O que você tem feito com o dinheiro que recebe?

Não podemos deixar o dinheiro nos controlar. Temos de lutar contra a ganância do nosso coração

Usar o dinheiro para entrar no céu

Padre José Augusto
Foto: Paula Dizaró/cancaonova.com

O que temos feito com o dinheiro que recebemos? Jesus sempre combateu a idolatria ao dinheiro, pois este e Deus não se casam na mesma altura. Todos necessitamos do dinheiro, mas não podemos servir aos dois, pois iremos amar um e detestar o outro.

Para seguir Jesus, precisamos ter um coração desprendido. E quando Ele fala sobre as necessidades que temos do dinheiro, refere-se à ganância. O ganancioso coloca sua vida sob seus bens, por isso deixa o Senhor.

O problema não é a luta pelo trabalho nem o dinheiro que conquistamos, mas o que temos feito com ele. Jesus nos pede que o usemos para entrar nas moradas eternas. O dinheiro pode nos levar para o céu, e é com essa finalidade que precisamos usá-lo; do contrário, ele pode fechar as portas do céu para nós, e isso depende da forma como o usamos, com egoísmo e ganância.

Nós ganhamos o céu com o dinheiro quando o usamos para nossas necessidades essenciais e ajudamos aqueles que não o têm. Santa Isabel de Portugal era rainha; e sabendo que aquela riqueza poderia levá-la  ao céu, começou a fazer obras de caridade e doar bens  àqueles que precisavam.

Nós reclamamos tanto dos nossos governantes, mas fazemos como eles, a diferença é a quantidade de dinheiro. Tudo, no entanto, é corrupção. O amor pelo dinheiro nos corrompe e faz escravos. Nós temos de lutar para não sermos gananciosos, e a única forma é ajudar aqueles que necessitam.

Amigos do dinheiro ou amigos de Deus? Ganância não pode estar no coração de quem serve ao Senhor. Nossa riqueza e nosso grande tesouro é Jesus Cristo e precisa ser Ele.

Confira um trecho da pregação:

Leia também:
.:A oração é o alimento da alma
.:Passos para uma vida de oração

Transcrito e adaptado por João Paulo dos Santos


Padre José Augusto


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo