Assuma a sua cruz e testemunhe Jesus

Eugênio Jorge / crédito da foto: Wesley Almeida

Eugênio Jorge / crédito da foto: Wesley Almeida

O Coração de Jesus está escancarado para nós. Seja você quem for, acredite: a misericórdia de Deus tudo pode e tudo realiza. Jesus, nesta tarde, quer se apresentar como o Bom Pastor, ou seja, quer trazer cada um de nós para mais perto dEle. Deus é amor, confie nisto!

A letra da música que acabamos de cantar diz muito ao meu coração: “Quero mergulhar nas profundezas do Espírito de Deus e descobrir suas riquezas em meu coração. É tão lindo, tão simples. Brisa leve, tão suave doce Espírito Santo de Deus. Tão suave, brisa leve, doce Espírito Santo de Deus.”. Senti saudade ao cantá-la e a primeira vez que a ouvi foi na década de 80, visitando a Comunidade Shalom, em Fortaleza (CE). Pude estar com o compositor dela, o Timbó, muito conhecido por todos nós. Logo que a ouvi, fiquei encantado! A letra é simples; mas, forte e bela. Todas as vezes que a escuto, sinto-me visitado pelo Espírito Santo. E hoje, mais uma vez, fui visitado pelo Espírito. Amados, o que será de nós se isso não acontecer?

Sem o Espírito Santo, somos como aquelas bicicletas de uma academia, onde mesmo depois de horas pedalando, não saímos do lugar. Ficamos até suados depois do exercício, mas sequer saímos do lugar. Permitamos, nesta tarde, meus amados, ser visitados pelo Espírito.

Sempre me pergunto o porquê precisamos tanto dEle; será que é para fazer tantas coisas ou é para agradar as pessoas? Necessitamos dEle – foi o que aprendi – para amar cada vez mais a Jesus. É Ele que faz da nossa humanidade estragada pelo pecado a amar o Senhor de todo o nosso coração e a partir deste amor apaixonado, começamos a realizar as obras de Jesus que o mundo tanto precisa. É este Espírito que faz com que esse amor seja “entranhado” e não superficial. Com esse amor, somos até capazes de dar a vida pelo Senhor.

O grande milagre que contemplamos por esse amor nos capacita a fazer coisais que nunca pensamos que faríamos. Não estou falando nenhuma novidade, sabemos muito bem o que aconteceu no momento em que Jesus foi preso. Ele foi deixado sozinho, foi deixado por seus amigos e por aqueles aos quais concedeu a cura e libertação. Jesus ao ser preso é violentamente judiado e flagelado. Cuspiram no rosto de Jesus e mesmo assim quando começaram a ver estas coisas fugiram todos. Era um amor puramente humano e vulnerável.

O amor humano é muito frágil. Nós amamos as pessoas por um tempo e se ela nos decepciona, nós a abandonamos. Aquilo que não somos capazes de fazer, o Espírito nos capacita e até mesmo o amor é potencializado.

"Não tenhas medo," relembra-nos Eugênio Jorge / crédito da foto: Wesley Almeida

“Não tenhas medo,” relembra-nos Eugênio Jorge / crédito da foto: Wesley Almeida

::Flickr Canção Nova

O Espírito Santo é o presente do Pai para nós, pois sozinhos não poderíamos devolver o amor que recebemos do Pai, mas por meio do Espírito somos capazes de amá-lo. Temos amor para devolver a Deus e amar aos que estão ao nosso lado. Será que estamos fazendo isso? Amamos gratuitamente aqueles que estão conosco? Você que é esposo ou esposa, ame seus esposos. Você pode! Foi agraciado pelo Espírito.

Estar com o Pai é adorá-lO. Seja em qualquer lugar, busque andar na presença de Deus. Isto não significa que você não cairá, pelo contrário, com o Espírito você não se acostumará com a queda. Será persistente e corajoso nas adversidades.

Na Páscoa, quando o Círio nos é apresentado, vela por vela é acendida, não é mesmo? Mas, de uma única chama, toda a Igreja fica iluminada. Este fogo do Espírito está em você e pode testemunhar que o Cristo está acendendo a sua vela e pode anunciar o Senhor a todas as realidades deste mundo. Uma onda de impiedade está nos sucumbindo, para onde quer que olhemos, o errado está sendo colocando como certo e o certo está calado. O silêncio dos bons e daqueles que são capazes de uma renovação está sucumbindo frente aos maus.

Acenda a tua luz, meu irmão! Não tenhas medo. São João Paulo nos ensinou isso com a vida. Ele não teve medo de ir até ao fim. O tempo é agora. Não somos alienados e não estamos sozinhos. Somos Igreja. Jesus é o nosso Sol, fogo perene que nunca se apaga. É tempo de pegar a estaca de fé e fincá-la no chão e dizer para mundo que Cristo Reina. Fincar a estaca é afirmar que aqui prevalece a vida e a morte foi vencida.

Para os que amam a Jesus quero dizer: há um lugar na cruz para você. Assuma-a e testemunhe a Jesus.

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Eugênio Jorge


Músico e pregador da Missão Mensagem Brasil

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo