Não é bom que o homem esteja só

‘O Senhor Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só; vou dar-lhe uma ajuda que lhe seja adequada”‘ (Genesis 2,18)

Márcio Mendes - Foto Arquivo cancaonova.com

Márcio Mendes – Foto Arquivo cancaonova.com

Foi Deus quem disse, Deus quem falou: “Não é bom que eu esteja só”. Deus já havia criado o mundo todo, mas ainda não a mulher. Deus viu que o mundo era bom! Em meio a tantas coisas boas que estavam acontecendo, Deus percebeu a necessidade de criar uma companheira para o homem.

O homem precisou de um espaço de tempo entre a criação dele e da mulher, o que quer dizer que o homem precisa de um tempo sozinho, o que não quer dizer que ele deve ser sozinho. Certo estudo diz que a solidão mata mais que a obesidade e o fumo. Com todos os desdobramentos de doenças que geram o fumo, a solidão ainda mata mais.

Você não foi feito para ficar sozinho, Deus não criou ninguém para ficar sozinho. Existem pessoas que não se casam, porém possuem laços fortes de família e amigos, mesmo que não se casem vivem acompanhadas. Porém é muito ruim aqueles que se casam e vivem sozinhos, é uma solidão cruel, porque você tem do seu lado uma pessoa que desentende com você, critica, cobra, mas não tem uma pessoa para compartilhar seus sonhos, esperanças e alegrias. Que tipo de solidão é pior?

Seja sincero, casamento tira a solidão de alguém?

Casamento não tira a solidão de ninguém, a não ser que você tenha casado com a pessoa certa. Uma pessoa pode participar de um acampamento cercada de pessoas e se sentir a pessoa mais sozinha do mundo.

Você pode estar cercado de gente e se sentir sozinho. Deus ao criar as pessoa que tem vocação ao matrimonio, criou uma ajuda adequada para esta pessoa. Não basta ter alguém ao nosso lado, é preciso fazer valer a pena estar ao lado do outro.

Se você vive bem seu relacionamento com seu conjuge seu relacionamento será bom. Mas se você dá abertura a pequenas coisas que não prestam seu casamento fica ruim. Desde que nascemos em cada dia de nossas vidas precisamos nos sentir amados, ser abraçados. Tem gente que pensa que certas manifestações de carinho são besteiras. Besteira é pensar assim. Qual ser humano não gosta de ser bem tratado, receber reconhecimento?

Quando uma pessoa não recebe amor, pode acabar adoecendo. A necessidade de amor é tão grande, que não só as pessoas, mas até os animais querem receber amor. Toda família tem uma pessoa que manifesta mais amor. A avó, por exemplo, que conversa até com as plantinhas, ela sabe que não vai receber nada em troca, mas o segredo está aí, é o amor gratuito.

Tem gente que pensa que as manifestações de amor fazem parte da carência, da idade e que ao passar do tempo a nossa necessidade de amor vai diminuir. Isto não é verdade, com o passar do tempo a necessidade de amor não diminui. Daqui 10, 20 , 40 anos a nossa necessidade de amor não diminui, porque o amor nos mostra que somos importantes e que temos valor. O amor nos faz gostar de nós mesmos.

A criança cresce quando se sente amada pelo pai e pela mãe. Quando os filhos constatam que são amados pelos pais têm uma oportunidade de crescimento. Isto não é só para os filhos, mas para muitas outras pessoas, há pessoas que depois que se casam ficam melhores, já outras depois que se casam entram em processo de decomposição. Algumas pegam a primeira roupa que viram pela frente, não penteiam mais o cabelo, a boca não se sabe mais a última vez que viu o batom. A mesma coisa o homem, que demorou tanto a arrumar uma namorada porque não se arrumava, não fazia barba, mas quando casa como este homem muda. Porque a esposa o ajudou, ela fez com que ele mudasse.

Quando desconfiamos que não somos amados, desmoronamos. Nos últimos tempos a maior prova de desamor são as infidelidades, o adultério. Se o homem soubesse o que causa na esposa quando a trai, não faria isto. Para o homem uma traição não quer dizer que ele ame aquela mulher, ele tem a capacidade de trair a pessoa amada, ficar com uma mulher que ele detesta só por causa do corpo. Já a mulher não, para a mulher sexo e amor andam juntos.

Existem homens que até dizem que não deixariam a esposa por causa de outra mulher, mas a trai. Hoje existem muitas mulheres com depressão, impulsos suicidas por consequência de problemas no relacionamento.

Quando uma pessoa sente-se pouco amada, perde o juízo, fica com o bom senso abalado. Por consequência disso, a pessoa sente-se incompetente e incapaz. Outra coisa aflige essa pessoa: o medo. O remédio para isto o próprio Espírito nos revela: a pessoa precisa de mais amor. Interessante é que a pessoa que menos reconhece, é a que mais precisa ser amada.

Olhe nos olhos da pessoa amada, e diga a ela o quanto você precisa do amor dela e o quanto você quer amá-la mais. Um coração entulhado é incapaz de receber amor, se você não coloca para fora os sentimentos, seu coração não vai receber. Como a gente recebe bem o amor? Esvaziando nosso coração, colocando amor para fora, porque amor guardado apodrece, estraga o coração.

O povo de Deus quando estava no deserto, Deus dava o Maná de cada dia. As pessoas só poderiam recolher a porção daquele dia, não mais que aquilo. Era fácil descobrir quem pegava a mais, a tenda da pessoa ficava empestiada, porque ela estava guardando aquilo que não deveria ser guardado. Da mesma forma é o amor, se você está guardando, saiba que acontecerá a mesma coisa com você.

:: Conheça em nosso site de formação a categoria “Casamento”

Quer descobrir se você está guardando amor? Veja se está sendo grosso, rude, se você está espalhando maledicência. Experimente dar-se mais a sua esposa, seu esposo. Dê sem esperar nada em troca. Algumas vezes nos acostumamos a negociar no casamento, mas não pode ser assim. É o amor que faz o casamento prosperar. Quanto mais amor você der dentro de casa, melhor você viverá.

O pior é que não fomos educados a demonstrar amor. A coisa mais fácil do mundo é demonstrar a uma pessoa que você o quer bem. Qual foi a úktima vez que você deu um abraço demorado em seu filho? Que você o pegou nos braços, sentiu o cheiro, sentiu o coraçãozinho dele bater junto com o seu?

Qual foi a última vez que você pegou sua esposa nos braços? Quando a gente casa quer sair na foto pegando a esposa nos braços, mas depois de alguns anos não quer mais. Quanto tempo faz que você não senta mais com ela? Precisa acontecer um acampamento de oração para você sentar e ficar quietinho com ela?

Márcio Mendes prega durante acampamento para casais na Canção Nova - Foto: arquivo cancaonova.com

Márcio Mendes prega durante acampamento para casais na Canção Nova – Foto: arquivo cancaonova.com

Tem gente que para mostrar um pouquinho de afeição precisa estar amarrado no banco. Sabe um jeito de demonstrar amor? Escreva um bilhetinho. Tem homem que é muito carrancudo, a esposa pergunta: “Você está bem?”; ele responde: “Estou, mas se você continuar perguntando, não vou estar mais”; isto é grosseria! Se homem emburrado é feio, imagine uma mulher. Não tem coisa pior que uma mulher assim.

Segure nas mãos do seu cônjuge, seja sincero e sensível. Com o tempo essas coisinhas tornam-se essenciais na vida a dois.

Fiz uma lista com dez coisas que não devem acontecer no casamento:

– Nunca fale mal do seu cônjuge com ninguém e para ninguém. “Roupa suja, lava-se em casa”. Quando você fala mal dele, mesmo que seja para sua mãe, está falando mal de si mesma. Se você faz piada dele, está fazendo de si mesma. Chegar junto é mais importante que chegar primeiro.

Precisamos ter a consciência que somos uma só carne e onde não cabe seu cônjuge não cabe você. Marido e mulher jamais deveriam falar mal um do outro. É triste o homem que difama  a esposa. Quem ama não acusa, não critica. Quem está muito preocupado em criticar está muito pouco interessado em amar e fazer daquela pessoa melhor. Talvez a pessoa precisa muito mais de oração do que de acusação, quem gosta de acusar é o diabo.

Quando você fala mal do seu companheiro, abre uma ferida que o afasta de você. Sabe porque abre ferida? Quando a pessoa que fala ou critica é uma pessoa afetivamente distante não tem tanto peso, mas sendo a figura do esposo, da esposa o afeto está presente, tem efeito. Imagine quando a pessoa fala: “Ê fulano, você não faz nada que presta. Quer que algo não dê certo coloque na sua mão”, não tem coisa que fere mais.

– Jamais pense ou fale no singular: “Minha casa, minha conta no banco”. Você precisa lembrar que é casado, portanto: “Nossa casa, nosso carro, nossa conta no banco, nossos filhos”. Se sua esposa trabalha fora, ajude em casa, sua mão não vai cair se você ajudar. Estas coisas nos aproximam.

Minha esposa e eu fizemos uma coisa maravilhosa, precisamos descobrir as formas de namorar, lá em casa compramos duas tábuas e dois ferros de passar, namoramos assim. Alivia fardos fazermos coisas juntos.

– Não grite um com o outro. Homem e mulher são diferentes, você quer falar com seu marido avise a ele dizendo: “Meu amor, sei que você chegou cansado, mas quando tiver um tempinho me chame e vamos conversar?”.

– Não durma sem fazer as pazes. A briga do dia anterior torna-se um azedume desgraçado no dia seguinte. Homem precisa demonstrar sentimentos, dizer: “Meu amor, não faça isto, porque me chatea”. Assim também a mulher.

– Não coloque seus filhos antes do seu cônjuge. Quem vem primeiro é o seu marido, sua esposa. Quando seus filhos se casarem quem ficará com será ele. Quantos esposos quase se separam quando a criança nasceu? Colocaram a criança entre os dois na cama e acabaram com a vida conjugal dos dois. A criança sente-se muito mais amada quando os pais se amam, do que quando os pais declaram separadamente seu amor a ela.

– Os filhos não precisam participar da briga dos pais.

_ Nunca entre em vias pornográficas, sua esposa veio completa.

_ Nunca se esqueça de Deus, o coloque me primeiro lugar na sua vida. Faça isto e você vai experimentar a força desta palavra que nos diz: “Não é bom que o homem esteja só”.

Reze por sua esposa, a mulher tem outra forma de sentir a vida. Peça a Deus a graça de a escutar, a abraçar na hora certa. Não há nada que faça uma mulher se apaixonar mais do que sentir-se apoiada por seu marido.

Preste atenção no que o homem fala, valorize os gostos dele. Se você sabe que ele gosta daquela roupinha especial na hora de dormir, coloque.

Diga a Deus que mais uma vez você se decide por deu cônjuge. Olhe nos olhos de seu esposo, esposa e queira ser a pessoa que o outro precisa.

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair

:: Leia: Como lidar com a mulher na TPM 

Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186 – 2600

contribuicaocn


Márcio Mendes


Missionário da Comunidade Canção Nova, teólogo e escritor

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo