Eis-me aqui, envia-me!

.: Ouça ou assista esta homilia na íntegra

Na história da Igreja, percebemos que os carismas são sustentados por Deus. Hoje junto com os sacerdotes da Canção Nova, conversávamos com Padre Jonas Abib e ele lembrava que a Canção Nova começou com o pedido de um bispo, Dom João Afondo de Miranda, com uma sitação do documento Evangelli nuntiandi.
Certa vez, Padre Jonas e eu, escutamos, quando estávamos em Roma, que quando um bispo aprova uma comunidade, ali está a mão de Deus.

E por isso os outros bispos vão olhando com outros olhos e aceitando a mesma como vontade de Deus. Quem é dono da Canção Nova? Pe Jonas, Eto, Lúzia? Não! A Canção Nova pertence a Deus para servir a Igreja.

Muito cedo Deus suscitou a Canção Nova a oportunidade de formar sacerdotes.

Não falta sacerdotes, mas falta, de nossa parte, condições para os jovens responderem. Se eu estou aqui é porque acredito no chamado de Deus e peço que isso que eu faço, contagie muitas outras pessoas que são chamadas.

Cabe a nós ser \”porta-voz\” da esperança, cabe aos bispos, padres, \”chamarem\” em nome de Deus, por isso faço um apelo a Igreja e as famílias: Abra a boca e diga aos jovens: você nunca pensou em ser padre? Digo sempre isso aos jovens. Não menosprezando as outras vocações, mas precisamos dizer isso. Faz parte das paróquias serem celeiros de vocações.


Na primeira leitura, Samuel derrama sobre Saul o óleo da consagração, e sabemos que depois aquele homem não foi fiel. Deus chama e ninguém diz que Ele têm uma vacina da fidelidade, mas torço por eles para que sejam fiéis, pois, quem está de pé cuide-se para não cair.

Vocês que são homens com muitas qualidades mas também com franquezas, mas é o próprio Senhor que vos escolhe.

Naquela época do Evangelho, era difícil gostar de um cobrador, ele não era bem vindo, caso de Levi (Mateus), e Jesus, passando por cima dos preconceitos, o chama e ele deixa de ser públicano para ser discípulo. Ele deixa tudo e vai atrás de Jesus; deixa uma vida para viver outra.

.: Assista momento da celebração
da admissão do leitorato e acolitato




.: DEPOIMENTOS:
Seminaristas da Canção Nova falam das emoções deste momento

 


Palavras Dom Alberto aos seminaristas:
\”Deus realiza mudanças radicais na vida de muitas pessoas. Eu digo sempre isso aos seminaristas: vocês são melhores do que alguém aqui? Eu sei que muitos têm histórias muito fortes; vocês têm muitas qualidades mas também fraquezas.

O que Deus colocava para mim esta manhã era: deixai tudo, todos os dias. Na convera que tive com os padre hoje, o que mais falávamos era o nosso próprio testemunho e que se vocês seminaristas sigam esse exemplo; que vocês nunca façam concessões em suas vidas. A fé feita por inteira e não pela metade.

Lute contra a mediocridade, contra esse mundo que quer relativizar tudo. Vocês têm que encontrar essa radicalidade que Mateus encontrou.

Vocês não são dignos, mas Deus os capacita para ser seminaristas. Hoje vocês recebem o ministério do leitorato e acolitato para servir com profundidade, radicalidade e que se mantenha vivo todos os dias, e que Deus os faça santos no ministério que é confirmado a vocês no dia de hoje\”.


.: Ouça ou assista: Salmo 20:
\”Ó Senhor, em vossa força o Rei se alegra\”
cantado por Wendel Luciano

Transcrição: Leandro Francisco
Vídeos: Graça www.webtvcn.com
Áudios: Fernando Fantini
Depoimentos: Anderson Nunes
Fotos Missa: Manoela Almeida e Leirson Fernando
www.cancaonova.com


Dom Alberto Taveira Corrêa


Arcebispo de Belém – PA

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo