O demônio é mentiroso e pai da mentira

É muito importante conhecermos a Palavra de Deus, porque, dessa forma, podemos desmascarar todas as mentiras do maligno

Padre Duarte Lara. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Padre Duarte Lara. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

O tema dessa pregação é “O demônio é mentiroso e pai da mentira”; Jesus afirma isso no Evangelho de São João 8, 44.

É muito importante conhecermos essa verdade, porque existem muitas mentiras no mundo em que vivemos, e essas são propagadas pelo “pai da mentira”, que, pouco a pouco, desvia-nos do caminho do céu e da verdade, que é Jesus.

Se lembrarmos como o pecado entrou na história da humanidade, recordaremos que foi por meio de uma mentira. Deus disse aos nossos primeiros pais: “‘Não comas desta árvore, porque se comeres morrerá’. E o demônio, contrariando a Deus, disse: ‘Se você comer, se tornará como Deus'”.

O triste dessa história é que demos ouvidos ao “pai da mentira”, e as mentiras dele têm graves consequências em nossa vida. É muito importante conhecermos a Palavra de Deus e permitirmos que ela faça morada em nosso coração, porque assim podemos desmascarar todas as mentiras do maligno.

O que é a Nova Era?

Por trás da Nova Era está satanás. Não se trata exatamente de uma religião, porque não tem fundador, uma estrutura organizada nem um corpo de doutrina fixa. É uma espécie de movimento transversal, que fala sobre temas espirituais, sobre o homem, a salvação etc. Notamos que existem muitos movimentos e autores, não só escritores, mas pessoas dentro do mundo do cinema e da música que vivem essa espiritualidade.

Embora não haja um corpo doutrinal bem definido, existem algumas mentiras que todos partilham. Grande parte das pessoas que procuro ajudar já fizeram contato com as mentiras da Nova Era. Por meio dela, o demônio consegue pescar muitas almas para as trevas.

Diversos livros da Nova Era são encontrados por todos os lados. As mentiras mais perigosas não são aquelas que são 100% mentira, mas as que trazem 88% de mentira, que misturam algumas verdades com mentiras. Fala-se muito de amor e anjos. É tudo lindo! As pessoas têm uma aparência de bem, mas é tudo muito envenenado, e por trás disso tudo está o inimigo.

Meditemos a Palavra da II Carta de Timóteo 2,23-26: “Rejeita as discussões tolas e absurdas, visto que geram contendas. Não convém a um servo do Senhor altercar; bem ao contrário, seja ele condescendente com todos, capaz de ensinar, paciente em suportar os males. É com brandura que deve corrigir os adversários, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento e o conhecimento da verdade, e voltem a si, uma vez livres dos laços do demônio, que os mantém cativos e submetidos aos seus caprichos”.

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Peregrinos participam do ‘Acampamento Cura e Libertação’ na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Refletiremos sobre sete perigosas mentiras que o demônio conseguiu semear em toda a humanidade pela Nova Era.

A primeira é: a ideia do sincretismo religioso. O que significa? Uma mistura de várias religiões. Em Portugal, há uma comida que se chama ‘cozido à portuguesa’, é uma mistura de tudo.  Sincretismo religioso é uma espécie de ‘cozido à portuguesa’ misturado com um pouquinho de hinduísmo, budismo e islão.

Um grave erro é achar que todas as religiões são iguais. É verdade que existem muitas coisas comuns em todas as religiões, mas também grandes diferenças. Os autores da Nova Era privilegiam muito as religiões orientais.

O homem é um ser naturalmente religioso, que procura Deus, mas há uma diferença enorme dessas religiões. Deus procurou Abraão e começou o seu povo. Nossos irmãos judeus receberam verdadeiramente a Palavra de Deus; depois, na plenitude dos tempos, o Senhor enviou Seu Filho, e n’Ele disse tudo o que gostaria de nos dizer.

A segunda é: o gnosticismo; uma palavra grega que significa ‘conhecimento’. Para os autores da Nova Era, a salvação é um processo de conhecimento; para sairmos do erro e do sofrimento precisamos somente usar o conhecimento.

A graça de Deus vem pela fé. Se acreditarmos em Deus, receberemos a graça do Espírito Santo e seremos salvos. A Nova Era promove uma série de curso para dizer que por meio do conhecimento superamos todos os sofrimentos, os males da nossa vida.

A terceira é: o panteísmo, que significa ‘tudo é Deus’. Para os autores da Nova Era, tudo é energia cósmica. Isso não é verdade! Para nós cristãos, a criação não é Deus, mas sim obra d’Ele. Existe essa distinção entre criação e Criador. Na Nova Era, tudo é Deus, tudo é energia impessoal. Para nós, cristãos, Deus é pessoal, podemos falar com Deus Pai, Filho e Espírito Santo!

A quarta é: a reencarnação. Acreditam que podemos reencarnar após a morte. Jesus nos ensinou que vamos ressuscitar no terceiro dia e não reencarnar. As pessoas pensam que se vamos reencarnar não precisamos levar a vida muito a sério. Que engano do inimigo! Esta é a única vida que temos, a única chance de darmos o nosso ‘sim’ a Deus.

A quinta é: a magia. Utilizam medicinas alternativas, rituais e terapias cheias de invocações que abrem a porta do nosso coração para os distúrbios diabólicos. A partir disso, começam a acontecer coisas estranhas, a pessoa já não consegue mais dormir, tem sonhos estranhos e é preciso a libertação, o exorcismo.

A sexta é: a adivinhação. É a ideia de que conseguimos, com ajuda de forças ocultas, superar nossas problemas. A Nova Era promove muitos encontros espirituais e cartas, nos quais invocam mestres espirituais.

A sétima é: a idolatria do“eu”. A Nova Era leva-nos a pensar que somos Deus e que, assim como Ele, podemos descobrir o divino que há em nós, fazer tudo o que Ele fez e que não existe uma divindade fora de nós.

Confira uma parte da pregação do Padre Duarte Lima:


Para adquirir esta pregação completa ligue para: (12) 3186-2600

O demônio, através dessas mentiras, quer nos levar a cometermos coisas malignas e a cairmos em nossos erros.

Essas são as mentiras que o demônio semeou entre nós. Precisamos vigiar, porque esse veneno está por todos os lados, mas, a boa notícia é que Jesus nunca nos abandona!

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida

contribuicaocn1


Padre Duarte Lara


Sacerdote da Diocese de Lamego, Lisboa, Portugal

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo