E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom

O nosso Deus é Aquele que nos sustenta, por isso louvemos Sua criação

 

E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom

Alexandre Oliveira. Foto: Arquivo CN/cancaonova.com

Vamos iniciar nossa reflexão pela passagem bíblica em Gêneses 1,31, onde refletimos alguns pontos da criação de Deus.

“Quem como Deus!” É esse brado de vitória desta Igreja militante, que combate, aqui na Terra para alcançar o Céu. Por isso, precisamos entender a criação divina.

O Catecismo da Igreja Católica, a partir do número 279, fala sobre Deus como sendo o Criador de todas as coisas. Nesse capítulo, a Igreja nos ensina que a criação tem uma importância capital, porque ela é o fundamento de todos os desígnios de Deus.

A Igreja está nos ensinando que a criação é o começo de tudo, é o início da nossa história de salvação, que culmina em Jesus Cristo.

Cinco pontos importantes

288 – A Criação é revelada como o primeiro passo dessa aliança de Deus com Seu povo eleito. A Igreja nos ensina que a criação é o primeiro sinal da salvação de Deus para nós, pois foi Ele quem criou todas as coisas.

Deus nos deu um grande presente, que é a criação, pois, todos os dias, o Senhor nos revela este presente superembalado.

Às vezes, pensamos que somos amados por Deus só quando Ele atende nossa oração, mas o Senhor nos ama constantemente. A criação d’Ele é uma expressão de Seu amor por nós. Muitas vezes, no entanto, não percebemos a beleza do mundo que Jesus construiu para nós.

Número 293 – Além da criação ser essa expressão do amor de Deus, o Catecismo reforça que o mundo foi criado para a glória do Senhor.

Toda a criação louva e bendiz Seu Criador, portanto, nós somos chamados a dar glória a Ele. O Espírito Santo nos pergunta se queremos ser murmuradores ou propagadores do louvor. Precisamos louvar a Deus constantemente, pois satanás não chega perto de quem bendiz o Senhor.

Se quisermos aprender a louvar, peçamos a Maria para nos ensinar, porque, se não aprendermos a louvar, as trevas o farão. Aprenda também a agradecer!

Leia mais:
.: Deus, está atento às nossa palavras e atitudes
.: Série “Luz da Fé” com Alexandre Oliveira

Número 295 – Deus criou tudo com sabedoria e amor. A criação nos mostra um Deus rico em detalhes, pois a beleza da criação e o desenvolvimento do ser humano é obra do Senhor. Por isso, tudo o que fazemos precisa ser para a honra e glória do Senhor, porque atrás de tudo há uma sabedoria divina, tudo tem um porquê e para quê.

Número 299 – Já que Deus cria com sabedoria e de forma ordenada, Ele nos criou com um objetivo e uma missão.

Por que a ordem é tão importante? Precisamos entender que este Espírito Criador fez tudo muito belo, pois Ele é maravilhoso, e o que deixa tudo feio é o pecado.

Quando vamos para o caminho do pecado, tudo se torna feio, pois se perde o belo que Deus criou. Se a nossa vida está bagunçada e triste, precisamos nos voltar para Deus, ou seja, se a nossa vida está um caos, precisamos colocar os joelhos no chão e rezar; assim, cada coisa vai se resolvendo uma a uma.

Descruzemos os braços e decidamos organizar a bagunça do nosso coração, da nossa casa e da nossa vida. Devemos amar uns aos outros em vida, pois depois é só saudade. Aproveitemos as pessoas que estão ao nosso lado.

Número 301 – Deus mantém e sustenta Sua criação a todo instante. O Deus que ama essa nação brasileira é o Senhor que tudo sustenta.

A grande graça que devemos pedir ao Senhor é a certeza de que Ele não nos abandona e sempre está ao nosso lado.

Deus manda sinais pelo nosso coração, por isso precisamos aprender a escutá-Lo em nosso coração. O Senhor que nos sustenta é grande, por isso repita: O meu Deus é grande, me ama e me sustenta.

Veja pregação completa:

Banner do canal PlayCancaonova no Youtube

Transcrição e adaptação: Alessandra Borges

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo