Eu vos exorto: deixai-vos sempre guiar pelo Espírito

 

Eu_vos_exorto_deixaivos_sempre_guiar_pelo_Espirito

Padre Fábio Camargos. Foto: Arquivo Canção Nova

O tema desta pregação está em Gálatas 5, 16 “Eu vos exorto: deixai-vos sempre guiar pelo Espírito”. Isso quer dizer que todo aquele que é chamado pelo Senhor para ser Seu combatente está, constantemente, sob Sua santa vontade, guiado pelo Espírito Santo.

No Evangelho de São Lucas, capítulo 24, versículos 13 a 32, lemos a narração sobre os discípulos de Emaús. Muitas vezes, em nossa vida, nos encontramos atingidos, não por uma cegueira física, mas por um caso de infidelidade no matrimônio ou por um câncer. Somos acometidos por diversos problemas que nos deixam cegos e precisamos de alguém que nos oriente. Estamos mergulhados neste mundo que, muitas vezes, nos diz o que precisamos fazer. Há vozes de todos os lados que nos deixam confusos quando, na verdade, tudo o que precisamos é fazer a vontade de Deus.

A impressão que tenho é que, muitas vezes, não estamos convencidos que a vontade de Deus é o melhor para nós. Procuramos onde Deus escondeu a Sua vontade, acreditamos que Ele esconde de nós a Sua vontade e acabamos esperando pistas, dicas para encontrá-la. No outro extremo, chegamos a acreditar que a vontade de Deus é algo insuportável que temos que fazer como se Ele fosse um ‘desmancha prazeres’ e a vontade Dele fosse algo duro de ser feito. Mas, sabemos que tudo isso é mentira do mundo, pois Deus deseja que saibamos o caminho para onde Ele quer nos levar. A vontade de Deus é boa, perfeita e agradável!

A vontade de Deus é o que existe de melhor para nós. “Bem conheço os desígnios que mantenho para convosco – oráculo do Senhor -, desígnios de prosperidade e não de calamidade, de vos garantir um futuro e uma esperança” (Jeremias 29, 11). O Senhor tem projetos para nós melhores e maiores do que tudo que podemos pedir. A palavra ‘desígnio’ tem a mesma origem da palavra ‘designer’ e não é simplesmente um rabisco ou um projeto. Designer significa desenho e Deus desenhou a sua vida, não apenas escreveu, mas desenhou os projetos que Ele tem para você. A vontade de Deus é o melhor e não é como os nossos ‘projetinhos’ fracos e limitados. A vontade de Deus é um desígnio estabelecido desde antes da fundação do mundo para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante do Seu olhar na glória.

Os combatentes do Senhor precisam se deixar guiar pela vontade de Deus. Eu preciso estar convencido de que a vontade de Deus é o melhor para mim, para minha casa, para minha família. Ninguém possui um telefone para falar diretamente com Deus. Mas, assim como está escrito no Evangelho de São João, capítulo 10, versículo 4, digo a vocês que as ovelhas conhecem a voz do seu pastor.

Quando Jesus se aproximou daqueles discípulos de Emaús eles não reconheceram quem Ele era e estavam desanimados, os sonhos deles tinham acabado. Jesus começou a orientar os discípulos. Há quatro pontos neste Evangelho que nos ajudam a identificar a vontade de Deus:

Se você quer saber qual a vontade de Deus, você não pode negligenciar a voz da Igreja. Se você quer saber qual a vontade de Deus, você precisa dar ouvidos para o que a Igreja diz. Quem é você para descordar do que a Igreja diz há dois mil anos? A Igreja tem a sabedoria para nos revelar, em sua doutrina, qual a vontade de Deus para nossa vida. Os combatentes precisam estar unidos à Igreja. Nós lutamos saindo de casa e indo à Igreja, não combatemos sozinhos. Se a Igreja não fosse necessária o Senhor não a haveria convocado. Deus quis você, porque você é Igreja. Se você não sabe o que fazer diante de uma situação procure um diretor espiritual, procure a confissão.

Quem é combatente precisa ter intimidade com a Palavra de Deus, a vontade de Deus está nas Escrituras. Façam o estudo da Palavra. Músicos, façam música com a Palavra de Deus!

A vontade de Deus se manifesta quando temos o desejo de estar perto de Jesus. Quem está perto de Deus sabe qual é a Sua vontade. Esteja perto de Jesus, queira a presença de Jesus, queira estar com Ele. Líderes de grupos de oração, prefiram Jesus e não o palco! Cantores, prefiram Jesus e não os microfones! É preciso ter vida de oração!

A vontade de Deus se manifesta no coração. Os discípulos souberam que estiveram com Jesus, porque o coração deles ardia. A nossa Igreja está cheia de pessoas com o coração frio. Uma pessoa fria é aquela que está mandando mensagem no whatsapp enquanto o pregador está anunciando a Palavra de Deus ou o padre está fazendo a homilia. Quantas pessoas querem tirar selfie com Jesus, durante a adoração, não há problema em tirar foto de Jesus Eucarístico, mas há pessoas que só pensam nisso. O mistério Eucarístico de Jesus é paixão, morte e ressurreição que é festa, alegria. Fazemos festa, porque o fogo de Deus arde em nós. Se você não for uma pessoa que se entrega, que reza com ardor, não conhecerá a vontade de Deus.

Moisés, Josué, Davi são exemplos de homens que tiveram o coração abrasado pela presença do Senhor. O fogo de Deus, dentro de você, precisa incendiar. Você precisa viver de acordo com o fogo que Deus ascende em sua alma. Uma pessoa que não vai à Igreja, que não reza e não tem o fogo de Deus em seu coração nunca saberá a vontade Dele e nunca será guiado pelo Espírito Santo.

Escute a voz do comandante! Quando a cegueira te tomar, como tomou os discípulos de Emaús, ouça a voz do comandante que vai dizer: “Vinde benditos de meu Pai para o reino que lhes foi preparado desde toda a eternidade!”

Transcrição e adaptação: Míriam Bernardes

contribuicaocn1


Padre Fábio Camargos


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo