Herdeiros da bênção

Somos herdeiros da bênção, e é nosso dever abençoar a todos, sem exceção

Herdeiros da bênção

Ironi Spuldaro
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Abençoai para que sejais herdeiros da bênção!” Tomemos a decisão de abençoar seja quem for, até nossos inimigos. A bênção destrói toda espécie de mal, e nós somos herdeiros das bênçãos de Deus, não da maldição.

Fomos chamados por Deus para abençoar, não para maldizer. No livro do Êxodo, Deus nos diz que não temos de nos preocupar; Ele apenas pede que Lhe prestemos culto, e Ele cuidará de tudo. Nossa geração é de bênçãos, não somos filhos da escravidão, mas da salvação, que é Jesus Cristo.

Quando resolvemos abençoar, um gesto pequeno destrói a guerra, a mentira. Nós precisamos abençoar a todos, sem nenhuma exceção.

Assim como Jó, que mesmo perdendo tudo e vivendo toda provação, continuou abençoando, nós também precisamos abençoar. Esse é o segredo para ganharmos a recompensa de Deus.

Uma vez, fui atender uma família, cujo filho estava possuído, o que era improvável, pois a criança tinha apenas sete anos. Na hora que foi conversar com a criança, o demônio disse: “Pare de perder seu tempo! Eu não vou sair daqui, porque a mãe me deu esse corpo”. Na mesma hora, fui procurar os pais.

A mãe, depois de eu insistir, começou a chorar e admitiu que, quando soube da gravidez, fez de tudo para abortar, mas não conseguiu. Quando estava no quarto mês, ela disse para Deus que, se Ele não tirasse o filho dela, ela o consagraria ao demônio, e assim o fez até o dia que a criança nasceu.

Depois que nasceu, a mãe quis seu filho normal, mas já estava feito, porque as palavras têm poder. Assim, falei para ela buscar uma confissão. Quando ela chegou no padre e ele abençoou aquela família, tudo foi curado.

A bênção é capaz de curar tudo! Bastou apenas uma bênção para que Deus entrasse naquela família. Nós somos herdeiros da bênção; então, abençoemos a todos, pois ela é fonte de milagres.

Assista a um trecho da pregação: 

Leia mais:
.:Mártir ou pagão, eis a questão!
.:Cuidado com a astúcia do mal

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos


Ironi Spuldaro


Membro do Conselho Nacional da RCC Brasil

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo