Nem todo aquele que diz: 'Senhor, Senhor! ' entrará no Reino dos Céus

Como perseverar na salvação

Padre Roger Luís. Foto: Wesley Almeida/canconova.com

Padre Roger Luís. Foto: Wesley Almeida/canconova.com

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?” Mateus 7:21,22

Acreditamos que somos salvos pela cruz. São João, na primeira carta, diz que Jesus veio para nos salvar. Jesus é a salvação da sua casa, da sua família. O valor da salvação é o amor até o fim, o amor que se doou na cruz.
Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,
Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. 1 Timóteo 2:3,4

É importante e fundamental o conhecimento da doutrina da Igreja. O profeta Oseias diz: “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento.”

Hoje o Senhor nos faz um alerta sobre a salvação dizendo: “Nem todo aquele que diz: ‘Senhor, Senhor! ‘ entrará no Reino dos Céus.”

A vida que nós levamos aqui na terra, definirá o futuro se vamos ressuscitar para o céu ou para o inferno.
Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo. Mateus 24:13

Você tem que transformar sua casa, sua comunidade em um pedacinho do céu, aí é o lugar que você é convidado a perseverar. Você precisa ser perseverante na salvação.

O critério para a salvação

O critério para ter a salvação é fazer a vontade de Deus, é ter uma vida de santidade, é ter o seu caráter submetido à ação de Deus. A salvação precisa ser aplicada como vida nova, buscada na graça de Deus, na intimidade da vida de oração.
Jesus fala que, naquele dia, muitos dirão: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas?’

Jesus diz: “E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.”

A salvação não consiste nas pregações, nas proclamações de cura que realizamos ou nas músicas que cantamos para o Senhor. Temos que olhar com critério para dentro de nós, temos que lembrar que Deus sonda os nossos corações. Ele nos conhece, a Deus não se engana. Somos livres para escolher entre o bem e o mal.
“Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência” Deuteronômio 30:19

 

padre_Roger_Luis_

Padre Roger Luís. Foto: Regiane Calixto/cancaonova.com

 Precisamos mudar de vida, precisamos tomar decisões radicais. É um alerta para nós: “Nem todo aquele que diz: ‘Senhor, Senhor! ‘ entrará no Reino dos Céus”
É decisão! E decida pela sua salvação! Jesus já deu a sua vida, pela sua salvação.

Batalha espiritual entre o céu e o inferno

A Igreja diz no Catecismo, parágrafo número 2851:“ Nesta petição, o Mal não é uma abstração, mas designa uma pessoa, Satanás, o Maligno, o anjo que se opõe a Deus. O «Diabo» («dia-bolos») é aquele que «se atravessa» no desígnio de Deus e na sua «obra de salvação» realizada em Cristo.”

O objetivo do demônio é nos tirar da salvação, da graça de Deus, ele nos oferecerá ocasiões de pecado. Estamos em um combate espiritual direto com o inimigo que deseja nos tirar da graça de Deus.

A Palavra de Deus relata a ação do mal. “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente testemunho de Jesus Cristo.” Apocalipse 12:17

Peça ao Espírito Santo a sensibilidade espiritual de ouvir o seu anjo da guarda.

E a qual dos anjos disse jamais: Assenta-te à minha destra, Até que ponha a teus inimigos por escabelo de teus pés?
Não são porventura todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação?
Hebreus 1:13,14

Nossa Senhora

Nossa Senhora é o exemplo da mulher rendida totalmente à vontade de Deus. Precisamos ser como Maria, precisamos ser humildes.

“Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. ” Lucas 1:38

A humildade é uma grande arma contra o inimigo de Deus. Maria se colocou à disposição da vontade Deus.

Peça a Deus a graça de ter um coração humilde e disposto a fazer a vontade Dele.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo