Superando as inquietações

Aprendemos com Cristo como enfrentar e superar as nossas inquietações causadas pelas preocupações

Márcio Mendes Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Márcio Mendes
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

A nossa inquietação nasce dos nossos pensamentos e sentimentos, e na Palavra de Deus há uma ordem que nos diz para não andarmos ansiosos. Em outras traduções, usam a palavra “preocupação” ou “inquietação”. Somos inquietos por causa das nossas preocupações e da nossa ansiedade!

A preocupação está em nossa cabeça, mas, quando falamos em ansiedade, parece que se remete ao coração, aos nossos sentimentos. Quando temos sensações ruins que nos angustiam, elas nos deixam inquietos; e se quisermos espiritualmente enfrentar e vencer esses sentimentos e pensamentos, que nos inquietam e não nos deixam, colocando-nos para baixo. Precisamos ter os pensamentos e sentimentos de Cristo.

Em João 1,43-51, Jesus nos mostra o que Ele fazia para neutralizar e enfrentar essas inquietações. Diante do desrespeito que Cristo enfrenta em Natanael, Jesus devolve com um elogio que o desarma totalmente. Não desarmamos as pessoas devolvendo o mal que recebemos, mas sim devolvendo o bem a elas. Só uma pessoa liberta e cheia do Espírito Santo consegue pagar o mal com o bem!

Se quisermos ter paz, precisamos semear a paz; se quisermos neutralizar o negativo e o negativismo, como Jesus faz, precisamos aprender com Ele, saber o que Ele fazia. Não se apaga fogo com gasolina, mas com o que o neutraliza. Na nossa vida, precisamos colocar o oposto do que nos inquieta.

As pessoas nos julgam com muita facilidade, não se preocupam com as coisas que passamos e sofremos. Elas só criticam as nossas reações e não entendem por que nos tornarmos assim. Se elas não nos entendem, não podemos nos magoar com comentários de pessoas que não nos conhecem nem gostam de nós. Quem tem Deus não para nos julgamentos das outras pessoas.

Acompanhe um trecho da pregação: 

Leia mais:
:: Como superar a inquietação?
:: Papa Francisco fala sobre a inquietação dos jovens em vídeo

cancaonovaplay.com

Transcrição e adaptações: João Paulo Santos


Márcio Mendes


Missionário da Comunidade Canção Nova, teólogo e escritor

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo