O mundo jaz sob o maligno

Pregação Padre Vagner Baia menor

Padre Vagner Baia. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Viemos aqui para estar com Jesus, pois é com Ele que vamos viver e agir, guiados pela ação do Espírito Santo. Senhor queremos aprender todos os dias a ser um filho amado (a), aquele que carrega em si toda a graça de Deus.

Nós precisamos estar com Jesus para sermos vencedores. Deus escutou sua prece e sua oração, por isso você está aqui hoje. Pegue sua Bíblia e vamos juntos refletir a Palavra de Deus escrita em I João 5, 19: ‘Quem é o vencedor do mundo senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? Ei-lo, Jesus Cristo, aquele que veio pela água e pelo sangue; não só pela água, mas pela água e pelo sangue. E o Espírito é quem dá testemunho dele, porque o Espírito é a verdade. São, assim, três os que dão testemunho: o Espírito, a água e o sangue; estes três dão o mesmo testemunho. Aceitamos o testemunho dos homens. Ora, maior é o testemunho de Deus, porque se trata do próprio testemunho de Deus, aquele que ele deu do seu próprio Filho.  Aquele que crê no Filho de Deus tem em si o testemunho de Deus. Aquele que não crê em Deus, o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus deu a respeito de seu Filho. E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. Quem possui o Filho possui a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. Isto vos escrevi para que saibais que tendes a vida eterna, vós que credes no nome do Filho de Deus. A confiança que depositamos nele é esta: em tudo quanto lhe pedirmos, se for conforme à sua vontade, ele nos atenderá. E se sabemos que ele nos atende em tudo quanto lhe pedirmos, sabemos daí que já recebemos o que pedimos. Se alguém vê seu irmão cometer um pecado que não o conduza à morte, reze, e Deus lhe dará a vida; isto para aqueles que não pecam para a morte. Há pecado que é para morte; não digo que se reze por este. Toda iniquidade é pecado, mas há pecado que não leva à morte. Sabemos que aquele que nasceu de Deus não peca; mas o que é gerado de Deus se acautela, e o Maligno não o toca. Sabemos que somos de Deus, e que o mundo todo jaz sob o Maligno’.

Jesus colocou no homem toda sua complacência e pediu aos anjos para cuidar e protegê-los para que possam viver a graça de Deus. Cada anjo tem uma função específica pré definida por Deus.

Abra a Palavra de Deus escrita na Carta de Hebreus 1, 14: ‘Não são todos os anjos espíritos ao serviço de Deus, que lhes confia missões para o bem daqueles que devem herdar a salvação?‘.

A todos os anjos, Deus confiou para proteger os seus filhos e levá-los a salvação, mas aquele querubim, considerado o anjo luz, se rebelou contra o Senhor. Aquele anjo querendo ser com Deus se rebelou contra Seu Criador, portanto aquele anjo vai fazer com que os outros também se rebelem.

Nenhum anjo tem onipresença e pode se deslocar rapidamente, mas ele não pode conhecer o segredo do nosso coração. Só Deus tem onisciência e pode saber o que penso e sinto. Nenhum anjo é capaz de conhecer todos os segredo do Senhor.

Os anjos foram criados com o desígnio de proteger o homem e ajudar a combater tudo aquilo que é contra a vontade do Senhor. O mal entrou no coração do anjo de Deus.

Peregrinos cura e libertação

Fiéis participam da primeira pregação deste dia de acampamento na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Deus enviou seu anjo para expulsar do céu o demônio e seus anjos. É o que narra o livro de Apocalipse 12, 4 -12: ‘Varria com sua cauda uma terça parte das estrelas do céu, e as atirou à terra. Esse Dragão deteve-se diante da Mulher que estava para dar à luz, a fim de que, quando ela desse à luz, lhe devorasse o filho. Ela deu à luz um Filho, um menino, aquele que deve reger todas as nações pagãs com cetro de ferro. Mas seu Filho foi arrebatado para junto de Deus e do seu trono. A Mulher fugiu então para o deserto, onde Deus lhe tinha preparado um retiro para aí ser sustentada por mil duzentos e sessenta dias. Houve uma batalha no céu. Miguel e seus anjos tiveram de combater o Dragão. O Dragão e seus anjos travaram combate, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no céu para eles. Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva Serpente, chamado Demônio e Satanás, o sedutor do mundo inteiro. Foi precipitado na terra, e com ele os seus anjos. Eu ouvi no céu uma voz forte que dizia: Agora chegou a salvação, o poder e a realeza de nosso Deus, assim como a autoridade de seu Cristo, porque foi precipitado o acusador de nossos irmãos, que os acusava, dia e noite, diante do nosso Deus. Mas estes venceram-no por causa do sangue do Cordeiro e de seu eloquente testemunho. Desprezaram a vida até aceitar a morte.Por isso alegrai-vos, ó céus, e todos que aí habitais. Mas, ó terra e mar, cuidado! Porque o Demônio desceu para vós, cheio de grande ira, sabendo que pouco tempo lhe resta’.

O dragão arrastou consigo uma terça parte dos anjos de Deus que se transformaram em anjos do mal.

Trono são os anjos que cuidam dos nossos governos e ajudam a manter a retidão, dignidade e a honra; os anjos da virtude cuidam da nossa santidade e nos defende diante do perigo; os querubins nos ajudam a viver a Palavra de Deus e nos anima a cantar os louvores do Pai; o anjo da guarda é enviado para nos proteger quando saímos de casa; os arcanjos nos auxiliam nos combates espirituais; o anjo Gabriel nos leva o anúncio da salvação; anjo Rafael nos leva a cura.

O demônio começa a perseguir o homem, porque ele não pode atingir o Pai então cria diversas armas e situações para atingir o homem e a mulher. Todos os dias, horas e instantes ele estará de olho para poder entrar na sua vida e criará diversas armas letais, violentas e de destruição para nos atacar.

Este anjo do mal vai colocar armas, pecados, força e seu poder de sedução para entrar e agir na nossa vida. A cobiça é o início de muitos pecados, porque vai colocar os outros males no nosso meio, através dos sete pecados capitais.

A gula é o primeiro pecado que não conseguimos controlar, porque é a dependência da nossa boca. Muitas vezes, quando não conseguimos ficar sem beber ou comer algo é o momento que já estamos dominados com o pecado da gula. Este pecado vai dominando a nossa vida, porque perdemos o controle da nossa boca e não conseguiremos fazer uma abstinência e o jejum. Acabamos ficando sob o controle do mal.

A sabedoria nos leva a sermos pessoas dignas e honradas. Nada para o inferno tudo para o céu.

A gula faz o caminho para todos os pecados. O demônio mostra a Adão e Eva a fruta que não poderia comer. Nós também demonstramos ao demônio a nossa fraqueza e que a nossa vida está segura naquela miséria.

O segundo pecado é a luxúria que traz o desequilíbrio da sexualidade. A pessoa começa achar que o corpo dela não é para a santidade, mas para a prostituição.

Se a minha sexualidade está desequilibrada vai entrar a avareza na minha vida. Se entrar avareza, a ira também vai aparecer, porque se a pessoa me convida para fazer as coisas eu não aceito, e começo a brigar com aqueles que expõem minhas fraquezas.

O quinto pecado é a preguiça que nos coloca indispostos para viver em Cristo, porque tudo na nossa vida começa a ficar sem sentido. Depois a vaidade começa a entrar na nossa vida e começamos a pensar somente em nós e deixamos de importar com as pessoas que estão ao nosso lado.

É assim que o demônio nos coloca sobre o domínio dele. Depois o orgulho aparece, pois é quando queremos ser um deus. Obrigamos as pessoas a fazerem o que queremos e não aquilo que o Senhor deseja para nós.

Não podemos nos deixar ser dominados pelo maligno que anda pelo mundo a perder as almas. Reflita comigo em Efésios 6, 10: ‘Finalmente, irmãos, fortalecei-vos no Senhor, pelo seu soberano poder’.

É importante saber que não estamos lutando contra as almas, pois quando morremos o corpo biológico não existirá mais é perecível. A nossa alma é colocada por Deus no momento da concepção.

Deus participa e coloca toda a Sua riqueza em cada um de nós no momento da concepção. A nossa sexualidade é definida por Deus, porque é Ele que coloca alma e a natureza a define. O Senhor definiu o nossa alma e o corpo.

Não podemos nos deixar dominar pelo poder do maligno! Onde está a nossa virtude, o maligno nos seduz e nos afasta do Senhor. Não podemos expulsar Deus da nossa vida, da nossa casa e dos lugares que frequentamos.

Temos o sangue redentor de Jesus para nos lavar e purificar. Peça ao Senhor para te lavar com o seu sangue e expulsar as forças do maligno da sua vida.

Transcrição e adaptação: Alessandra Borges


Padre Vagner Baia


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo