O Deus que cura o coração e dá alegria

Alexandre Oliveira

Deus tem poder para curar nossos corações, reconstruir nossas histórias e nos dar alegria

O povo de Deus vivenciou uma tragédia quando foi levado para o cativeiro na Babilônia. Jamais passou pela cabeça daquelas pessoas que elas seriam levadas da sua terra, que perderiam o seu templo, o qual representava para eles o local de adoração a Deus, onde podiam oferecer seu sacrifício e ter a presença do Altíssimo.

O coração de um povo desolado

Imaginem a felicidade desse povo ao voltar para casa! Mas é aí que veio o grande choque, pois além de tê-los levado cativos, os babilônios haviam destruído Jerusalém e o templo. A terra estava arrasada, mas mais do que apenas a terra, o coração daquele povo estava também arrasado.

No processo da reconstrução do templo, Deus curou o coração daquele povo, em especial quando eles reencontraram Sua palavra. Ali, Deus começou um processo de reconstrução de cura interior em cada um daqueles judeus, uma cura que só vem pela Palavra.

Assim também é na nossa vida. Quantos sonhos se perderam? Quantas decepções nos machucaram? Que templo temos de reconstruir? Saiba que só Ele pode nos curar, só Ele pode nos refazer. Nas nossas memórias, nas nossas experiências, só Jesus pode curar os nossos corações.

Jesus sentiu as nossas dores

Quando Jesus foi para o Monte das Oliveiras e sofreu a experiência de ter sobre Ele toda dor e sofrimento da humanidade, o sofrimento era tamanho, que Cristo chegou a transpirar sangue. Ele sofreu por nós, para nos entender, para nos consolar, para que a misericórdia d’Ele pudesse nos alcançar.

Só o contato transformador com Deus pode nos curar, mesmo das memórias ruins, sarar as nossas feridas e nos dar forças para reconstruirmos nossas história. É preciso que estejamos abertos ao poder transformador da Palavra e do Espírito Santo.

Que, hoje, seja um dia para sermos curados por Deus, que Ele possa reconstruir nossa história e agir nos nossos sentimentos, pois somente Ele pode trazer a verdadeira alegria para nossas vidas.

Leia também:
Não há liberdade sem Deus
Reconheçamos o Senhorio de Jesus sobre a nossa vida
Santidade, o caminho pelas coisas pequenas e ordinárias

Transcrito e adaptado por Jonatas Passos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo