A santidade como maior arma de combate

Em comunhão com Deus é preciso viver um caminho de santidade

A Santidade como maior arma de combate do intercessor

Padre Edimilson Lopes. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Nesta pregação refletiremos sobre a Palavra de Deus, no livro de Gênesis 12, 4ss. A partir de Abraão, Deus quis um povo diferente e o Seu desejo é que sejam exclusivos, ou seja, sejam santos.

O povo ao se distanciar de Deus acaba sendo contaminado por outras coisas. O Senhor nos pede para sermos santos. Para isso, devemos observar os mandamentos para viver uma vida que agrada o coração de Deus.

Devemos escolher a quem queremos servir, pois Deus nos deu a liberdade para adorar outros deuses, mas nós precisamos escolher seguir, insistentemente, o Senhor.

O combatente não pode deixar de lado a sua vida de santidade, porque é a sua maior arma diante da batalha. Para nós, que consideramos ser combatentes e intercessores, não podemos compactuar com coisas que nos afastam de Deus. Pois, as pessoas precisam olhar para nós e ver a santidade.

A santidade é uma resposta do amor de Deus! Por isso, se nos sentirmos amados por Ele, só podemos sentir que somos santos. O afastamento de Deus vem do pecado, seja ele venial ou mortal, porque nos tira da comunhão com Deus.

Intercessor combatente na santidade

Somos combatentes que desejam a santidade. Então, devemos cultivar e preservar por esta vida de união com Ele. Sejamos inteiros na presença de Deus e para que isso ocorra, precisamos nos esforçar para alcançar o coração de Deus e viver a santidade.

Os combatentes e intercessores precisam ser homens e mulheres de confissão. Se não nos confessamos e estamos em pecado mortal, não estamos em comunhão com Deus.

A santidade é algo muito concreto. O Papa Francisco nos diz: “Como viver a santidade no dia a dia? Não fofocar, escutar com paciência os problemas do seus filhos, pai e mãe; fazer uma oração; ir à missa aos domingos. Pequenas coisas são pequenos passos rumo à santidade, pois cada passo em direção à santidade, nos fará uma pessoa livre, menos egoísta e fechada em si mesmo”.

Leia mais:
.: Sem comunhão com Deus não há vitória no combate
.: A Palavra de Deus é o segredo para vencer no combate espiritual

É possível fazer um caminho diferente e viver de uma forma sóbria o dia a dia. Sendo paciente, parando para ouvir e se antecipando nas coisas. Façam as coisas por amor a Jesus e não porque tem que fazer, pois essa é a santidade que Deus está pedindo.

Erga seus braços para o Senhor e peça a graça de Deus. Deseje que o Espírito Santo faça brotar em seu coração a santidade, por meio das pequenas coisas do dia a dia.

Precisamos buscar a força do Alto para formar, em nós, o santo e a santa segundo o coração de Deus. Pois, nossa alma tem sede de Deus.

Transcrição e adaptação: Alessandra Borges

Veja pregação completa:

Banner do canal PlayCancaonova no Youtube

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo