Família, inspiração de Deus

Pregação com Eros Biondini - 269x329

Eros Biondini – Foto: Daniel Mafra

Sempre que estamos na Canção Nova, é certeza de que vamos alcançar bênçãos! Como aquele filho que voltou e encontrou o pai de braços abertos para acolhê-lo, assim também Deus age conosco. Independente de como estamos, a bênção d’Ele é para todos nós. O Senhor tem promessas para nossas famílias.

Certa vez, quando padre Rufus estava ministrando em um acampamento de cura e libertação na Canção Nova, ele perguntava: “Vocês acham que, quando Deus fez as promessas a Abraão – “Eu te farei uma fonte de bênçãos. Todas as famílias da terra serão abençoadas em ti.” – será que Ele as fez exclusivamente a Abraão?

Em Deteuronômio 28,1-12 lemos:

“Se obedeceres fielmente à voz do Senhor, teu Deus, praticando cuidadosamente todos os seus mandamentos que hoje te prescrevo, o Senhor, teu Deus, elevar-te-á acima de todas as nações da terra. Estas são as bênçãos que virão sobre ti, e te tocarão, se obedeceres à voz do Senhor, teu Deus. Serás bendito na cidade e bendito nos campos. Será bendito o fruto de tuas entranhas, o fruto de teu solo, o fruto de teu gado, as crias de tuas vacas e de tuas ovelhas; benditas serão a tua cesta e a tua amassadeira. Serás bendito quando entrares e bendito quando saíres. O Senhor expulsará diante de ti todos os inimigos que te atacarem. Se vierem por um caminho contra ti, fugirão por sete caminhos diante de ti. O Senhor mandará que a bênção esteja contigo, em teus celeiros e em todas as tuas obras, e te abençoará na terra que te há de dar o Senhor, teu Deus. O Senhor te confirmará como um povo consagrado a ele, como te jurou, contanto que observes suas ordens e andes pelos seus caminhos. Todos os povos da terra verão, então, que és marcado com o nome do Senhor, e temer-te-ão. O Senhor, teu Deus, cumularte-á de bens, multiplicará o fruto de tuas entranhas, o fruto de teus animais, o fruto de tua terra, na terra que jurou a teus pais dar-te. o Senhor abrirá para ti as suas preciosas reservas, os céus, para dar a seu tempo a chuva necessária à tua terra e para abençoar todo o trabalho de tuas mãos. Assim, emprestarás a muitas nações, e de nenhuma receberás emprestado.”

Diga ao Senhor que você também quer que essa promessa seja para você. Eu, naquele dia da pregação do padre Rufus, repetia tudo o que ele falava e pedia aquelas bênçãos de Deus para mim, para minha família.

Durante sua pregação, o padre contou o caso de uma família que ele visitou, em que a mãe estava em profunda depressão. Ele disse que, naquele dia, foi falando àquelas pessoas sobre as bênção de Deus. E, então, ele nos fez um desafio, fazendo-nos pedir a Deus para que se cumprisse também em nós aquelas promessas de Deus.

Dizia ele: “Se Deus é capaz de abrir caminhos onde nem conseguimos enxergar que eles existem, se a Bíblia diz que o Senhor é capaz de conduzir Seu povo pelos caminhos que eles nem imaginavam, por que vocês não dizem: ‘Abre também para mim, Senhor, esses cainhos’.” Então, eu disse essas palavras.

E o padre continuou: “Se você precisa que uma porta fechada se abra, porque o está impedidndo de avançar, por que você não toma posse dessa palavra?”. E eu tomei posse dela também. E eu fui repetindo tudo o que o padre falava. “Deus não abriu o mar vermelho para Seu povo? Então, diga para Ele: “Senhor, abra também para mim”.

Você está passando por alguma situação e precisa que uma porta se abra diante da sua vida? Então, repita: “Abra-a também para mim, Senhor”.

Pregação com Eros Biondini - 595x420

Fiéis acompanham pregação de Eros Biondini – Foto: Daniel Mafra

Naquela pregação do padre Rufus, enquanto eu rezava, nasceu em mim uma inspiração, uma oração: “Tu que abres as portas, Tu que abres os caminhos, Tu que abre os mares, abre também para mim, Senhor”. E desta oração nasceu o refrão de uma música: “Abrindo Mares”. Eu a cantei para o padre Fábio de Melo e ele também sentiu a unção. Juntos, gravamos essa música. Nela, peço que o Senhor abra diante de mim as portas que ele quer que eu entre, mas que estão emperradas.

A família é uma inspiração de Deus, por isso Ele é capaz de cuidar dela e restaurá-la. O Senhor é capaz de transformar angústia em paz, mágoa em perdão; tudo para restaurar a nossa vida. Ele quer cuidar, preservar a nossa família. Mesmo diante das dificuldaes pelas quais passamos, mesmo diante das quedas, dos vacilos e quedas, o Senhor pode nos transformar. As portas que estão fechadas, Ele pode abrir.

Essa palavra é muito própria para nós que temos realidades tão diferentes! Não existe situação pelas quais passemos que o Senhor não possa intervir e atuar. Às vezes, diante de questões difíceis, ficamos cansados, chateados com nós mesmos, com nossos problemas. Diante das dificuldades, também ficamos cansados do outro, com “preguiça” dele. Você já se sentiu assim? Deus nos mostra que a Sua bênção pode alcançar qualquer lugar, qualquer pessoa ou situação.

Nos somos portadores das bênçãos de Deus. Por isso, peçamos a Ele que use de nós como instrumentos de bênção. Então, nós devemos profetizar sobre nossa família, sobre nossos filhos, nossa casa, nosso dinheiro as bênção do Pai, ainda que não tenhamos tudo o que queremos.

Deus pode abrir mares que nos impedem de crescer, de ir para frente, mas temos de ter garrra. Nós temos sobre nós o olhar de Deus, que tem as promessas de nos alcançar com Suas bênçãos.


Eros Biondini


Músico católico de Belo Horizonte (MG)

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo