procurando, e o Senhor está no meio de nós.

Porém as inclinações que nós temos nos leva querer praticar o mal. Por exemplo, a fofoca. Precisamos combater essas inclinações, precisamos vencê-las.

Assista ao vídeo com trecho da pregação:

Leia mais:
:: Como enfrentar as provações?
:: A diferença entre provação e tentação
:: Adestrados pela provação

 

imgpsh_fullsize (3)

Transcrição e adaptação: Adailton Batista

 


Laércio Teixeira


Missionário da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo