Quando há conflito familiar o que fazer?

Quantas famílias seriam mais felizes se cada um se colocasse no lugar do outro!

Márcios Mendes. Fotos: Daniel Mafra/cancaonova.com

Márcio Mendes. Fotos: Daniel Mafra/cancaonova.com

Muitas vezes, dizemos que não temos um manual de instruções ou uma receita para viver em família. Mas, nós temos: Pedimo-vos, porém, irmãos, corrigi os desordeiros, encorajai os tímidos, amparai os fracos e tende paciência para com todos. Vede que ninguém pague a outro mal por mal. Antes, procurai sempre praticar o bem entre vós e para com todos. Vivei sempre contentes. Orai sem cessar. Em todas as circunstâncias, dai graças, porque esta é a vosso respeito a vontade de Deus em Jesus Cristo. Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo: abraçai o que é bom. Guardai-vos de toda a espécie de mal” (1 Tessalonicenses 5, 12-22.)

Nós nos perguntamos: O que fazer para vencer os conflitos dentro de casa? Se na sua casa acontecem conflitos é porque é uma casa normal. Mas o que fazer para nos proteger dos conflitos familiares e acabar com o mal-estar dentro de casa? Talvez a sua vida conjugal esteja insuportável porque há muitos anos não há mais diálogo e compreensão entre os dois.

A Bíblia produz muitos roteiros para um convívio santo e sagrado. E um dos roteiros é a Carta de São Paulo aos Tessalonicenses. Para resolvermos os conflitos dentro de casa é preciso reconhecer o que está acontecendo, e não cruzar os braços e se fazer de indiferente a eles. A Palavra de Deus nos mostra o que fazer e o jeito certo de fazer. Ela é para a família que anda na fé e se aplica de maneira maravilhosa para um bom convívio dentro de casa.

Quem é seu apoio na hora das necessidades? A Palavra de Deus diz: “Pedimo-vos, porém, irmãos, corrigi os desordeiros, encorajai os tímidos, amparai os fracos e tende paciência para com todos. Vede que ninguém pague a outro mal por mal. Antes, procurai sempre praticar o bem entre vós e para com todos”.

Como se consegue uma vida familiar saudável? “Antes, procurai sempre praticar o bem entre vós e para com todos. Vivei sempre contentes. Orai sem cessar. Em todas as circunstâncias, dai graças, porque esta é a vosso respeito a vontade de Deus em Jesus Cristo”. O único jeito de ter paz dentro de casa é aprendendo a perdoar; não existe outro caminho. É impossível viver ao lado de um ser humano sem nos ferirmos mutuamente, por isso precisamos nos perdoar sempre.

Nesta Palavra nós temos o grande mecanismo espiritual para nos libertar de toda opressão nos relacionamentos. Talvez você diga: “Na minha casa existe um ar pesado. Precisamos pedir que um padre jogue água benta e abençoe a nossa casa!”. Você acabou de descobrir que há uma opressão dentro da sua casa, e com esta Palavra você tem um mecanismo espiritual para libertar a sua família.

Você já observou que a Palavra de Deus nunca perde a doçura mesmo sendo uma palavra de exortação? Ninguém que passou pela face da Terra foi tão doce, firme e preciso como Jesus. Jesus Cristo era o homem do diálogo. A pior pessoa podia se aproximar de Jesus que Ele a recebia. Aos pecadores, Jesus acolhia e tinha sempre uma palavra de conforto. Na Palavra de Deus, você nunca vai ver Jesus perguntando sobre o passado de alguém! Ele sempre dá uma vida nova para todos que d’Ele se aproximam. Em vez de afogarmos as pessoas em um abraço de acolhida e perdão, nós nos fechamos e ficamos remoendo o passado. Nós temos que aprender com Jesus a despedaçar os conflitos dentro da nossa casa. Jesus nunca perguntou para nós o passado que nós tivemos; Ele nunca ficou remexendo “a lata de lixo” do nosso passado. O ser humano, que é especialista em perdoar o pecado, tira de letra ficar revirando o passado. Precisamos aprender com Jesus a viver a vida nova e nos colocarmos no lugar do outro.

"O único jeito de ter paz dentro de casa é aprendendo a perdoar", afirma Márcio Mendes. Fotos: Daniel Mafra/cancaonova.com

“O único jeito de ter paz dentro de casa é aprendendo a perdoar”, afirma Márcio Mendes. Fotos: Daniel Mafra/cancaonova.com

Três passos indispensáveis para a cura dos nossos relacionamentos: Ser compreensivo, se colocar no lugar da outra pessoa, tratar o outro com estima e viver em paz. Se você quer uma família enraizada em Deus, viva essas três coisas. Jesus está apresentando para nós um remédio para curar qualquer família. Você sabia que a discórdia, por tudo o que ela gera em nós, nos faz envelhecer antes do tempo? Quando uma pessoa não busca em Jesus a sua cura, ela se torna uma pessoa envelhecida e azeda. Conhece alguém assim? Uma pessoa rabujenta, que reclama de tudo e nada está bom?! É a pessoa que não busca a Deus e não se abre para o perdão.

Quem não se cura se torna uma fonte de sofrimento para quem está perto dela e a ama. Ou seja, se você não busca a cura em Jesus, quem sofre é quem o ama. Isso é uma injustiça para aqueles que nos amam, porque nos tornamos uma fonte de sofrimento para os outros. Nós que acompanhamos pessoas assim ficamos com pena delas e com pena de quem convive com elas, porque elas trazem sofrimento ao próximo e sofrem. Como é triste viver ao lado de uma pessoa sem educação e bruta!

Eu acompanho pessoas há 25 anos e sinto pena de certas mulheres que não se casaram com um homem, mas com um “cavalo”. Mulheres e maridos, parem de reclamar do seu cônjuge! Eu lhe pergunto: Que tipo de pessoa você é ao lado de quem o ama?

Se você for capaz de cercar o seu marido e sua esposa de amor não será necessário ficar o(a) perseguindo para ver se ele(a) está com outra pessoa. A primeira coisa que torna uma pessoa boa é você se colocar no lugar dela e ter mais consideração. A maior demostração que Deus nos deu foi a cruz de Jesus Cristo. Se você tem a tentação, na sua casa, de não perdoar, olhe para Jesus na cruz que disse: “Pai perdoa-lhes porque eles não sabem o que fazem!” Esta oração é capaz de esvaziar os conflitos dentro de casa; e eu tenho me esforçado para viver isso. 

Todas as vezes que você se coloca em oração pela sua família e se coloca em oração diante de Deus, Ele desce até os infernos para libertar você e sua família. Coloque nas mãos do Senhor a sua casa e sua família! Coloque-se no lugar da sua mulher e do seu marido e perdoe a ele (a)! Tenha sentimentos de compaixão.

Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D’Onofrio


Márcio Mendes


Missionário da Comunidade Canção Nova, teólogo e escritor

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo