Cada um se volte para o Senhor, que terá compaixão de nós

Se nos voltarmos para Deus, experimentaremos Sua bondade e compaixão

Pe. Roger Luís. Foto: Bruno Marques/cancaonova.com

A Palavra meditada está em Isaías 55,1.

Ontem, na Missa de abertura do Acampamento de Ano Novo da Canção Nova, o Senhor nos falava do chamado que Ele nos fez para começarmos o ano de 2019 segundo o tema deste evento: “Ouvi-me e tereis vida nova” (Is 55,3).

O tema do Acampamento deste ano está, justamente, relacionado ao tempo da novidade. O tempo do Natal nos chama à atenção para mudarmos de vida, por isso, precisamos, como cristãos, apossar-nos dos dons gratuitos de salvação.  

A vida eterna é gratuita

Jesus nos trouxe a novidade da vida eterna, que é gratuita, e cabe a nós nos apossarmos dela. Precisamos assumir essa graça.

A Palavra, segundo Isaías, foi direcionada de forma concreta, num momento histórico, onde o povo estava distante de seu país. O templo deles estava destruído, eles estavam numa situação de humilhação. O Senhor se apresentou a eles e disse: “Procurai o Senhor enquanto é possível encontrá-lo, chamai por ele, agora que está perto. Que o malvado abandone o mau caminho, que o perverso mude seus planos, cada um se volte para o Senhor, que vai ter compaixão, retorne para o nosso Deus, imenso no perdoar”.

Quando Deus se aproxima do povo e diz que eles precisam deixar a maldade, mudar os planos e voltar para o Senhor, essa palavra deixa de ter um cunho apenas histórico, e ganha uma dimensão universal que atinge todos nós.

Retornemos para o nosso Deus

O profeta Isaías nos dá uma boa notícia: Retornemos para o nosso Deus, imenso no perdoar. Talvez, tenhamos dado ao pecado a oportunidade de voltar para a nossa vida. Deus tem compaixão do corrupto, do assassino, do pecador que se volta para Ele. Se nos voltarmos para Deus, experimentaremos Sua bondade e compaixão.  

Converter-se quer dizer buscar o perdão, a força de Deus, é realizar conquistas espirituais. Talvez você esteja pensando: “Padre, eu já me converti”. Devo lhe dizer que você está na mornidão, pois não consegue perceber que precisa se abrir à mudança.

O apelo do Senhor Deus para nós é que o malvado abandone o mau caminho, que o perverso mude os seus planos, cada um se volte para o Senhor, que vai ter compaixão. Pare de enrolar Deus, pare de dizer: “Deixe para manhã… eu ainda não estou preparado”.

O plano de salvação

Vida nova é conversão e mudança de vida. Entremos no novo ano mudados, mas isso só acontecerá se aceitarmos o plano de salvação que Deus tem para todos nós. E o plano de salvação universal que o Pai traçou, desde toda a eternidade, e que se concretiza em Cristo, passou pelos séculos dos séculos e está nos atingindo. Basta aceitarmos que precisamos de vida nova!  

Toda obra de salvação revela a presença de um Deus que não desiste de nós, que nos dá uma nova chance de sermos perdoados.

Não estamos à mercê das forças obscuras do mal, não estamos à mercê de uma liberdade que gera em nós solidão, não estamos à mercê do maligno. Estamos confiados à ação do Todo-poderoso, ao movimento do resgate de Deus, que começa acontecendo no meio de nós.

O Senhor é compassivo, coerente e rápido. O Senhor é o Todo-poderoso e misericordioso!

O amor e o perdão de Deus são para todos nós! Precisamos ter a coragem de olhar para a grandiosa obra d’Ele e admitir que Ele é o nosso Deus.

No Salmo 145, Davi louva a misericórdia de Deus: “Ó Deus, meu rei, quero exaltar-te e bendizer teu nome eternamente e para sempre, quero bendizer-te todo dia, louvar teu nome eternamente e para sempre. Grande é o Senhor e digno de todo louvor, não se pode medir sua grandeza. Uma geração conta à outra as tuas obras, anunciam as tuas maravilhas. Proclamam o esplendor glorioso da tua majestade e narram os teus prodígios. Mostram a força das tuas temíveis intervenções e falam da tua grandeza. Difundem a lembrança da tua imensa bondade, celebram com júbilo tua justiça. O Senhor é clemente e misericordioso, lento para a ira e rico de graça”.

O julgamento vai ser num único dia, mas a misericórdia de Deus nós a teremos todos os dias da nossa vida nesta Terra.

Confira também:
.:Ética da compaixão
.:Reflita: compaixão ou cultura de morte?
.:A compaixão é o remédio que trata o coração humano

Banner do canal PlayCancaonova no Youtube

Transcrição e adaptação: Karina Silva.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo