Por que Deus permitiu que satanás estivesse no Paraíso?

Padre Paulo Ricardo

Neste acampamento Revolução Jesus, estamos meditando sobre a forma com que Deus quer no elevar. Ele tem um projeto surpreendente para nós. Ele nos criou para sermos felizes. Se olharmos em Gênesis 2, vamos ver que Deus fez um paraíso, um jardim das delícias. 

Imagine para o povo de Deus, que está acostumado com um ambiente desértico, semi-árido, ter a ideia de um jardim. Ali, Deus quis nos mostrar que Ele nos colocou num jardim agradável, ou seja, este mundo foi criado por Deus para que sejamos felizes. Quando a Bíblia fala do Éden, não está falando de céu, mas de um lugar agradável aqui na Terra. 

Padre Paulo Ricardo. Foto: Jorge Ribeiro/cancaonova.com

No jardim, não havia dor, morte nem tristeza; era um lugar para ser feliz, um paraíso terrestre. Embora tudo estivesse tranquilo, havia uma coisa inesperada, uma serpente. Se era paraíso, o que o diabo estava fazendo lá? 

Deus havia colocado o homem no centro daquele jardim para cultivá-lo, não era um trabalho que trazia sofrimento. Por que Deus, fazendo tudo aquilo certinho para que o homem tivesse paz, permitiu a satanás viver ali? 

Por que Deus permitiu que satanás estivesse no Paraíso?

Porque a provação, a luta espiritual fazem parte do projeto de Deus. Veja que o pecado não fazia parte do projeto de Deus, porém, desde o início, Ele deu ao homem a liberdade. O Senhor quis que tivesse um momento em que o homem precisasse escolher por Deus. Ele queria e quer ser escolhido, e para isso o homem precisaria lutar. Se você não luta por nada, você não ama nada. 

Existem jovens cabisbaixos por aí, porque querem céu aqui na Terra, mas isso não será possível, pois Adão e Eva enfiaram o pé na jaca. Você quer felicidade plena? Aqui na Terra não terá. Se você tentar fazer um paraíso aqui na Terra, a sua vida e a dos outros se transformará em um inferno. 

Voltando ao contexto do Éden antes do pecado… Porque Deus permitiu que satanás atormentasse a vida de Adão e Eva? Se Deus permitiu que satanás estivesse lá, com certeza, havia algo bom, porém, sentimo-nos no direito de nos sentar no trono como juízes e julgarmos Deus, dizendo que Ele errou de ter permitido isso. E o que estamos fazendo? Agindo do mesmo modo que Lúcifer. Portanto, não caia na tentação de julgar Deus, ainda que você não O entenda, ainda que sua realidade não seja compreendida por você, não julgue Deus. 

Imagine um hospital que trata de câncer, imagine que, ali, existem muitas crianças com câncer. Ali, existe uma fila de demônios prontos a fazer com que as pessoas questionem onde está Deus, porque Ele não cura aquelas crianças. Logo, o que satanás faz? Coloca na cabeça das pessoas que Deus é mal, pois Ele tem poder de curar aquelas crianças, mas não o faz, porque é mau. Não caia nessa tentação, não seja parceiro de satanás. 

Veja mais:
::O amor nos faz viver a vida de Jesus
::Abandonar tudo pelo Tudo
:: O segredo para uma boa confissão

Nós seres humanos não somos nem nunca seremos capazes de entender Deus. Ele não pode caber na nossa cabeça. Um Deus que fôssemos capazes de explicá-Lo nos mínimos detalhes seria um Deus muito pobre, muito fraco. 

Veja o contexto de Eva: ela não tinha muito o que fazer ali no paraíso, então, resolveu conversar com a serpente. Meus queridos, não dialogue com a tentação. Fuja! Principalmente em relação aos pecados contra a castidade. Não dialogue. Fuja! 

Como lutar contra o pecado da sexualidade?

Há pessoas que tentam combater pensamentos impuros com pensamentos religiosos. Vem pensamento impuro, a pessoa tenta pensar em anjos e em Nossa Senhora. Isso não vai funcionar, porque você está tentando vencer pensamento irreal com pensamento irreal. Não funciona, porque seu corpo é sexuado, e você tem instinto o suficiente para alimentar um pensamento impuro, você não é um anjo para ter instinto para alimentar um pensamento puro. O que você precisa fazer nessa hora? Abrir os olhos e pensar em coisas concretas, que você está vendo à sua frente. Saiba usar as armas corretas para não cair em pecado. 

Outro pecado que você não deve enfrentar, mas sim fugir, é o pecado contra a fé. O exemplo eu já dei: o hospital do câncer. Você fica ali pensando: se Deus é bom, como pode isso, como pode aquilo? E você cai na tentação contra a fé, e este foi o pecado de Eva. As vezes, precisamos viver apenas a obediência da fé. Não pense que Deus lhe explicará tudo, pois se você quiser crer com seu raciocínio, você não crerá. 

Sabe por que aquelas crianças têm câncer? Eu não sei, não entendo, mas ainda assim eu preciso crer que Deus é bom, infinitamente bom. Ah, mas eu fosse Deus, eu não deixaria. Essa é uma atitude de Lúcifer, então, não se permita viver assim. 

Se Deus permitiu que Lúcifer entrasse no Paraíso e que as crianças tivessem câncer, ainda assim Deus é bondade infinita e digno de ser amado. Incline sua cabeça diante d’Ele e O adore. Ainda que você carregue uma cruz, adore-O! Tome a sua cruz, dia após dia, e o siga. 

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo