A vida de oração na família

“O demônio não quer que você e sua família rezem, porque família que reza unida permanece unida”, enfatizou Benedita.

Jimmy : Precisamos levar a todos a beleza de sermos família. Deus confia a mim e à minha esposa o projeto “Famílias em Pé”. Para mim, minha família é muito cara e para você? Qual o preço de sua família? 

O preço da nossa família é o sangue de Cristo derramado na cruz. Nossa família vale muito, não é pouca coisa, ela custa muito caro.

Camila, Jimmy e Benedita - Foto: Wesley Almeida

Camila (filha), Benedita e Jimmy – Foto: Wesley Almeida

Benedita: O Papa Francisco afirma que a família é o maior tesouro de uma nação.

Acompanhe a Palavra de Deus no Evangelho de São Lucas:

“Propôs-lhes Jesus uma parábola para mostrar que é necessário orar sempre sem jamais deixar de fazê-lo. Havia em certa cidade um juiz que não temia a Deus, nem respeitava pessoa alguma. Na mesma cidade vivia também uma viúva que vinha com frequência à sua presença para dizer-lhe: Faze-me justiça contra o meu adversário. Ele, porém, por muito tempo não o quis. Por fim, refletiu consigo: Eu não temo a Deus nem respeito os homens; todavia, porque esta viúva me importuna, far-lhe-ei justiça, senão ela não cessará de me molestar. Prosseguiu o Senhor: Ouvis o que diz este juiz injusto? Por acaso não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que estão clamando por ele dia e noite? Porventura tardará em socorrê-los? Digo-vos que em breve lhes fará justiça. Mas, quando vier o Filho do Homem, acaso achará fé sobre a terra?” (Lucas 18, 1 – 8).

Jimmy: Jesus, ao contar esta parábola, enfatizava com os discípulos a nossa necessidade de orarmos sempre. Voce acha que se Jesus não visse necessidade de orarmos sempre, Ele perderia tempo nos dizendo isso? Claro que não! Todos, homens, mulheres e famílias precisam estar em oração. Por qual motivo? A vida de oração está ligada diretamente à nossa fé. Se rezarmos seremos homens e mulheres de fé.

O Senhor hoje nos convida a vivermos a experiência da viúva, a sermos insistentes com o Senhor na oração.

Há quantos anos, seu esposo, esposa, pai, mãe, filho e filha têm convidado você para rezar um terço em família? E você pensa que rezar é perda de tempo, até diz: “Para que ficar repetindo Ave-Marias?”

Isso se aplica principalmente para os homens, que têm virado as costas para Deus e não rezam mais.

Orar é entrar na intimidade com o Pai, é dialogar com Deus. Nós nos lembramos de rezar na enfermidade, no desemprego, na dor… Deus não se importa com isso, o importante é voltarmos para casa do Pai.

Não importa se você mergulhou uma vida inteira no pecado, o Pai o acolhe. Vida de oração é você ter a liberdade de falar com Deus, porque dependemos d’Ele. Veja o exemplo que Jesus dá nesta parábola ao falar desse juiz iníquo, mau. Imagine se este juiz ajudou esta mulher, quanto mais o Pai que está no céu não fará isso.

Benedita: Existe uma pessoa que está muito interessada que você não reze. O demônio não quer que você e sua família rezem, porque família que reza unida permanece unida. O demônio quer destruir os casamentos e os noivados os quais ele sabe que serão um grande sinal de Deus. Quando rezamos entramos num combate espiritual. O Jimmy e eu vivemos muitos embates no nosso namoro, noivado e casamento. O demônio não queria o nosso casamento, assim como ele não quer o seu, não quer que sua família seja unida, não quer que em sua casa vocês orem juntos.

PregacaoJimmyBenedita--ImagemG-002

Fiéis participam de pregação no Acampamento para as Famílias – Foto: Wesley Almeida

Jimmy: A Benedita e eu namoramos durante quatro anos, vivemos a castidade e quando ela entrou no corredor da igreja, no dia do nosso casamento, era como um troféu para mim, porque nos preservamos castos. Muitos pensam que casar é perda de tempo, perda de vida, mas não é! Para nós é uma vitória, é muito mais que um título chegarmos ao altar, acreditamos que há felicidade no casamento.

Quando na minha casa, as crianças começam a se desentender, o papai se irrita, a mamãe se irrita com o papai, logo percebemos que está faltando oração. Então eu e minha esposa pegamos as crianças e vamos rezar o terço diante da imagem Nossa Senhora. Depois rezamos pedindo que Nosso Senhor venha tirar de nossa casa o que nos faz perder a paz e a alegria.

Deus quer que estejamos vigilantes. “Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar. Resisti-lhe fortes na fé. Vós sabeis que os vossos irmãos, que estão espalhados pelo mundo, sofrem os mesmos padecimentos que vós.” (1 Pedro 5, 8-9)

Muitos não acreditam no demônio, porém, precisamos ser atentos porque o diabo está ao nosso redor buscando a quem devorar.

Benedita: Estes dias meu marido estava fora em missão, por isso as crianças foram dormir na cama comigo. Acordei às três da manhã, sentia que Deus estava me chamando a rezar. A Camila e a Maria Júlia também acordaram e rezamos juntas. Quando terminamos, a Camila contou-me que havia sonhado que estava com uma amiguinha, e as duas juntas corriam com o terço nas mãos afugentando Satanás, ela dizia que quanto mais elas corriam, tanto mais ele fugia delas. Deus nos fala por meio das crianças. Devemos assumir nossa missão de estarmos em família.

Jimmy: Não podemos ter medo de ser marianos. Existe um padre que afirma que o demônio tem ódio das famílias que se amam. Você quer afugentar o demônio da sua família? Não tenha medo de ser mariano. Faça a experiência de rezar o santo terço. Leve seus filhos para Deus. Tudo é questão de educarmos nossos filhos na fé e não termos medo de gastar tempo com eles na oração.

Os pais têm medo de que os filhos se percam na prostituição, nas drogas e em tantas outras coisas. Lutem por seus filhos, netos, orem e não tenham medo de rezar, sejam insistentes na oração. Imponham as mãos sobre as crianças e orem por elas, peçam o batismo no Espírito Santo. Temos armas do alto nas mãos e muitas vezes as desperdiçamos.

Pais, se seus filhos estão longe de Deus e perdidos, não tenham medo de impor as mãos e orar por eles enquanto dormem.

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair

Veja as fotos do Acampamento para as Famílias:


Jimmy e Benedita Fioramonte


Casal de missionários da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo