Perdoar para ser perdoado e atendido

Devemos perdoar as pessoas que, de alguma forma, nos magoaram
 

Perdoar para ser perdoado e atendido

Roberto Tannus
Foto: Daniel Mafra/cancaonova

Falta de perdão causa doenças físicas, por isso é preciso aprender a perdoar. Quando alguém nos mágoa, nossa vontade é de nos vingarmos, mas Deus nos ensina que devemos aprender a perdoar.

A Palavra nos mostra, em Eclesiásticos 22,1-4, que o homem guarda rancor e que essa mágoa é capaz de criar uma barreira entre nós e o Senhor. Somos nós que deixamos que essa barreira cresça, pois Deus derrama sobre nós uma chuva de bênçãos.

Reconciliar-se envolve humildade. Sei que não é fácil, mas precisamos exercer esses gestos de reconciliação com as pessoas. Quando agimos bem com as pessoas que nos fazem mal, estamos exercendo nossa humildade. Deixemos nas mãos de Deus a justiça, aprendamos a perdoar e, em vez de pagarmos o mal com o mal, paguemos com o bem.

Jesus sabe do que cada um de nós precisa. São Mateus nos apresenta a oração do Pai-Nosso e dá um destaque especial para a necessidade de perdoarmos, pois só quando agimos assim é que podemos ser atendidos por Ele.

Quantas vezes devemos perdoar o nosso irmão? Jesus nos ensina que o perdão é a numerologia do amor; logo, sempre devemos perdoar. 

Toda pessoa que tem um grande pecado acaba causando uma desorganização na família, porque todos acabam sofrendo juntos. A vida daqueles que não sabem perdoar é triste, pois, quando não perdoamos, somos torturados pela nossa consciência.

O perdão tem quatro passos: o primeiro é a doação e a entrega da mágoa do coração sofrido; o segundo é a decisão, pois ela cabe a cada um de nós; o terceiro é que o perdão é um dom de Deus – então, devemos pedi-lo ao Senhor –; o quarto passo é a reconciliação. Quando fazemos o propósito de nos reconciliar, Deus nos ajuda.

Confira um trecho da pregação:

Leia mais:
.: Revestir-se das armas de Deus
.: Deus faz milagres com o que temos


Transcrição e adaptação: Alessandra Borges


Roberto Tannus


Pregador oficial da Renovação Carismática Católica (RCC)

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo