Em Ti, Jesus, há eterna vida!

Padre Roger Luís

Padre Roger Luís – Foto: Rogéria Nair/cancaonova.com

Anúncio do Evangelho (Mt 28,1-10)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Depois do sábado, ao amanhecer do primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. De repente, houve um grande tremor de terra: o anjo do Senhor desceu do céu e, aproximando-se, retirou a pedra e sentou-se nela. Sua aparência era como um relâmpago, e suas vestes eram brancas como a neve. Os guardas ficaram com tanto medo do anjo, que tremeram, e ficaram como mortos.

Então, o anjo disse às mulheres: “Não tenhais medo! Sei que procurais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui! Ressuscitou, como havia dito! Vinde ver o lugar em que ele estava. Ide depressa contar aos discípulos que ele ressuscitou dos mortos, e que vai à vossa frente para a Galileia. Lá vós o vereis. É o que tenho a dizer-vos”.

As mulheres partiram depressa do sepulcro. Estavam com medo, mas correram com grande alegria, para dar a notícia aos discípulos.

De repente, Jesus foi ao encontro delas, e disse: “Alegrai-vos!”

As mulheres aproximaram-se, e prostraram-se diante de Jesus, abraçando seus pés. Então, Jesus disse a elas: “Não tenhais medo. Ide anunciar aos meus irmãos que se dirijam para a Galileia. Lá eles me verão”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Jesus nos visita nesta noite santa. Ele, o Cristo Ressuscitado, desfaz todo temor. Proclame isso: “Como tu, Jesus, não há”. Declare, agora, de dentro dessa igreja doméstica que é a sua casa: “Em Ti, Jesus, há eterna vida!”

Essa é a alegria que precisa invadir o nosso coração. Feliz Páscoa, meus irmãos! A Canção Nova, a nossa Comunidade, foi criada para proclamar a Boa Nova, para trazer boas notícias ao seu coração. E diante de tantas notícias ruins que temos escutado neste tempo, queremos lhe dar essa notícia maravilhosa: “Jesus ressuscitou! Aleluia!”

Cristo ressuscitado nos preparou o Céu e a vida eterna

Fiquei pensando naquelas pessoas, no tempo de Neemias, que se colocaram a chorar diante da escuta da Lei do Senhor. Penso agora em tantos que, de dentro dos seus lares, irão chorar de alegria quando voltarem à Igreja, à casa do Senhor. E assim como Neemias disse àquele povo para não chorar, pois era um dia de alegria, hoje, da mesma forma, convido a você a se alegrar – jamais a se entristecer –, porque Jesus ressuscitou e está no meio de nós.

Dentre as leituras que ouvimos nesta Liturgia, escutamos o relato de Abraão. Vimos como Deus providenciou um cordeiro para ser sacrificado no lugar de Isaac. Igualmente, Deus providenciou a nós o Seu cordeiro, o cordeiro de Deus, para a nossa salvação. Isaac é a prefiguração do Cristo ressuscitado, pois assim como Isaac foi salvo da morte, também o Pai libertou seu Filho da morte, ressuscitando-O dentre os mortos.

Também vimos o relato da libertação do povo eleito da escravidão do Egito, como aquele povo atravessou o Mar Vermelho a pé enxuto. Também Jesus fez a sua “passagem”. Sim, é Páscoa, meus irmãos! E através Sacramento do Batismo experimentamos a força dessa Páscoa do Senhor, quando também passamos da morte para a vida.

Não somos da morte, nós somos da vida!

Os primeiros cristãos sabiam quem eram na sua identidade de filhos de Deus. E todas as dificuldades enfrentadas não conseguiram abalar essa certeza que eles tinham.

Da mesma forma, não podemos perder a nossa identidade. Não somos da morte, nós somos da vida! Se somos mundanos, ficamos apavorados diante dos vírus e de tantas outras coisas. Meu irmão, saia do domínio das potências demoníacas. Não se comporte mais como um pagão, como alguém que se preocupa somente com as coisas deste mundo. Veja que os mártires, os primeiros cristãos, não ficavam desesperados diante das perseguições que sofriam. E por quê? Porque eles sabiam que o Cristo ressuscitado lhes havia preparado o Céu e a vida eterna.

Essa é a fé que o cristão professa: Jesus ressuscitou! Aleluia! Que Cristo morreu, todo mundo sabe… Mas a coisa grande – como ensina Santo Agostinho – é que Cristo ressuscitou.

“O Cristo Ressuscitado desfaz todo temor” (Padre Roger Luís) – Foto: Rogéria Nair/cancaonova.com

Muitos estudiosos, intelectuais e até mesmo ateus sabem que Jesus morreu. Mas eu e você, como cristãos, sabemos que Ele também ressuscitou. Maria Madalena fez essa experiência, os apóstolos fizeram, Paulo também fez, eu e você, um dia, fizemos igualmente essa experiência do encontro pessoal com Jesus ressuscitado. Agora, eu rogo a Deus por todos aqueles que nos acompanham neste momento e que ainda não tiveram esse encontro com o Cristo vivo. Que Jesus ressuscitado entre, agora, na sua casa, meu irmão, tire toda sua dor e lhe encha de esperança.

Acredite: esta pandemia irá passar. Por isso, não se desespere. Muita gente achou que a Páscoa não aconteceria este ano, por causa das nossas igrejas estarem fechadas. Mas isso não é verdade! A Páscoa está acontecendo! E ela acontece, agora, no seu coração, acontece dentro da sua casa, pois Jesus está vivo no meio de nós.

Leia mais: 
.:“Jesus chorou”
.:Aquele que crê em mim viverá!” (Jo 11,26)
.:Tenha fé, Jesus não falha! 

.: Baixe o aplicativo Canção Nova e tenha nosso conteúdo na palma da mão

Ah, meus irmãos! Eu vejo em breve as nossas igrejas novamente lotadas de fiéis. Satanás já está sendo derrotado, e o povo do Senhor está sendo atraído por Deus para a Sua Igreja. Eu creio num profundo avivamento, meus irmãos! E eu e você haveremos de testemunhar Deus realizando essa maravilha em nosso meio.

Quero concluir esta homilia com as palavras de Frei Raniero Cantalamessa ditas durante as Funções da Paixão do Senhor na Basílica de São Pedro, no Vaticano, na Sexta-feira Santa deste ano:

“Depois de três dias eu ressuscitarei”, Jesus predisse (cf. Mt 9,31). Nós também, depois desses dias que esperamos que sejam curtos, ressuscitemos e saímos dos túmulos de nossas casas. Não para voltar à vida anterior como Lázaro, mas para uma nova vida como Jesus. Uma vida mais fraterna, mais humana. Mais cristã!

.: Confira AQUI a homilia de Frei Raniero Cantalamessa na íntegra

Sim, meus irmãos, essa pandemia irá passar. Em breve, voltaremos à vida cotidiana, porém, essa vida não pode mais ser como era antes. Precisa ser uma vida nova, totalmente diferente e transformada por essa certeza de fé: Jesus ressuscitou!

Como é bom, Jesus, saber que não estamos sozinhos. O Senhor está conosco, caminha ao nosso lado e se manifesta vivo em nosso meio. Obrigado por isso, meu Deus! Amém.

 

 

 

Transcrição e adaptação: Alexandre Oliveira

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
Livro - E Se Nós Orarmos?