As fases da lua conjugal

 

Asfasesdaluaconjugal

Padre Chrystian Shankar. Foto: Arquivo Canção Nova

As fases do casamento podem ser comparadas às fases da lua

Para Deus, somos como uma carne boa, uma carne nobre. E quem sabe cozinhar bem, sabe que uma carne para bife fica boa quando é bem martelada. Os sofrimentos não são nada mais do que Deus deixando que a nossa vida seja mais saborosa. Nós aprendemos com tudo aquilo que nos acontece, e nada em nossa vida acontece por acaso. Nada é coincidência, tudo é providência.

Você acredita nisso? Se acredita, por que reclama tanto? Quando se reclama, não se louva. Deus não habita na reclamação, mas no louvor. Ele escreve certo em linhas certas, torta é a nossa fé que não entende o que Ele escreve. Ele é perfeito, é fiel. Mas, muitas vezes, não compreendemos Sua linguagem.

Se uma expressão não for bem contextualizada, ela pode não ser compreendida. Assim aconteceu no Evangelho de hoje. Quando Jesus respondeu à mãe que pediu um lugar à direita e outro à esquerda para seus filhos, ela não entendeu qual era o cálice que Jesus beberia. O cálice que Jesus falava, nesse Evangelho, era o cálice de Sua Paixão.

O mesmo pode acontecer com os casais, quando ambos não compreendem do que o outro está falando. Muitos brigam, porque não se colocam um no lugar do outro. “Apólogo dos dois escudos” é um texto que você pode ler para compreender melhor sobre isso.

Se você quer ser uma pessoa feliz, goste de estar vivo, desfrute da vida. Não fique estragando a vida do outro, não seja um peso na vida do seu esposo. A vida passa rápido e há muitos casais que não aproveitam o presente. Não temos poder sobre o ontem nem sobre o amanhã, mas o que escolho hoje pode afetar o meu futuro. Seja pai do seu futuro e não filho do seu passado.

Não posso deixar de falar do apóstolo São Tiago, cujo dia celebramos hoje. Ele nasceu 12 anos antes de Jesus Cristo e passou para a eternidade junto com Seu Mestre. Nasceu na Galileia, era filho de Zebedeu e Salomé. Ele era um discípulo escolhido, íntimo de Jesus. É padroeiro da Espanha, porque lá anunciou a Palavra de Deus.

Refletindo sobre Santiago de Compostela, que recebeu esse nome por causa de São Tiago, e que quer dizer ‘Campo de estrela’, eu me recordei que havia anos que eu não olhava para as estrelas e o fiz. Ao olhar e estudar a lua, aprendi algumas coisas e vou comparar as fases dela com as fases do casamento.

“Louvai-o, sol e lua; louvai-o, astros brilhantes” (Salmo 148,3). Essa é uma das passagens bíblicas que cita a lua. Ela exerce um fascínio sobre nós não somente pela sua beleza. A vida na terra precisa da lua, pois ela influencia a maré, como também define o tempo de colheita. São quatro as fases da lua:

Asfasesdalua_conjugal

“Muitos casais brigam, porque não se colocam um no lugar do outro “, disse padre Chrystian. Foto: Arquivo Canção Nova

A lua nova é aquela que representa as dificuldades na vida do casal. É preciso abrir-se ao novo, sair da rotina. O marido e a mulher precisam ser um céu estrelado um para o outro, e isso pode ser feito nas coisas simples do dia a dia. A lua nova está no céu, mas não se vê, pois é encoberta pelas nuvens. Pode ser que o amor não seja sentido no seu relacionamento, mas ele está lá. Essa fase representa as bênçãos novas de Deus.

A lua crescente aparece sete dias depois da lua nova. Isso significa que você não pode tomar uma decisão importante na sua vida antes de sete dias. Espere e não faça nada de cabeça quente. É nesse tempo que as plantas crescem. Ela representa o tempo de investir no amor e ajudar o outro a crescer. Quantas vezes pensamos que o problema é do outro e não assumimos os nossos? Essa é a fase em que Deus faz o casamento crescer.

A lua cheia capta toda a luz do sol, é o amor escancarado. É preciso que seu amor seja uma lua cheia. Você já falou para os seus amigos, para seu filhos, para sua família, o quanto você ama seu cônjuge? Isso é importante no relacionamento. É preciso contagiar os outros com coisas boas, precisamos falar mais “eu te amo”, “você é importante pra mim.”

A lua minguante não significa que o amor está diminuindo, mas é o tempo da maturidade, é o tempo de acostumar-se com o dia a dia. É necessário estar comprometido com o outro. Para Deus não basta estar envolvido, é preciso estar comprometido, dando a vida pelo seu casamento.

Existe também o eclipse solar, que é quando a lua esconde o sol. Muitos casamentos não dão certo, porque há um eclipse solar; isso acontece quando você coloca seu marido ou sua esposa acima de Deus. Há também o eclipse lunar, quando a lua não aparece; isso acontece quando as coisas ocupam o lugar da pessoa. É necessário que sua vida seja sempre um agir em Deus.

Peça ao Senhor a graça de sempre surpreenderem um ao outro, de se fazerem bem. Que Ele afaste todo cansaço, toda falta de amor, toda inveja e contaminação. É possível reconstruir, é possível começar de novo e voltar a Deus. Diga a Ele o que você deseja que Ele realize em sua vida conjugal, Ele escuta a sua oração.

Transcrição e adaptação: Míriam Bernardes

contribuicaocn


Padre Chrystian Shankar


Pároco do Santuário Nossa Senhora Aparecida em Divinópolis – MG

Facebook
Twitter
Blog

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo