A nossa família-modelo é a de Nazaré

Hoje, 3 de janeiro de 2014, tem início na Canção Nova o "Acampamento para as Famílias'" com o tema: "Crê no Senhor Jesus e serás salvo tu e tua casa". Todo o evento é preparado para proporcionar às famílias momentos de oração, perdão, partilha e conversão.
Ter uma família unida e com valores cristãos é a melhor forma de preservar este santuário de vida, pois, a exemplo da Família de Nazaré, precisamos construir nos ambientes familiares relações de amor, companheirismo e respeito. Os pregadores do encontro Roberto Aguiar Faria e Cristina Negão Faria, pregadores em retiros de aprofundamento e integrantes da Pastoral dos Noivos, casados há 19 anos, afirmam que devemos seguir o exemplo de Maria e José para que consigamos continuar o plano original de Deus para nós.

“Ser família é colaborar para que o curso natural da história se realize em nós. É fazer a experiência do amor na prática. É se dar para ser mais e melhor! A Família de Nazaré é, para nós, o modelo a ser seguido. Sabemos que eles tiveram muitas dificuldades para ultrapassar, mas, em razão de seus firmes propósitos, conseguiram seguir em frente”, ressaltou Roberto.

É importante que o casal, ao decidir formar uma família, tenha consciência de que é preciso colocar Deus sempre à frente para ser ter um lar harmonioso e fraterno. Hoje estamos vivendo um tempo em que as famílias estão sendo atacadas, colocadas em segundo plano e perdendo sua identidade e dignidade diante da sociedade.

Casal Betão e Cris
Foto: Arquivo/Cancaonova.com
“Antes de mais nada é preciso construir uma relação conjugal fundamentada nos valores cristãos. É preciso ter a Palavra de Deus, o Catecismo da Igreja Católica e os valores da Igreja muito presentes na vida. É ter a certeza e a esperança de que é possível vencer. É ser firme nos propósitos, mesmo quando o mundo imponha valores antagônicos. Hoje o mundo apresenta, nas mídias, uma família ideal, como as das propagandas, nas quais todos são belos, não existem problemas, os filhos não têm dificuldades, tem uma bela casa e tem até um cachorro perfeito de pano de fundo. Seguimos a família-modelo, não a ideal. A nossa família-modelo é a de Nazaré, que sabe o que quer e não desiste dos propósitos, mesmo em meio às diversidades do dia a dia da vida das famílias”, recordou Roberto.

Todos passamos por momentos de alegrias e angústias, mas quando temos uma base familiar sólida conseguimos superar as dificuldades mais facilmente, transformando as tristezas em momentos de crescimento. Mas, para que isso realmente aconteça, é preciso que o diálogo e a oração façam parte da vida do casal. Roberto e Cris aconselham os casais, durante os retiros de aprofundamento, a manterem o diálogo e a oração para que consigam abrir o coração e resolver as situações do dia a dia.

“O diálogo é o caminho pelo qual podemos partilhar nossos sentimentos e nos mostrar ao outro, para poder entender o que o outro pensa a respeito das questões da vida. Para o casal isso é fundamental, um casal que dialoga cria na família um vínculo verdadeiro de comunicação. Tudo passa pelo casal. Já a oração é o canal pelo qual a família se abre para que Deus possa estar presente. É deixar que o transcendente alcance nossos corações e os encaminhe ao Coração de Deus. A oração é o vínculo da unidade. É na oração que podemos revelar nossas limitações e anseios e, dessa forma, construir uma relação bem fundamentada no Senhor”, aconselha o casal.

Casados há 19 anos e pais de uma garota de 17 anos, eles contam que, em seu ambiente familiar, é importante manter uma boa relação com os filhos e incentivá-los a também caminhar seguindo as doutrinas cristãs.

“Procuramos educar nossa filha e os jovens de nosso convívio no exemplo e na busca da vivência dos valores da fé, bem fundamentados e experimentados. É uma luta, pois a santidade é uma opção pessoal. A vivência dos valores com coerência, amor e acolhimento é uma possibilidade para que também nossos filhos busquem o caminho de Deus. Mas não é uma garantia, pois se Deus deu a nós o livre-arbítrio, quem somos nós para não fazermos o mesmo? Esta questão é o grande desafio que encontramos. Só o tempo irá mostrar os frutos desta vivência. Com alegria, percebemos que nossa filha tem vivido, com luta, os valores que recebemos de Deus”, testemunhou Roberto.

No último dia do ''Acampamento para as Famílias'', no domingo, 5, Roberto e Cris vão ministrar a pregação das 9h15, com o tema é ''A graça de ser família''.

.: Artigos sobre família

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo