Abertura do aprofundamento

Na última segunda, dia 17, teve início o Aprofundamento para Sacerdotes e Diáconos – com a celebração da Santa Missa – na sede da Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP). O encontro, – que é conduzido por padre Rufus Pereira, exorcista indiano, e padre Jonas Abib, fundador da comunidade – tem como objetivo a formação do clero no que diz respeito à cura e à libertação.


Saiba mais sobre o próximo Acampamento de Cura e Libertação com Padre Rufus na Canção Nova 


Em sua homilia na Santa Missa de abertura, padre Rufus declarou que “a Missa, como sacrifício de Cristo, é o maior ato de adoração e a maior oração que pode ser realizada”, e testemunhou a grande libertação que aconteceu na vida de uma jovem, no último sábado, (15), sem que ele orasse por ela, mas somente por tê-la entregado no altar durante a celebração Eucarística. “Se nós acreditamos verdadeiramente no valor da Santa Missa, entendemos que em tudo na vida há um significado”, afirma o sacerdote.

Em sua primeira pregação, o exorcista indiano testemunhou o seu Pentecostes pessoal e como o seu ministério sacerdotal frutificou após essa experiência com o Espírito Santo. “Eu não conseguia pregar nem cinco minutos, mas depois do meu Pentecostes pessoal eu tenho que olhar para o relógio para não passar demais o tempo da pregação”, testemunha.

“O primeiro e mais importante ministério do sacerdote é este: anunciar a Boa Nova. As pessoas estão sedentas da Palavra de Deus. Os padres devem proclamar a Palavra de Deus não só do domingo, mas todos os dias da semana”, declara.

O aprofundamento, que se encerrará na próxima quarta (19), conta com a presença de mais de 90 sacerdotes.

.: Baixe trecho do novo livro do Padre Rufus

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo